ColunistaPostStock Car

Munido de boa estratégia, Maurício vence Corrida 2 em Santa Cruz do Sul

Maurício controlou a próva após a rodada de paradas, o piloto da Eurofarma conquistou a sexta vitória da temporada 2021 da Stock Car

A segunda prova disputada em Santa Cruz do Sul contou com a vitória de Ricardo Maurício, o piloto da Eurofarma teve ajuda de uma ótima estratégia neste domingo (21).

O resultado de Maurício poderia ser ainda melhor, mas o piloto precisou abortar a primeira corrida por conta de um furo do pneu. Maurício entrou na pista e ficou alí até fazer a sua parada, retornando na liderança da prova, para superar Rafael Suzuki. Maurício conquistou a sexta vitória na temporada 2021.

Suzuki foi outro piloto na prova que contou com o auxílio de uma excelente parada, ele superou Denis Navarro e ficou com a segunda posição. Rubens Barrichello que começou a corrida 2 no segundo lugar, fez a ultrapassagem que garantiu o pódio na prova. O dono do carro #111 estava visivelmente cansado depois da bandeirada final.

Navarro ficou com o quarto lugar, acompanhado por Ricardo Zonta, Gabriel Casagrande e Bruno Baptista. Allam Khodair e Thiago Camilo ocuparam a oitava e nona posição, enquanto Daniel Serra foi o décimo colocado.

A final da Stock Car será disputada entre os dias 11 e 12 de dezembro, em Interlagos, depois do autódromo de Brasília não estar apto para receber a competição.

Corrida 2

A segunda prova ocorreu após o realinhamento do grid e os dez primeiros inverterem posição. Cardoso era o pole, seguido por Barrichello, Foresti, Nunes, Osman, Serra, Casagrande, Khodair, Campos e Zonta. Camilo foi direto para os boxes, fazendo a troca dos quatro pneus para aguentar a segunda corrida.

Cardoso largou bem para manter a primeira posição, enquanto Barrichello atacava o piloto da KTF. Christian Hahn rodou e ficou com a parte traseira do carro bem danificada. Na volta dois foi a vez de Casagrande, Hahn se juntarem a Rossi que havia abandonado. Valdeno Brito abandonou a corrida, seguindo para os boxes, o piloto estava correndo pela HotCar neste fim de semana.

O Safety Car entrou na pista e neste instante os dez primeiros eram: Cardoso, Barrichello, Foresti, Osman, Casagrande, Zonta, Serra, Khodair, Abreu e Nunes. Para Camilo o carro de segurança era bom, ele aproximou o grid, desta forma tinha mais chances de fazer ultrapassagens agora.

A relargada ocorreu no quarto giro, Serra atacou Casagrande e assumiu a quinta posição ultrapassando Osman. O capô de Beto Monteiro abriu, mas ele estava tentando levar o carro para os boxes. Hahn e Campos seriam investigados ao final da prova.

Ramos empurrou Lapenna, mas a disputa entre eles estava pesada desde antes da reta, o piloto da HotCar bateu no muro de contenção. Gomes que também estava próximo da disputa quase se envolveu no incidente. O Safety Car retornou para a pista.

A relargada ocorreu na sétima volta, Khodair e Navarro ultrapassaram Serra, enviando o piloto da Eurofarma para nona posição. Casagrande ganhou uma folga para Serra pois estava no quinto lugar.

A janela dos boxes foi aberta na volta 9, Barrichello tinha assumido a primeira posição, enquanto Foresti e Cardoso se tocaram e o dono do carro #12 espalhou. Rapidamente vários pilotos começaram a fazer as suas trocas. Os carros estavam bem danificados, o de Cesar Ramos estava com o capô e a porta aberta.

Barrichello ficou por mais uma volta na pista, usando o botão de ultrapassagem para se distanciar dos adversários, mas retornou atrás de Casagrande. Barrichello fez a ultrapassagem em Zonta, para ficar com a terceira posição. Suzuki foi para a parada e conseguiu retornar na segunda posição, superando Navarro e Barrichello.

Depois de todas as paradas os dez primeiros eram: Maurício, Suzuki, Navarro, Barrichello, Zonta, Casagrande, Baptista, Kanaan, Abreu e Khodair. Serra caiu para a décima segunda posição.

Durante a volta 17 o teto do carro de Tony Kanaan se soltou e ficou pela reta dos boxes, o piloto era o sétimo colocado, atacando Casagrande, mas também tentando se defender de Baptista.

A prova 2 teve menos voltas sendo disputadas, pois tivemos a intervenção do Safety Car no início da corrida. Kanaan abandonou a prova após resistir bravamente a disputa.

Maurício venceu a segunda corrida, acompanhado por Suzuki e Barrichello. Foi a sexta vitória de Ricardinho na temporada.

Tabela de tempos Corrida 2 em Santa Cruz do Sul – Foto: reprodução
Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados