TL3 Bélgica – Ferrari vai para classificação confiante, após dominar sessão com liderança de Charles Leclerc

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

O terceiro treino livre realizado hoje (31) no circuito da Bélgica, foi mais uma vez dominado pelos carros da Ferrari, Charles Leclerc anotou 1:44:206, contra 1:44:206, estabelecido por Sebastian Vettel.

Valtteri Bottas, representou a Mercedes na terceira posição, pois Lewis Hamilton acabou batendo no muro de contenção da curva 12 ao perder a traseira do carro. A equipe alemã liberou os pilotos próximos da conclusão da primeira meia hora e logo depois o inglês acabou batendo e paralisou a sessão com uma bandeira vermelha.

Quando o carro de Hamilton foi removido, os pilotos aproveitaram os últimos minutos para buscar novas voltas rápidas, mas com a pista quente os tempos não conseguiram ser reduzidos com eficiência. Sendo assim Daniel Ricciardo, fechou na quarta posição com a Renault, seguido por Max Verstappen da Red Bull. Alexander Albon que faz a sua estreia na equipe austríaca, foi apenas o vigemos colocado.

Sergio Pérez segue obtendo bons resultados para a Racing Point e foi o sexto, com Hamilton na sétima posição. Completando o grid Kimi Raikkonen e Antonio Giovinazzi da Alfa Romeo foram oitavo e nono respectivamente e Pierre Gasly da Toro Rosso, décimo.

A Fórmula 1 retorna às 10h, pelo horário de Brasília para realização da classificação.

lll Saiba tudo o que acontecer no Terceiro Treino Livre

Na pista a temperatura estava na casa dos 34°C, com 26°C no ambiente.

O grid de pilotos punidos para o GP da Bélgica era bem extenso, Alexander Albon já tinha a penalidade definida antes do início das atividades de sexta-feira, mas logo depois Daniel Ricciardo, Nico Hulkenberg, Carlos Sainz, Daniil Kvyat e Lance Stroll foram afetados.

Albon e Kvyat vão largar do fim do grid, pois as equipes instalaram unidades de potência totalmente novas. Ricciardo, Hulkenberg, Sainz e Stroll perdem cinco posições por terem instalados novos motores de combustão em cada um dos seus carros.

Assim que a pista foi liberada, Lando Norris e Kimi Raikkonen deixaram os boxes, o primeiro utilizava o pneu médio, enquanto o outro estava com os compostos duros instalados. Os pilotos partiram para uma volta de instalação, apenas para verificar o equipamento, antes das voltas rápidas começarem.

Com cerca de quinze minutos de sessão já realizada, o silêncio na pista voltava a ser quebrado, Vettel e Leclerc assumiram a primeira posição, utilizando os pneus macios. O alemão havia anotado 1:44:657, seguido pelo monegasco com 1:44:789. Grosjean vinha logo depois com 1:47:065, com Magnussen em quarto após anotar 1:47:215. Os pilotos que estavam atrás da Ferrari tinham marcas muito altas, Alexander Albon que era o oitavo tinha 1:50:864.

Bottas e Hamilton deram início as suas voltas, quando o cronômetro se aproximava da conclusão da primeira meia hora. O finlandês subiu para a terceira posição, com 1:45:216 e logo depois o inglês fechou em quarto com 1:45:566. A dupla da Racing Point seguia firme entre os líderes, com Pérez ocupando a quinta posição, com Stroll em sétimo.

Com a conclusão da primeira meia hora, as posições eram: Vettel, Leclerc, Bottas, Hamilton, Pérez, Ricciardo, Raikkonen, Stroll, Verstappen e Hulkenberg.

Lewis Hamilton provocou uma bandeira vermelha, após perder a traseira do carro na curva 12 e ir direto para o muro de contenção. Era a terceira volta que o inglês estava dando no circuito.

A sessão retornou, restando 13 minutos para o seu término. Rapidamente os carros da Ferrari estavam com novos pneus macios e aproveitando os últimos minutos, para estabelecer outros giros rápidos. 

Charles Leclerc subiu para a primeira posição com 1:44:206. Max Verstappen subiu para a quarta posição com 1:45:313, enquanto isso Alexander Albon era o vigésimo com 1:50:681.

Restando cinco minutos para o término da sessão, as posições eram: Leclerc, Vettel, Bottas, Ricciardo, Verstappen, Pérez, Hamilton, Raikkonen, Giovinazzi e Gasly.

Mesmo com uma nova sequência de voltas rápidas, os tempos seguiam muito altos.

 

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!