ColunistasPostW Series

Jamie Chadwick vai defender o título da W Series, 18 pilotas são confirmadas para a próxima temporada

O calendário provisório da W Séries já foi disponibilizado, a categoria feminina pretende realizar 8 corridas com a Fórmula 1 na próxima temporada. Mas antes de tudo, a categoria está confirmando as meninas que vão participar do segundo ano de atividades da categoria.

Em uma entrevista dada pela campeã da W Series, Jamie Chadwick, a pilota não sabia se participaria da próxima temporada, mas nesta quinta-feira (17) a categoria informou que ela irá defender o título.

“As pessoas estão mais atentas a mim por causa da W Series e os últimos dois anos foram um turbilhão de mudanças na minha vida. Ganhar o primeiro campeonato da W Series 2019 foi o maior trampolim em minha carreira, proporcionando-me tantas oportunidades incríveis. O mesmo aconteceu para muitas das pilotas da nossa temporada inaugural em pista e só prova que a missão da W Series de fornecer maiores oportunidades para as mulheres no automobilismo está funcionando”, disse Chadwick.

Jamie Chadwick – Foto: W Series
Confira: W Series anuncia calendário para 2021, em paparceria com a Fórmula 1

Na próxima temporada a W Series será uma categoria suporte da Fórmula 1, desta forma o campeonato feminino terá mais visibilidade e, oportunidade de enfrentar novos desafios em pistas que já são bem conhecidas e utilizadas por outras categorias de base.

“Estou adorando a perspectiva de correr ao lado deles [Fórmula 1] em alguns dos melhores circuitos do mundo no próximo ano em uma tentativa de defender meu título da W Series. Os pontos da Super Licença da FIA estarão em jogo e, tendo já experimentado o gostinho do mundo da F1 em meu papel como piloto de desenvolvimento da equipe Williams, estou determinada a ganhar o máximo possível e dar um passo para mais perto do meu sonho de competindo na Fórmula 1.”

São 18 meninas confirmadas para a próxima temporada:

  • Jamie Chadwick, Reino Unido, 22 anos
  • Beitske Visser, Holanda, 25 anos
  • Alice Powell, Reino Unido, 27 anos
  • Marta García, Espanha, 20 anos
  • Emma Kimiläinen, Finlândia, 31 anos
  • Fabienne Wohlwend, Liechtenstein, 23 anos
  • Miki Koyama, Japão, 23 anos
  • Sarah Moore, Reino Unido, 27 anos
  • Vicky Piria, Itália, 27 anos
  • Tasmin Pepper, África do Sul, 30 anos
  • Jessica Hawkins, Reino Unido, 25 anos
  • Sabré Cook, EUA, 26 anos
  • Ayla Ågren, Noruega, 27 anos
  • Abbie Eaton, Reino Unido, 28 anos
  • Belén García, Espanha, 21 anos
  • Nerea Martí, Espanha, 18 anos
  • Irina Sidorkova, Rússia, 17 anos
  • Bruna Tomaselli, Brasil, 23 anos

A CEO da W Series, Catherine Bond Muir, disse: “Estou muito satisfeita que as 18 pilotas que teriam competido em nossa temporada de 2020 nas pistas tenham a chance de mostrar seus talentos na pista em 2021, em parceria com a Fórmula 1. Também estou satisfeita que elas sejam elegíveis para a buscar a Super Licença da FIA.”

Confira: Bruna Tomaselli foi selecionada para segunda temporada da W Series

Na próxima temporada da W Series as meninas vão receber pontos ao final da temporada para ajudar na conquista da superlicença. Para correr na F1 são necessários 40 pontos, no campeonato feminino da P1 até a P8 vão ser distribuído pontos desta forma: 15, 12, 10, 7, 5, 3, 2 e 1 ponto.

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Adblock detectado

O BP É UM PORTAL INDEPENDENTE E OS ANÚNCIOS AJUDAM NA NOSSA MANUTENÇÃO, SE POSSÍVEL DESABILITE O SEU BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS!!!