ColunistaNascarPit-Stop DropsPostUS Route

Pit-stop Drops: Rodada dupla de Pocono tem “empate” entre Harvick e Hamlin

Mesmo com as dificuldades do tempo chuvoso e do limite de tempo com a luz natural, a NASCAR conseguiu realizar todas as provas previstas das suas divisões nacionais no circuito de Pocono. Com direito a provas das três categorias no mesmo dia e na mesma pista (algo inédito na história), a jornada serviu para demarcar o favoritismo da temporada da Cup Series para dois pilotos, que foram os protagonistas do fim de semana. Tanto Kevin Harvick, como Denny Hamlin foram os nomes das corridas e dividiram os triunfos na Pensilvânia.

Sábado: Harvick lida com o tráfego melhor e vence a terceira no ano

Kevin Harvick encerrou o jejum em Pocono (Patrick Smith – Getty Images)

A primeira corrida realizada no fim de semana foi na tarde de sábado (27), teve um domínio de Aric Almirola, que liderou a maior parte da prova e chegou a vencer o segundo estágio, mas na última janela de pit-stops, a sua equipe optou por trocar quatro pneus, enquanto Kevin Harvick e Denny Hamlin trocaram apenas dois e mantiveram um desempenho competitivo. Assim a disputa ficou entre a dupla.

Nas voltas finais, Hamlin tentou a aproximação, mas o piloto da Stewart-Haas conseguiu se desvencilhar mais rapidamente dos retardatários e conservou uma vantagem confortável para não ser ameaçado nas voltas finais. Foi a terceira vitória no ano de Harvick, que igualava o rival como maior vencedor do ano, até então. Este também foi o primeiro triunfo do piloto na pista de Pocono.

Top 10: Kevin Harvick, Denny Hamlin, Aric Almirola, Christopher Bell, Kyle Busch, Martin Truex Jr, Clint Bowyer, Michael McDowell, Brad Keselowski e Chris Buescher.

Domingo: Hamlin dá o troco e se isola como maior vencedor

Denny Hamlin visitou o victory lane pela quarta vez no ano (Jared C. Tilton/Getty Images)

Já na segunda etapa da rodada dupla, realizada no domingo (28), foi a vez de Denny Hamlin se sair melhor no embate com Kevin Harvick. Em disputa que sofreu com a chuva antes do início da prova e terminou junto com o pôr do sol na Pensilvânia, o piloto da Joe Gibbs usou da mesma fórmula usada pelo rival no dia anterior.

Em uma disputa marcada pela estratégia nos boxes, os dois postulantes tiveram a companhia de Brad Keselowski, até o piloto da Penske precisar parar faltando quatro voltas para o fim. Assim, a disputa ficou entre a mesma dupla do dia anterior. Desta vez, foi Hamlin quem estava na ponta e conseguiu se sair melhor contra os retardatários para ganhar pela quarta vez na temporada, voltando a ser o maior vencedor do ano.

Top 10: Denny Hamlin, Kevin Harvick, Erik Jones, Chase Elliott, Aric Almirola, Matt Dibenedetto, William Byron, Clint Bowyer, Alex Bowman e Martin Truex Jr.

Etiquetas
Mostrar mais

Eduardo Casola

Jornalista formado na Universidade de Sorocaba (Uniso) e apaixonado por esporte a motor desde quando se conhece por gente. Apenas um rapaz que gosta de uma boa corrida e de uma boa história!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Fechar