ColunistaExtreme EPost

Hispano Suiza entra no grid da Extreme E, HWA adia sua estreia

Anúncio acontece há pouco mais de três meses do início da primeira temporada

Extreme E divulgou nesta terça-feira (16) que seu campeonato possui uma nova equipe, trata-se da HISPANO SUIZA XITE ENERGY TEAM. O time é uma parceria da HISPANO SUIZA com a marca de bebidas energéticas XITE ENERGY. 

A apresentação da HISPANO SUIZA XITE ENERGY TEAM aconteceu no Castelo de Peralada, em Girona (Espanha) com Oliver Bennett e Christine Giampaoli Zonca confirmados como os pilotos da equipe.

Foto: reprodução

A entrada na Extreme E significa o retorno da HISPANO SUIZA às competições. Fundada em 1904, a marca de carros de luxo ressurgiu com veículos como o Carmen e o Carmen Boulogne, que prestam homenagem ao passado da marca e integram a tecnologia inovadora da indústria automotiva, ao mesmo tempo em que oferecem alta performance para emocionar seus proprietários exclusivos. 

No início do século XX, a HISPANO SUIZA  participou de competições de Endurance conquistando três vitórias consecutivas na George Boillot Cup. Agora a marca quer aproveitar a categoria elétrica de off-road como laboratório tecnológico para o desenvolvimento de veículos do futuro.

Sergio Martínez, CEO da HISPANO SUIZA, define a Extreme E como uma “competição ambiciosa”: “Hoje devemos pensar em eletromobilidade e sustentabilidade. Temos que estar muito conscientes de que o mundo está mudando e todos nós devemos lutar para reduzir nossa pegada de carbono antes que seja tarde demais”.

Miguel Suqué Mateu, Presidente da HISPANO SUIZA, completa: “A HISPANO SUIZA sempre integrou valores como o desportivismo e a competição em seu DNA. Ambos com importância vital para este projeto. 

“Poder levar nossa marca ao deserto, ao Círculo Polar Ártico ou à Amazônia, e também fazê-lo de forma competitiva e sustentável enquanto cuidamos de nosso planeta, é algo magnífico que conseguiremos em uma competição tão revolucionária como a Extreme E. 

“Quero agradecer aos nossos parceiros e à nossa equipe técnica por sua confiança e aos nossos pilotos de corrida, Oliver e Christine, pois são eles que nos permitirão continuar lutando por vitórias e bons resultados, assim como fizemos há 100 anos”.

Oliver Bennett é um piloto britânico de 28 anos com experiência em competições de rallycross. Em 2016 ele fez sua estreia no Campeonato Britânico de Rallycross, lutando pelo título na temporada seguinte. Ele também participou do Campeonato Mundial de Rallycross da FIA. Bennett também participou de vários eventos de Rallycross nas Américas e da Gincana GRID na Cidade do Cabo em 2018, onde teve um grande desempenho.

Christine Giampaoli Zonca, mais conhecida como Christine GZ, é uma piloto ítalo-canária de 27 anos. Estreou no Campeonato Mundial de Rally (WRC), em 2016, no Rally de Catalunya, como membro da primeira equipe de rally feminino e venceu a categoria feminina do Spanish Gravel Rally Championship. 

Desde 2017, a carreira de Giampaoli tem sido focada na participação em corridas off-road, nos Estados Unidos e México, onde ela alcançou o sétimo lugar na famosa Baja 1000, dentro da categoria Pro UTV Turbo. Em 2020 ela se tornou a principal piloto da Avatel Racing Team, alcançando o 3º lugar na categoria T2, na Andaluzia Road to Dakar Rally.

A Equipe HISPANO SUIZA XITE ENERGY TEAM será liderada pela Gerente de Equipe Juli Mundet Caballero, engenheiro espanhol que já trabalhou em diferentes áreas dentro da indústria automotiva.

Caballero iniciou sua carreira profissional no Centro Técnico Nissan nos departamentos de Caixa de Câmbio e Transmissão e, nos últimos anos, trabalhou no Instituto de Física de Alta Energia em Barcelona, como engenheiro-chefe. Atua desde 2010  como engenheiro de corrida em várias competições, incluindo o Campeonato Mundial de Rallycross da FIA.

O parceiro master da HISPANO SUIZA na Extreme E, a XITE ENERGY, é uma empresa britânica que produz bebidas energéticas saudáveis. 

A HISPANO SUIZA se junta às outra nove equipes já confirmadas para 2021: ABT CUPRA XE, ACCIONA | Sainz XE Team, Andretti United, Chip Ganassi Racing, Rosberg Xtreme Racing, Team TECHEETAH, Veloce Racing e X44.

A HWA tomou a difícil decisão de adiar sua entrada no Extreme E por razões econômicas e estratégicas. Para a HWA, o Extreme E ainda é um projeto muito promissor e interessante, mas a incerteza, impulsionada principalmente pela pandemia do coronavírus, mudou o foco estratégico da marca.

Mesmo assim, a HWA continua convencida sobre a missão do Extreme E e sua mensagem para o automobilismo sustentável, e permanecerá em estreitas discussões com Alejandro Agag e toda a equipe da categoria, com o objetivo de entrar na competição em um futuro próximo.

Mostrar mais

Cinthia Venâncio

Cearense que acompanha Fórmula 1 desde que se entende por gente. Faz aniversário no mesmo dia do Damon Hill.

Deixe uma resposta

Artigos relacionados