ColunistasFórmula EPost

Treinos livres em Berlim: de Vries e Rowland são os mais rápidos das sessões de domingo

As últimas duas sessões de treinos livres da temporada foram lideradas por Nyck de Vries e Oliver Rowland. Cada uma durou 30 minutos e não teve acidentes nem interrupções. Pilotos e equipes tiveram as últimas chances para se prepararem para a decisão de um campeonato extremamente equilibrado. 

O processo de reversão da pista para que os eventos de hoje fossem realizados em sentido contrário terminou bem antes do prazo de 15 horas que a categoria tinha disponível, por volta de 01h de domingo, horário local (20h de sábado em Brasília).

TREINO LIVRE 1

Oliver Rowland liderou os primeiros minutos da sessão, ele chegou a perder a liderança para a dupla da Mercedes, com Vandoorne à frente de de Vries, mas a recuperou logo em seguida. O tempo de 1:07.143 o deixou no topo da tabela com 0.173 de vantagem para o companheiro de equipe.

Sette Câmara ficou entre os seis mais rápidos em suas duas voltas com potência máxima. Lucas di Grassi, vencedor da prova de sábado, chegou a ficar temporariamente entre os 10 primeiros, mas passou boa parte do treino nas últimas posições. 

Robin Frijns quase bateu no muro em um pequeno erro de freada, mas conseguiu evitar o acidente. 

Nos últimos cinco minutos da sessão, Nato e Félix da Costa marcaram bons tempos, mas ficaram 0.033 e 0.089, respectivamente, atrás de Rowland. Novamente a dupla da Mercedes foi quem conseguiu derrubar o tempo do piloto da Nissan. Nyck de Vries baixou a marca para 1:06.688, sendo 0.368 mais rápido que o companheiro de equipe.

Félix da Costa se colocou entre os dois com 1:06.813 e, partir daí, diversos pilotos melhoram seus tempos, inclusive Rowland que anotou 1:06.845, conquistando a terceira posição. Lucas di Grassi apareceu no 6º lugar com 1:06.968. E Sette Câmara fez o 22º tempo, 1:07.645.

TREINO LIVRE 2

O último treino livre da temporada começou sob a liderança da Mercedes. Stoffel Vandoorne fez 1:07.442 e Nyck de Vries, 1:07.535. Mitch Evans veio logo em seguida. Sam Bird foi mais rápido que Vandoorne e relembrou a disputa entre as duas equipes no início da temporada, quando Mercedes e Jaguar protagonizaram grande disputa no campeonato de construtores.

A nostalgia não durou muito, pois Max Guenther tomou a P1 de Bird e Nick Cassidy se colocou entre os dois carros da equipe liderada por Ian James, que novamente teve a companhia de Toto Wolff esta temporada.

Sette Câmara esteve dentro do top 10 na primeira metade da sessão, enquanto Lucas di Grassi fez o 6º melhor tempo quando o treino entrou nos 10 minutos finais.

A essa altura, Edoardo Mortara tinha a melhor marca, 1:06.977.

Jake Dennis passou por Félix da Costa e fez o sinal de “hangloose” para o português no momento mais descontraído da sessão. 

Oliver Rowland fez o tempo mais rápido do TL2, 1:06.372, seguido por Max Guenther e Norman Nato. Lucas di Grassi foi o 8º e Sette Câmara, o 21º. 

Na briga direta pelo título, Mortara foi o 12º e Dennis, o 5º na primeira sessão. Já no TL2, o piloto da Venturi foi apenas o 14º, enquanto o novato da BMW ficou com a 7ª posição. O líder do campeonato, Nyck de Vries, foi o 6º mais rápido. 

 

Mostrar mais

Cinthia Venâncio

Cearense que acompanha Fórmula 1 desde que se entende por gente. Faz aniversário no mesmo dia do Damon Hill.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Adblock detectado

O BP É UM PORTAL INDEPENDENTE E OS ANÚNCIOS AJUDAM NA NOSSA MANUTENÇÃO, SE POSSÍVEL DESABILITE O SEU BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS!!!