ColunistasNascarPostXfinity Series

Xfinity Series: Com confusão no fim, Brandon Jones leva a etapa de Martinsville

Enquanto os demais se estapeavam, Brandon Jones tomou a liderança no momento certo (Jared C. Tilton/Getty Images)

A etapa de Martinsville da NASCAR Xfinity Series entregou ao fã todo tipo de entretenimento possível: Corrida disputada até a última curva, toques, acidentes, um big one. No final, a vitória de Brandon Jones acabou ficando em segundo plano devido à treta envolvendo Ty Gibbs e Sam Mayer.

A corrida como um todo foi bem tumultuada. Das 261 voltas disputadas, nada menos que 100 ocorreram em regime de bandeira amarela, pela alta quantidade de confusões envolvendo o grid ao longo da etapa.

Apesar disso, Ty Gibbs foi dominante no número de voltas lideradas, com 198 giros na ponta. O companheiro de equipe, Brandon Jones venceu o segundo estágio, mas não era o principal oponente do neto de Joe Gibbs. Alguns nomes da JR Motorsports, como Noah Gragson e Sam Mayer apareciam para encarar o jovem piloto do carro 54 pela ponta, principalmente na parte final, mas a afobação teve um preço.

Na primeira tentativa de prorrogação, Mayer patinou na partida e acertou o carro de Gragson, que rodou e acertou o muro, iniciando uma reação em cadeia com 12 carros envolvidos no acidente. A prova ficou paralisada por 19 minutos devido ao big one e foi retomada para a segunda e última tentativa de relargada.

No reinício, Jones conseguiu se posicionar ao lado de Gibbs e se manteve na briga pela vitória até espalhar na última curva e assumir a dianteira. Para ajudar, Landon Cassill tocou no carro de Mayer, que acertou o Toyota número 54, tirando-o da briga por uma boa posição no grid. 

Enquanto Jones celebrava a primeira vitória no ano, Gibbs e Mayer tiveram uma conversa ríspida, cheia de empurrões. O neto de Joe Gibbs aproveitou que o rival estava sem capacete e desferiu-lhe uns sopapos, iniciando a confusão. A turma do deixa-disso chegou e afastou os brigões que seguiram se acusando nas entrevistas após a corrida.

Com a situação mais calma, Jones seguiu celebrando o triunfo com sua equipe, que estava dividida entre a festa e o apartamento da briga. Fora isso, outro piloto a comemorar foi AJ Allmendinger, que foi o melhor colocado entre os elegíveis do Dash 4 Cash e faturou 100 mil dólares de premiação.

A próxima etapa da NASCAR Xfinity Series promete manter os nervos dos pilotos à flor da pele, pois ela será nada menos que no superspeedway de Talladega, no dia 23 de abril.

Top-10 da etapa de Martinsville:

1 – Brandon Jones
2 – Landon Cassill
3 – AJ Allmendinger
4 – Austin Hill
5 – Sam Mayer
6 – Riley Herbst
7 – Ryan Truex
8 – Ty Gibbs
9 – Ryan Sieg
10 – Jeremy Clements

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Adblock detectado

O BP É UM PORTAL INDEPENDENTE E OS ANÚNCIOS AJUDAM NA NOSSA MANUTENÇÃO, SE POSSÍVEL DESABILITE O SEU BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS!!!