ColunistaNascarPostXfinity Series

Kevin Harvick nega vitória a Kyle Busch na prova de Bristol

Kevin Harvick saúda o público em Bristol após sua nona vitória no ano (Sean Gardner | Getty Images)

A terceira prova dos playoffs da NASCAR Cup Series, que definiu os primeiros eliminados da disputa pelo título, foi mais marcada pelo duelo pela vitória do que pela disputa dos pontos. Na contenda pela ponta, Kyle Busch bem que tentou encerrar a seca de vitórias, mas o insaciável Kevin Harvick não deixou barato, garantindo seu nono triunfo em 2020, com a conquista no circuito de Bristol, no Tennessee.

Harvick e Busch foram os dois pilotos dominantes da prova, liderando em conjunto 285 das 500 voltas, além de imprimir um ritmo muito superior em relação aos rivais. O domínio foi tanto que, faltando 90 voltas para o fim, apenas seis carros ficaram na volta dos líderes.

Assim, a etapa no “Coliseu da NASCAR” teve apenas o duelo entre os protagonistas para definir o vencedor. Faltando 60 voltas para o fim, Busch aproveitou o tráfego intenso para se posicionar melhor e superar Harvick na dianteira.

Porém a liderança do piloto da Joe Gibbs durou cerca de 10 voltas. O problema ocorreu quando Joey Logano dificultou a ultrapassagem quando estava para levar volta de Busch, então Harvick se aproveitou e recuperou a ponta.

Harvick (4) teve um árduo duelo com Kyle Busch pela vitória (Jared C. Tilton | Getty Images)

Nas voltas finais, bem que Buschinho tentou conquistar sua primeira vitória na divisão principal de 2020, mas o piloto da Stewart-Haas segurou a ponta sem dar chances ao rival e conquistou seu nono triunfo no ano e o segundo na pós-temporada.

Mais atrás, as disputas pelas últimas vagas para a segunda fase dos playoffs não tiveram grandes surpresas. Cole Custer, Matt DiBenedetto e Ryan Blaney não tiveram um desempenho competitivo na média das três corridas e ficaram longe de brigar pela permanência.

William Byron lamenta o acidente que acabou com suas chances no campeonato (Jared C. Tilton | Getty Images)

Já a última vaga estava mais apertada entre Clint Bowyer e William Byron, porém a contenda acabou na volta 232, quando o retardatário Joey Gaze ficou lento e provocou uma confusão, o que levou Byron a acertar a traseira do carro de Christopher Bell, danificando o motor de seu bólido. Assim, o piloto da Hendrick abandonou a corrida e deu adeus às chances de título.

Os 12 pilotos classificados para a segunda fase dos playoffs são: Kevin Harvick, Brad Keselowski, Denny Hamlin, Joey Logano, Chase Elliott, Kyle Busch, Austin Dillon, Martin Truex Jr, Aric Almirola. Alex Bowman, Kurt Busch e Clint Bowyer.

A nova etapa dos playoffs começa no próximo domingo, com a etapa de Las Vegas. Completam a próxima sequência o superspeedway de Talladega e o Roval de Charlotte.

Classificação da etapa de Bristol da NASCAR Cup Series

1 – Kevin Harvick – Stewart-Haas/Ford
2 – Kyle Busch – Joe Gibbs/Toyota
3 – Erik Jones – Joe Gibbs/Toyota

4 – Tyler Reddick – Richard Childress/Chevrolet
5 – Aric Almirola – Stewart-Haas/Ford
6 – Clint Bowyer – Stewart-Haas/Ford
7 – Chase Elliott – Hendrick/Chevrolet

8 – Chris Buescher – Roush-Fenway/Ford
9 – Ryan Preece – JTG Daugherty/Chevrolet
10 – Michael McDowell – Front Row/Ford
11 – Joey Logano – Penske/Ford
12 – Austin Dillon – Richard Childress/Chevrolet
13 – Ryan Blaney – Penske/Ford
15 – Kurt Busch – Chip Ganassi/Chevrolet
16 – Alex Bowman – Hendrick/Chevrolet
19 – Matt DiBenedetto – Wood Brothers/Ford
21 – Denny Hamlin – Joe Gibbs/Toyota
23 – Cole Custer – Stewart-Haas/Toyota
24 – Martin Truex Jr – Joe Gibbs/Toyota
34 – Brad Keselowski – Penske/Ford
38 – William Byron – Hendrick/Chevrolet (abandonou)

Eliminados dos playoffs: Cole Custer, William Byron, Matt DiBenedetto, Ryan Blaney

Classificação dos playoffs:

Kevin Harvick – 3067 pontos
Denny Hamlin – 3048
Brad Keselowski – 3035
Joey Logano – 3022
Chase Elliott – 3021
Martin Truex Jr – 3016
Alex Bowman – 3009
Austin Dillon – 3005
Aric Almirola – 3005
Kyle Busch – 3004
Clint Bowyer – 3004
Kurt Busch – 3001

Mostrar mais

Eduardo Casola

Jornalista formado na Universidade de Sorocaba (Uniso) e apaixonado por esporte a motor desde quando se conhece por gente. Apenas um rapaz que gosta de uma boa corrida e de uma boa história!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados