ColunistaFórmula 1Repost

GP Brasil 2007: Lewis Hamilton conseguiu a proeza de perder o campeonato mais ganho da história

| Cristiano Seixas – publicado em 03 de setembro de 2015, às 18:12

Na minha opinião, a maior virada de todos os tempos. Três pilotos disputando o título na última etapa, algo que não ocorria desde 1986. Lewis Hamilton e Fernando Alonso a dupla da McLaren e Kimi Raikkonen da Ferrari disputariam o título em Interlagos.

O estreante Lewis Hamilton era o super favorito, mesmo após o erro monstruoso cometido na etapa anterior na China. Na primeira fila Felipe Massa e Lewis Hamilton, na segunda fila Kimi Raikkonen e Fernando Alonso, que já havia rompido com a McLaren.

Largada: Felipe Massa pula na frente seguido por Kimi Raikkonen, Lewis Hamilton perde a posição para Fernando Alonso na curva do sol e desce a reta oposta igual a um touro bravo e tenta retomar a posição do espanhol por fora na curva do lago, perdendo e tangência e indo parar fora da pista, sorte que a área de escape já era asfaltada senão sua prova teria terminado ali. O que parecia fácil começava a se complicar, o inglês caíra para a sétima posição, porém como necessitava apenas de um quinto lugar caso Kimi Raikkonen vencesse, Lewis Hamilton ainda estava vivo na disputa.

Algumas voltas após o golpe de misericórdia. Lewis Hamilton estava com os nervos a flor da pele tendo um momento “Nigel Mansell” desligando o carro no final da reta oposta, tendo sorte de fazer o carro ligar de novo, por pouco a frente inicia-se o trecho de subida de Interlagos. Caindo para as últimas posições só lhe restava esperar por um milagre (que ocorreria um ano depois). A Ferrari logicamente inverte as posições de seus pilotos e a McLaren em uma tentativa desesperada de salvar o dia faz com que Lewis Hamilton faça três paradas para andar mais leve e tentar recuperar as posições perdidas.

A prova segue sem surpresas até o fim com Lewis Hamilton galgando posições até o sétimo lugar, ficando na espera de um eventual toque entre Robert Kubica (BMW) e Nico Rosberg (Williams) que poderia lhe dar a quinta posição e o título. Não ocorreu um toque e Lewis Hamilton conseguiu a proeza de perder o campeonato mais ganho da história, vale lembrar que ele chegou à China com 12 pontos de frente para Fernando Alonso e 17 para Kimi Raikkonen.

Kimi Raikkonen espantou os azares de anos anteriores e conquistou um merecido titulo que poderia ter vindo em 2003 ou 2005 anos em que ele pilotou muito, mas foi vitima de várias intercorrências.

Etiquetas
Mostrar mais

Cristiano Seixas

Fã hardcore de Fórmula 1, apreciador da história, números e estatísticas da categoria, mais conhecido como Mestre Cristiano Seixas, Wikipédia erra o Cristiano não.

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Fechar