ColunistaFórmula EPost

Fórmula E promove mudanças no calendário da 8ª temporada

Após a reunião do Conselho, Fórmula E divulga novo calendário para a próxima temporada, apostando outra vez em rodadas duplas

O calendário da 8ª temporada da Fórmula E precisou passar por algumas alterações, por consequência, seis das dez etapas vão ser disputas como rodadas duplas. As mudanças foram discutidas e aprovadas na reunião do Conselho Mundial de Automobilismo que ocorreu nesta quarta-feira (15), onde outras questões também precisavam de uma revisão.

A temporada começa em Diriyah, onde uma rodada dupla será disputada, o mesmo ocorre em Roma, Berlim, Nova York, Londres e Seul. Desta forma o calendário contará com 16 disputas.

Após a etapa no México em fevereiro, a categoria fará uma pausa de oito semanas, até a próxima corrida ser disputa em Roma, apenas em abril. O outro calendário, tinha reservado a data de 5 de março, para a realização de uma outra prova, mas por conta de alguns percalços para levar a prova para Marrakesh, ela não será adicionada ao calendário.

LEIA MAIS: Fórmula E altera formato da classificação para 2022

Quando a Fórmula 1 confirmou o seu calendário para 2022, a corrida da China tinha ficado de fora, o motivo era o andamento da pandemia, entretanto, a data de 19 de março estava reservada para o e-Prix da China. Nesta outra versão do calendário divulgado nesta quarta-feira, foi confirmado que a prova chinesa não será realizada, a dificuldade para se obter voos para a china é grande, portanto, a logística não permite a o planejamento da prova.

A prova em Jakarta, na Indonésia segue constando no atual calendário divulgado, a data também não sofreu alteração.

Fórmula E promove mudanças no calendário da 8ª temporada – Foto: Fórmula E

“O calendário 2021/22 é o mais extenso até o momento e esperamos trabalhar ao lado de todas as nossas cidades-sede para oferecer 16 corridas empolgantes”, disse Alberto Longo, diretor do campeonato e cofundador da Fórmula E.

“A programação da 8ª temporada de motoristas é indiscutivelmente a mais forte que vimos, e as regulamentações esportivas revisadas fornecerão uma plataforma esportiva renovada e fortalecida”.

Essa lacuna entre etapas pode ser um estímulo para a categoria começar a pensar no lançamento do Gen3.

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados