ColunistaFórmula 1Post

F1 confirma prova no Catar para reta final da temporada 2021

A Fórmula 1 adicionou o Catar ao calendário logo após a prova do Brasil ser disputada. O Catar também conseguiu um acordo de dez anos

Nesta quinta-feira (30) a Fórmula 1 confirmou a prova que vai ser realizada após a passagem da categoria pelas Américas, o GP do Catar foi escolhido para preencher a vaga deixada pelo cancelamento do GP da Austrália.

Quando a Fórmula 1 anunciou as últimas mudanças do calendário 2021, já existia a espera da confirmação pela prova do Catar, principalmente com o cancelamento do GP da Austrália e as restrições de viagem depois da passagem da categoria pelo Brasil. O Circuito Internacional de Losail receberá a categoria entre os dias 19 e 21 de novembro.

O anúncio vem acompanhado com a confirmação de um contrato de 10 anos para sediar a Fórmula 1 a partir de 2023.

“Havia uma forte vontade do Catar de ajudar a F1 e, no decorrer desse processo, a visão para uma parceria mais longa foi discutida e acordada por 10 anos” informou o comunicado da Fórmula 1.

O Catar receberá uma prova em 2021 e aproveitou o momento para fechar um acordo de dez anos com a categoria. – Foto: reprodução F1

O circuito de Losail é conhecido por receber as etapas da MotoGP desde 2004, sendo a etapa que abre a temporada da categoria. Em 2021, o Oriente Médio marca com força o encerramento da temporada, depois do Catar, teremos uma prova na Arábia Saudita e Abu Dhabi, sendo a melhor opção encontrada para fechar o ano.

“O passo dado de ajudar a F1 em 2021 para uma estratégia de longo prazo foi curto e simples e a visão de que a F1 seria a vitrine do Catar após a Copa do Mundo de 2022 foi a força necessária por trás deste acordo de longo prazo.”

“Como parte do acordo de longa duração, as discussões continuarão a respeito à sede do Grande Prêmio de 2023, com mais detalhes a serem fornecidos em um momento posterior”, afirmaram.

Abdulrahman Al-Mannai, presidente da federação local falou sobre o anúncio que está sendo realizado.

“Este é um dia muito especial para o esporte a motor no Catar e as ambições de nossa nação como anfitriã de grandes eventos esportivos. Estou muito orgulhoso por termos sido capazes de apoiar a Fórmula 1 entrando e recebendo uma corrida em nosso país em um período de tempo tão curto, enquanto também garantimos um acordo de longo prazo com a F1.”

“Este acordo emocionante significa que o Catar será a casa da Fórmula 1 e do MotoGP na próxima década, que são os eventos de pico do automobilismo mundial. Temos uma história orgulhosa do automobilismo e este é o próximo capítulo para nós. O Catar será um ótimo destino para a F1 e estamos ansiosos para receber todos os pilotos, equipes, mídia e fãs em breve.”

Stefano Domenicali também está comemorou a adaptação rápida que a categoria conseguiu fazer para estar no Catar.

“Mostramos que podemos continuar a nos adaptar e há um grande interesse pelo nosso esporte e a esperança de muitos locais em termos um Grande Prêmio. O enorme esforço de todas as equipes, F1 e FIA, tornou possível entregar um calendário de 22 corridas, algo que é muito impressionante durante um ano desafiador e algo do qual todos podemos nos orgulhar.”

A Austrália optou pelo cancelamento do GP, é uma dos países que se mostra mais preocupado com a Covid-19, além de implementar diversas restrições.

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados