ColunistaFórmula EPost

Nissan se compromete com a era Gen3 da Fórmula E

Decisão faz parte da estratégia mundial de eletrificação da marca 

A era Gen3 do Campeonato Mundial ABB FIA Fórmula E começa na temporada 9 (2022-23), dura até a temporada 12 (2025-2026) e contará com carros ainda mais potentes e mais rápidos. Hoje (24), a Nissan anunciou seu compromisso de longo prazo com a categoria e permanecerá na competição durante esse período.

A Nissan entrou na Fórmula E na 5ª temporada como a única fabricante japonesa. Eles substituem a Renault, campeões das primeiras três temporadas entre os construtores e marca pertencente ao mesmo grupo.

A decisão de permanecer na Fórmula E é estratégica. A companhia pretende eletrificar as novas ofertas de veículos da Nissan até o início da década de 2030. O plano faz parte de seu objetivo de alcançar a neutralidade de carbono em suas operações e no ciclo de vida de seus produtos até 2050.

“Para a Nissan, a Fórmula E nos ajuda a trazer emoção, energia e meio ambiente à frente à medida que entregamos essa visão do futuro para um público cada vez maior, novo, jovem e diversificado”, afirmou Ashwani Gupta, Diretor de Operações da Nissan.

Com a ideia de continuar transferindo a tecnologia das pistas paras os carros de rua, “A visão da Nissan para os carros vai muito além dos modos de transporte”, continua Gupta, “Nosso objetivo é projetar e construir veículos elétricos que transformem a forma como as comunidades se conectam e se movem, e inspiramos a todos nós a trabalhar em direção a uma sociedade sustentável”.

Em suas duas primeiras temporadas na Fórmula E, a Nissan focou em seus objetivos técnicos “Fase Um: rua-para-pista”, que tiveram experiência e aprendizados com o LEAF, o EV mais conhecido da Nissan, para desenvolver o desempenho do carro de corrida Nissan e.dams. 

Em sua temporada de estreia, a Nissan e.dams foi a melhor equipe de qualificação do campeonato, enquanto em sua segunda campanha, a equipe subiu para o segundo lugar no Campeonato de Equipes.

Tendo iniciado a 7ª temporada e olhando para a era Gen3 a partir de 2022, a marca embarca na ‘Fase Dois: pista-para-rua’ de suas metas de transferência de tecnologia, onde o campeonato tecnicamente rápido ajudará a Nissan a mostrar características que visam incentivar a adoção do consumidor de seus EVs.

 

“Alcançamos ótimos resultados durante nossas duas primeiras temporadas e renovar nosso compromisso de longo prazo com a Fórmula E é um passo fundamental”, disse Tommaso Volpe, diretor global de automobilismo da Nissan.

“Entramos no esporte com uma abordagem de transferência técnica ‘rua-para-pista’, e ao estender nosso programa de corrida através da era Gen3, temos a oportunidade de fechar o círculo com transferência técnica ‘pista-para-rua’.

“Acreditamos que, como um dos fabricantes mais globais envolvidos no Campeonato Mundial ABB FIA Fórmula E, este esporte é a plataforma perfeita para promover nossa expertise em eletrificação e demonstrar nosso compromisso com soluções de mobilidade mais sustentáveis.”

Após as duas etapas realizadas na Arábia Saudita, a Nissan ocupa a 8ª posição entre os construtores com 14 pontos. A equipe se junta a Mahindra e DS Automobiles que já se comprometeram com a era Gen3 da categoria. 

LEIA MAIS: DS Automobiles confirma permanência na Fórmula E

Mostrar mais

Cinthia Venâncio

Cearense que acompanha Fórmula 1 desde que se entende por gente. Faz aniversário no mesmo dia do Damon Hill.

Deixe uma resposta

Artigos relacionados