ColunistaDestaquesFórmula 1Post

Vettel recebe convite de Bobby Rahal para realizar teste na Indy

Bobby Rahal afirma que adoraria ter Vettel na Indy e a categoria pode renovar o ânimo do alemão com o automobilismo

A Fórmula 1 mirou nos Estados Unidos, dando ao país mais duas etapas no calendário da categoria. Após o GP de Miami, em 2023 será realizado o GP de Las Vegas. Durante as coletivas de imprensa os pilotos foram perguntados sobre o novo circuito que estava sendo introduzido na competição e quais as suas opiniões sobre a categoria correr nos Estados Unidos.

Vettel que esteve afiado neste fim de semana, teceu algumas críticas sobre o circuito de Miami. O alemão disse que preferia que a Fórmula 1 corresse em circuitos de verdade, como no Road America e com o dinheiro que a categoria investiu no evento, era possível fazer uma corrida em qualquer lugar.

“Acho que os EUA têm circuitos fantásticos com uma história incrível. Obviamente, criar um circuito aqui por um interesse muito diferente. Então correr nas cidades é emocionante porque as pessoas já estão lá. Você não precisa estimular as pessoas, porque em um primeiro lugar elas já estão próximas.”

LEIA MAIS: Andretti tenta provar que pode entrar na F1 e busca apoio durante o GP de Miami

“Certamente o dinheiro que foi gasto para construir isso poderia facilmente, você sabe, elevar o padrão de ótimos lugares, como Road America. E do ponto de vista de condução, eu acho que seria muito mais emocionante” disse o tetracampeão mundial.

Em Miami, Vettel falou sobre os outros circuitos icônicos que existem nos Estados Unidos, como o Road America – Foto: reprodução IndyCar

A fala de Seb repercutiu no mundo da Indy, onde Graham Rahal, piloto da categoria, e seu pai, Bobby, os donos da RLL Racing, ofereceram um teste para o tetracampeão.

“Seb se você quiser testar um carro da Indy no Road America, faremos isso acontecer. Seria uma honra tê-lo em nosso carro”, disse Graham Rahal.

Bobby reforçou o convite: “Seb, há um acordo se você quiser!”

Sebastian Vettel também foi questionado sobre o convite depois que a prova encerrou: “Preciso dar uma olhada, mas é uma ótima pista, então vamos ver.”

A Indy tem recebido os pilotos da Fórmula 1 de braços abertos. Uma categoria extremamente competitiva que viu de forma mais recente a chegada de Romain Grosjean a ela, quando ficou sem um assento na Fórmula 1 ao final de 2020.

“Não temos nenhuma oportunidade agora, mas porque não? Você não pode exibir a Indy em um local melhor do que a Road America, e você não pode exibir o Road America melhor do que em uma IndyCar. Então adoraria ver o que Vettel pensa”, disse o vencedor das 500 milhas de 1986, Bobby Rahal.

LEIA MAIS: Raio-X do GP de Miami – Verstappen supera Ferrari e vence pela terceira vez na temporada
Rahal acredita que para Seb seria muito positivo guiar na Indy – Foto: reprodução Aston Martin

A Aston Martin está tentando melhorar o seu carro, assim como seu projeto para que possa convencer Sebastian Vettel a renovar o seu contrato com a equipe. É provável que quando Vettel deixe a Fórmula 1, seja uma despedida do automobilismo, mas nunca se sabe, talvez com uma oferta para realizar algumas aparições nos Estados Unidos ele possa se interessar.

“Em última análise, um cara como ele quer correr na IndyCar depois de uma carreira de grande sucesso na Fórmula 1? Não sei. Muitos europeus não gostam da ideia de corridas nos ovais. Mas ele ainda está na casa dos 30, então ele tem muitos anos para experimentar outras formas de corrida”, seguiu.

Se Sebastian Vettel aceitar correr na Indy em algum momento, Rahal gostaria que o alemão estivesse com o time de forma integral, não apenas disputando nos circuitos mistos e de rua como aconteceu na primeira temporada de Romain Grosjean.

“Neste momento nossos patrocinadores querem um cara no carro durante o tempo todo. Nós nunca nos encontramos em uma posição como Ed Carpenter, onde ele adiciona um carro extra para correr apenas nos ovais. Mas se surgisse a oportunidade de colocar alguém como Seb em um carro extra para algumas corridas, certamente teríamos que considerar isso.”

As regras da Indy permitem uma maior flexibilidade para as equipes que podem testar um piloto mesmo sem ter a garantia que ele fara uma temporada completa na categoria. Os outros times podem até mesmo reclamar um pouco, mas seria possível conceder ao alemão os dias como ‘novato’.

Rahal acredita que a Indy renovaria o ânimo de Vettel, por ser uma categoria mais competitiva, acredita que o sucesso voltaria a caminhar ao lado de Vettel.

“Depois de ganhar quatro Campeonatos Mundiais com a Red Bull e depois conquistar muitas vitórias na Ferrari, pilotando por duas das melhores equipes da história da Fórmula 1, deve ser difícil reunir a energia e o entusiasmo para correr onde você sabe que não tem esperança de obter o sucesso.”

“Então, talvez entrar em uma Indy reviveria um cara como Seb, sabendo que o sucesso depende em grande parte dele e não da tecnologia. Eu não tenho certeza disso, mas você certamente pode pensar sobre isso. Agora, estamos aqui falando sobre Vettel como se ele pudesse vir para a IndyCar, e ele pode não ter nenhum interesse nisso, mas eu adoraria que ele testasse um de nossos carros, e ele está certo, o Road America seria um ótimo lugar para começar”, finalizou.

Alguns gostariam que a F1 desse um pouco mais de liberdade para os seus pilotos, para eles também participassem da Indy. Um calendário um pouco mais curto talvez ajudasse nessa logística. Para a F1 que é uma categoria que deseja expandir cada vez mais o seu relacionamento com os Estados Unidos, seria muito legal ter Vettel realizando um teste e até mesmo participando de uma prova com a categoria norte-americana.

ESCUTE NOSSO PODCAST SOBRE O GP DE MIAMI

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

 

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados