TL1 Hungria – Hamilton abre final de semana na liderança, Verstappen e Vettel estão separados por 0s001

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

A primeira sessão de treinos livres na Hungria, realizada nesta sexta-feira (02), acelerou a atividade na pista, pois a ameaça de chuva pairou pelo circuito e as equipes se dedicaram a coleta de dados. Lewis Hamilton assumiu a liderança com 1:17:233, marca obtida ainda com os pneus macios.

Max Verstappen, assumiu a segunda posição no final da sessão, após anotar 1:17:398, a diferença para Sebastian Vettel era muito pequena, apenas 0s001, pois o alemão anotou 1:17:399. O grid dos cinco pilotos era bem variado, Pierre Gasly ficou com a quarta colocação, seguido por Kevin Magnussen surpreendendo com a Haas. Charles Leclerc se contentou com a sexta posição; lugar na tabela de tempos onde eles estavam separados por menos de um minuto.

Fechando o top-10, Nico Hulkenberg terminou em sétimo com a Renault, com Lando Norris e Carlos Sainz da McLaren ocupando a oitava e a nona posição respectivamente, enquanto Kimi Raikkonen era o décimo.

A chuva não comprometeu a sessão, mas pelo fato da ameaça, com quarenta minutos de TL1 realizado ao seguirem para os boxes, durante a devolução do primeiro composto utilizado, uma garoa fina começou a cair em alguns pontos do circuito, deixando  áreas úmidas, os pilotos esticaram a parada, até as condições melhorarem.

Valtteri Bottas não teve nenhum tempo aferido, pois apresentou problemas no motor, ainda no início e ficou fora dos 90 minutos do TL1.

A chuva é uma ameaça para a segunda sessão, assim como para a classificação, realizada neste sábado.

A Fórmula 1, retorna às 10h, pelo horário de Brasília, para a realização do segundo treino livre.

lll Saiba como foi o Primeiro Treino Livre na Hungria

 Com o início da sessão a temperatura da pista estava em 35°C, com 26° no ambiente.

Assim que a pista foi liberada, os pilotos começaram a realizar uma volta de instalação.

Os primeiros tempos cronometrados não demoraram para aparecer e Lewis Hamilton assumiu a ponta da sessão com 1:20:763 em menos de cinco minutos, seguido por Charles Leclerc com 1:20:871 e Romain Grosjean com 1:20:901. Tudo isso por conta da chuva que se aproximava do circuito.

Pierre Gasly utilizava as grades de aferição aerodinâmica na lateral do seu carro e o francês, completava apenas um giro.

Charles Leclerc seguia a sua atividade e rapidamente tomou a liderança do inglês no quarto giro do composto macio; o tempo era 1:19:638, seguido por Hamilton com 1:19:961, que utilizava os mesmos compostos.

A Haas começava a aparecer e Kevin Magnussen passou a segunda posição, após superar o companheiro de equipe, com 1:19:776, contra 1:19:953 de Grosjean, ambos utilizando os pneus médios.

Após quinze minutos, as posições eram: Hamilton, Verstappen, Vettel, Leclerc, Magnussen, Grosjean, Pérez, Hulkenberg, Stroll e Ricciardo. O tempo do inglês era 1:18:077, enquanto Valtteri Bottas permanecia nos boxes, pois o carro apresentava problemas e estava em verificação.

A Alfa Romeo havia espalhado flow-vis na lateral esquerda da asa dianteira, o finlandês não tinha nenhum tempo aferido com vinte minutos de sessão realizada, mas ao completar a volta de aquecimento dos pneus, anotou 1:19:993. Raikkonen acabou se encontrando com Hamilton e disputaram espaço na pista como se já fosse um dia de corrida.

Hamilton e Verstappen foram os primeiros a rodar abaixo de 1m17, o inglês ainda líder, tinha 1:17:565, contra 1:17:875 do holandês.

Os pilotos acabavam espalhando muito no circuito, pois estava difícil de guiar e em alguns pontos da pista, ela estava muito úmida. Lance Stroll foi o primeiro a perder o carro, girando após pegar uma zebra e provocar uma bandeira amarela entre a curva 10 e 11 momentaneamente.

Lando Norris era mais um piloto a realizar testes aerodinâmicos e tinha o flow-vis espalhado pelo assoalho do carro, pelo lado esquerdo. Após 19 voltas com o composto macio, Hamilton retornou aos boxes.

Após meia hora de sessão concluída, a chuva finalmente chegava ao circuito, as posições eram: Hamilton, Verstappen, Gasly, Vettel, Leclerc, Magnussen, Pérez, Hulkenberg, Sainz e Norris. Apenas Russell, Bottas e Giovinazzi, não tinham tempo aferido.

Os pilotos que instalaram os pneus intermediários foram: Leclerc, Magnussen, Pérez, Hulkenberg, Ricciardo, Stroll, Grosjean e Russell, mas como a pista não estava totalmente molhada, rapidamente eles retornaram para os boxes, para não destruir aqueles compostos, que poderiam ser usados no decorrer do final de semana, como na classificação e corrida.

Restando quarenta minutos para o término, os pilotos retornaram para a pista com os pneus de pista seca. Magunssen melhorava a marca estabelecida para 1:18:369, seguido por Hulkenberg com 1:18:469.

Restando pouco mais de trinta minutos para o término da sessão, os carros da McLaren, ocupavam a sexta e a sétima posições com Norris e Sainz, respectivamente. Todos haviam abandonado os compostos intermediários e passaram a buscar voltas rápidas com novos pneus médios e macios.

Hamilton passou a utilizar os pneus médios e a primeira volta cronometrada era 1:17:459, mais alta que a marca que mantinha o inglês na liderança. Sebastian Vettel logo depois completou o giro, com novos pneus macios, anotando 1:17:399 e assumindo a segunda posição.

O pneu utilizado por Leclerc, esfarelava rapidamente e o monegasco mesmo após quatro voltas era apenas o sexto colocado com 1:18:412; a sua frente a dupla da Red Bull com Verstappen e Gasly, ocupavam o terceiro e o quarto lugar, com Magunssen em quinto.

Bottas com problema no motor, permanecia nos boxes, perdendo toda a primeira sessão.

Restando 20 minutos, as posições eram: Hamilton, Vettel, Verstappen, Gasly, Magnussen, Leclerc, Hulkenberg, Norris, Sainz e Ricciardo.  A atividade na pista havia reduzido.

As últimas voltas foram realizadas em simulação de corrida, enquanto Leclerc melhorava para 1:18:188, mas permanecia na sexta posição.

Verstappen ainda aproveitou para crescer e superou Sebastian Vettel por apenas 0s001, após anotar 1:17:398.

 

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!