ColunistaDestaquesFórmula 1Post

Classificação GP Brasil – Max Verstappen bate Ferrari e Mercedes para conquistar a pole em Interlagos

A pole-position foi obtida por Max Verstappen, o holandês desbancou a Ferrari de Sebastian Vettel, após anotar 1:07:508, superando o alemão por 0s123. Lewis Hamilton ficou com a terceira posição, anotando 1:07:699.

Charles Leclerc obteve o quarto tempo, mas por conta da punição, por troca de motor perde dez posições no grid, portanto ao lado de Hamilton vamos ver Valtteri Bottas alinhando o carro. Alexander Albon vem logo em seguida, acompanhado por Pierre Gasly da Toro Rosso.

Completaram o grid dos dez melhores, Romain Grosjean da Haas, Kimi Raikkonen da Alfa Romeo, Kevin Magnussen com o segundo carro da Haas e Lando Norris da McLaren. Carlos Sainz enfrentou problemas no início da sessão e sai da última posição.

Saiba como foi a Classificação

 

Na pista a temperatura estava na casa dos 35°C, com 21°C no ambiente.

Assim que os boxes foram liderando, os pilotos partiram para a pista, os primeiros tempos foram aferidos por Alfa Romeo, Toro Rosso e Williams. No entanto Sebastian Vettel anotou 1:08:556, seguido por Charles Leclerc separado por 0s036; tão logo, a dupla da Red Bull anotou 1:08:242 com Verstappen e Albon era o segundo colocado om 1:08:503, desbancando a dupla da Ferrari. No entanto a dupla da Mercedes deixava a desejar em sua primeira volta, ocupando apenas a quinta e a sexta posições com Hamilton e Bottas respectivamente.

Nos boxes da McLaren a tensão reinava, pois Sainz após dar uma volta identificou algo errado com o motor, a equipe passou a trabalhar no carro, mas sem perspectivas de conseguir enviar o carro mais uma vez para a pista.

 

Com os primeiros pilotos definidos, Nico Hulkenberg conseguia se salvar para o Q2 e os eliminados eram:

16) Daniil Kvyat 1:09:320

17) Lance Stroll 1:09:536

18) George Russell 1:10:126

19) Robert Kubica 1:10:614

20) Carlos Sainz – Sem Tempo

 Q2

 

Hamilton e Bottas foram os primeiros a aferir volta na segunda parte da sessão, o inglês tinha 1:08:088, com o finlandês anotando 1:08:232. Verstappen com garra passou para a ponta com 1:07:503, acompanhado por Leclerc e Vettel que superavam a dupla da Mercedes e Albon passava a ser o quinto colocado.

Os pilotos que tentavam se salvar tentaram registrar mais uma volta e assim Kimi Raikkonen passou a décima posição, com as duas Haas evoluindo para o Q3. Antonio Giovinazzi acabou rodando e perdeu tempo por conta disso.

Eliminados

11) Lando Norris 1:08:868

12) Daniel Ricciardo 1:08:903

13) Antonio Giovinazzi 1:08:919

14) Nico Hulkenberg 1:08:921

15) Sergio Pérez 1:09:035

 

Q3

 

Os pilotos mais uma vez foram rápidos para a disputa da pole, Hamilton e Bottas dos ponteiros, foram os primeiros a fechar as suas voltas, o inglês cravou 1:07:861, com Bottas na segunda posição 1:07:874, mas logo depois a dupla da Ferrar se impôs, com Max Verstappen já saltando para a pole com 1:07:623, Vettel estava separado por 0s008.

Na segunda saída Verstappen melhorou ainda mais o seu tempo com 1:07:508, enquanto Vettel permaneceu com o que tinha e Hamilton assumiu a terceira posição com 1:07:728.

Verstappen quebrava o favoritismo da Ferrari, cravando a pole em Interlagos, para um ótimo encerramento de sábado.

 

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados