ColunistaNascarPost

Em corrida emocionante e polêmica, Kyle Larson leva a melhor em Bristol

Com reviravoltas na briga pelos playoffs, além da confusão entre Kevin Harvick e Chase Elliott, o piloto número 5 da Hendrick ganhou a sexta prova em 2021

Kyle Larson cruza a meta final na frente, seguido pelos nervosos Kevin Harivck e Chase Elliott (Logan Riely/Getty Images)

A terceira prova dos playoffs da NASCAR Cup Series trouxe um festival de emoções para os fãs da categoria. A definição do Round of 16 foi cheia de problemas para muitos pilotos, principalmente na reta final e a última vaga foi definida por apenas dois pontos. Já na frente, uma confusão entre Kevin Harvick e Chase Elliott acabou ajudando Kyle Larson, que venceu a primeira na pós-temporada e a sexta na competição em 2021.

A corrida foi dramática para os pilotos que estavam ameaçados pela zona de corte fazendo contas para saber o que precisavam para avançar. Entre aqueles que iniciaram a disputa eliminados, Michael McDowell e Kurt Busch não tiveram um ritmo competitivo e ficaram longe de brigar pelas primeiras posições, tendo suas eliminações confirmadas.

Já Aric Almirola teve algumas provações: o piloto da Stewart-Haas teve problemas com mangueiras do motor que provocavam fumaça saindo de seu carro e atrasou o corredor do número 10 da disputa. Almirola ainda tentou se recuperar, mas despencou na classificação na parte final com um ritmo pouco competitivo e foi eliminado por dois pontos.

O piloto da Stewart-Haas ainda duelou pela última vaga com William Byron e Tyler Reddick. O competidor da Richard Childress caiu no meio da corrida com uma estratégia que não funcionou, mas conseguiu crescer na parte final da prova. Além disso, outros pilotos como Kyle Busch e Christopher Bell tiveram pneus furados e perderam posições, mas a dupla da Joe Gibbs tinha uma pontuação segura para se manter na zona de classificação. De todo modo, foram mais duas posições para Reddick.

Por outro lado, Byron teve uma boa ascensão, principalmente no terceiro estágio, chegando até perto da briga pela vitória. Com o terceiro lugar, o piloto da Hendrick, conseguiu uma vantagem de dois pontos para Reddick e Almirola e garantiu  a última vaga na próxima fase.

Com a situação dos playoffs bem resolvida, a grande discussão da noite foi pela vitória. No terceiro estágio, Kevin Harvick buscava encerrar o jejum de um ano sem vitórias, mas tinha Chase Elliott como seu principal oponente.

Faltando 35 voltas para o fim, os dois se tocaram e Elliott levou a pior, com um pneu furado, precisando de uma parada no box e perdendo duas voltas. De volta à pista, o piloto da Hendrick resolveu dar o troco bloqueando Harivick, que tentava dar outra volta no rival.

Quem se aproveitou foi Kyle Larson, que aproveitou o entrevero e passou à frente faltando cinco voltas para o fim, com o apoio do companheiro de equipe. Harivck ainda tentou forçar a rodada de Larson, mas foi em vão.

Após a chegada, o clima entre Harvick e Elliott continuou quente. Os dois ficaram se tocando quando entravam no pit lane e, ao descerem dos carros tiveram uma discussão ríspida cercados por mecânicos das duas equipes e oficiais que estavam lá para evitar uma confusão maior.

Um pouco mais tarde, dentro do paddock, os dois ainda continuaram a discussão em tom quente e só resolveram a situação após entrarem no motorhome da equipe de Elliott para concluir a conversa.

Quem não teve nada a ver com isso foi Kyle Larson, que venceu a primeira nos playoffs e a suas sexta corrida oficial na temporada, mantendo a forma como um dos favoritos ao título. Além de Larson, Denny Hamlin e Martin Truex Jr, vencedores das primeiras corridas dos playoffs, também avançaram Ryan Blaney, Chase Elliott, Joey Logano, Brad Keselowski, Kevin Harvick, Kyle Busch, Christopher Bell, Alex Bowman e William Byron.

A próxima corrida da NASCAR Cup Series será no próximo domingo, no circuito oval de Las Vegas, sendo a primeira das três corridas do Round of 12.

Classificação da etapa de Bristol: (em negrito, participantes dos playoffs)

1 – Kyle Larson (Hendrick/Chevrolet)
2 – Kevin Harvick (Stewart-Haas/Ford)
3 – William Byron (Hendrick/Chevrolet)
4 – Ryan Blaney (Penske/Ford)
5 – Alex Bowman (Hendrick/Chevrolet)
6 – Brad Keselowski (Penske/Ford)
7 – Martin Truex Jr (Joe Gibbs/Toyota)
8 – Erik Jones (Richard Petty/Chevrolet)
9 – Denny Hamlin (Joe Gibbs/Toyota)
10 – Matt DiBenedetto (Wood Brothers/Ford)

11 – Joey Logano (Penske/Ford)
12 – Tyler Reddick (Richard Childress/Chevrolet)
18 – Aric Almirola (Stewart-Haas/Ford)
19 – Kurt Busch (Chip Ganassi/Chevrolet)
21 – Kyle Busch (Joe Gibbs/Toyota)
24 – Michael McDowell (Front Row/Ford)
25 – Chase Elliott (Hendrick/Chevrolet)
29 – Christopher Bell (Joe Gibbs/Toyota)

Eliminados do Round of 16: Tyler Reddick, Aric Almirola, Kurt Busch e Michael McDowell

Classificação dos playoffs para o Round of 12:

Kyle Larson 3059
Martin Truex Jr 3029
Denny Hamlin 3024
Ryan Blaney 3024
Kyle Busch 3022
Chase Elliott 3021
Alex bowman 3015
William Byron 3014
Joey Logano 3013
Brad Keselowski 3008
Christopher Bell 3005
Kevin Harvick 3002

Mostrar mais

Eduardo Casola

Jornalista formado na Universidade de Sorocaba (Uniso) e apaixonado por esporte a motor desde quando se conhece por gente. Apenas um rapaz que gosta de uma boa corrida e de uma boa história!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados