ColunistaFórmula 1Post

McLaren revela o MCL35M, modelo que conta com a unidade de potência da Mercedes

A McLaren está equipada em 2021 com o motor Mercedes, a equipe está buscando uma melhor posição no campeonato de construtores, marcando o seu crescimento dos últimos anos

A McLaren foi a primeira equipe a revelar o carro de 2021, o time apresentou nesta segunda-feira (15) o MCL35M por meio de live, com os fãs da McLaren acompanhando o time no telão de lançamento. O novo modelo que marca o retorno da parceria McLaren-Mercedes, já que o time vai utilizar mais uma vez os motores da fornecedora alemã.

O Mercedes-AMG M12 E Performance foi integrado ao design do MCL35M pela McLaren com o apoio da Mercedes High Performance Powertrains, ele representa as diversas mudanças que foram necessárias para chegar a evolução do MCL35M.

“Apesar dos regulamentos técnicos relativamente estáveis ​​de 2020, há várias mudanças aerodinâmicas significativas nas regras que é importante acertar. Cada mudança neste regulamento representa uma oportunidade, e a equipe em Woking tem trabalhado muito duro em condições difíceis para maximizar essas oportunidades”, afirma James Key, Diretor Técnico, McLaren F1.

“Um dos elementos-chave do design do MCL35M é a integração da unidade de potência Mercedes-AMG, que exigiu um esforço considerável da equipe em Woking, bem como de nossos colegas da Mercedes. Apesar de nosso escopo limitado para instalação em um carro homologado, a equipe fez um trabalho fantástico de otimização do nosso trabalho de design”, completou Key.

O carro que será guiado por Daniel Ricciardo e Lando Norris nesta temporada é praticamente novo, a McLaren precisou fazer adaptações no chassi para poder utilizar o motor. Do grid, ela foi a única autorizada a fazer as adaptações necessárias no chassi e equipamentos, eles prassaram por uma nova avaliação da FIA, além de se adequar as mudanças do regulamento de 2021.

Os fãs presentes no lançamento do MCL35M – Foto: reprodução McLaren

O MCL35M assim como o modelo de 2020 volta a apresentar uma pintura laranja fosca, garantindo o orgulho papaya que foi resgatado nos últimos quatro anos, após marcar uma geração nós anos 1960 por conta do fundador  Bruce McLaren. O MCL35M ainda apresentar áreas com o azul, na asa dianteira, Santo Antônio e nas laterais, assim como o modelo de 2020 . Além disso a McLaren chama a atenção pela quantidade de patrocinadores, são cerca de 40 parceiros comprometidos com o time, mostrando que outras marcas também apostam no crescimento do time.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A equipe de Woking aposta em mais uma temporada forte em 2021, buscando bons resultados agora que está munida com a unidade de potência da Mercedes. Ela acaba trazendo mais confiança que o motor da Renault, que dificultou o trabalho do time algumas vezes na última temporada equipada com ele.

“Estamos entusiasmados em divulgar nossa equipe de 2021 com Lando e Daniel, enquanto nos preparamos para o início da temporada de Fórmula 1. Temos um time de pilotos incrivelmente excitante este ano, ambos são pilotos formidáveis ​​na pista e grandes personagens fora delas. Lando é um piloto naturalmente rápido e inteligente em uma trajetória empolgante, enquanto Daniel é um vencedor de vários grandes prêmios com uma habilidade de piloto afiada e talento excepcional”, disse o CEO da McLaren, Zak Brown. 

“Depois de um 2020 desafiador, mas gratificante, apertamos firmemente o botão de reset para esta temporada enquanto continuamos em nosso caminho em direção à frente do grid. Esta será uma temporada ainda mais difícil, mas estamos prontos para enfrentar o desafio. Quero prestar homenagem à Fórmula 1, à FIA e às outras equipes por continuarmos a trabalhar duro para o benefício do nosso esporte, enquanto nos esforçamos para levar corridas emocionantes aos fãs de todo o mundo.”

A McLaren terminou a temporada 2020 na terceira posição do campeonato de construtores, após travar uma disputa intensa com a Racing Point e a Renault. O novo motor pode impulsionar o time para brigar até mesmo com a Red Bull, ainda que seja um ano de adaptação com está unidade de potência, e o último antes da troca do regulamento.

Daniel Ricciardo está substituindo Carlos Sainz, após ter assinado com a McLaren, o australiano acaba sendo mais um ponto de esperança para o time, que tinha o desejo enorme de trazer o piloto para a equipe Ricciardo vai disputar a décima primeira temporada. Por outro lado, apostamos em um crescimento e amadurecimento de Lando Norris, travando até mesmo uma disputa com o companheiro de equipe, enquanto disputa a sua terceira temporada na Fórmula 1. 

“Estou emocionado por ser um piloto da McLaren e muito ansioso para começar. A McLaren tem feito uma jornada incrível nos últimos anos e estou ansioso para ajudar a equipe a manter esse momento positivo. Tenho passado as últimas semanas aqui no Reino Unido me integrando totalmente ao time para que estejamos o mais preparados possível para o início da temporada. Tive uma recepção calorosa de todos que conheci e há um verdadeiro senso de unidade e foco em torno da fábrica, e muito entusiasmo!”, afirmou Daniel Ricciardo.

“Entrando nesta nova temporada na Fórmula 1, estou me sentindo animado e motivado para dar tudo de mim. Acho que minha determinação em atuar só aumentou à medida que ganhei mais experiência e estou ansioso para começar este próximo capítulo em minha carreira”, completou o australiano. 

Dupla de Pilotos da Temporada 2021 da McLaren – Foto: McLaren

“Estou muito animado por voltar a trabalhar com a equipe antes da minha terceira temporada na Fórmula 1. Cada vez que entro no carro, sinto que estou ganhando mais confiança e experiência, o que me ajuda a construir meu desempenho ano a ano. Tenho trabalhado muito durante o período de entre as temporadas para estar o mais afiado possível quando chegarmos aos testes de pré-temporada e mal posso esperar para voltar ao carro em breve”, afirmou Lando Norris. 

A McLaren vai realizar o seu primeiro teste em Silverstone nesta terça-feira, Daniel Ricciardo e Lando Norris vão participar do dia de filmagens programado pela McLaren. Todos os times podem realizar dois dias de filmagens na temporada, mas a velocidade e quilometragem são controladas. 

LEIA MAIS: OPINIÃO – O relacionamento da dupla da McLaren

+ O carro da McLaren já está equipado com o motor Mercedes

+ A determinação de Daniel Ricciardo é a chave para a McLaren em 2021

+ A McLaren formaliza intenção para participar da Fórmula E em 2022

+ OPINIÃO – A Temporada 2020 da McLaren

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados