TL2 Abu Dhabi – Bottas supera dupla da Red Bull, fechando na frente em última sessão de sexta-feira

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

A segunda sessão de treinos livres, realizada nesta sexta-feira (23), contou com a liderança de Valtteri Bottas,ao anotar 1:37:236. O finlandês, assim como o companheiro de equipe, sofreu com a instabilidade da traseira dos seus carros e extravasaram algumas vezes os limites de pista. As principais reclamações ficaram com a utilização dos compostos ultramacios.

A dupla da Red Bull repetiu a boa performance do primeiro treino livre, ocupando o segundo lugar com Verstappen e o terceiro com Raikkonen. O australiano foi evoluindo na pista até obter a marca de 1:37:428. Ambos superaram Lewis Hamilton, mas o holandês foi o que ficou mais próximo de Bottas.

Raikkonen e Vettel chegaram a liderar a sessão momentaneamente, mas a ponta ficou bem concorrida. Os donos dos carros vermelhos apostaram nos supermacios para as suas primeiras voltas, até realizarem um segundo stint com os hipermacios. Garantiram o quinto e o sexto lugar.

Grosjean e Magnussen acompanharam o bom rendimento, o francês fechou em sétimo, com o companheiro de equipe em nono. Hulkenberg, assim como a dupla da Haas, foi veloz conseguindo ficar entre eles na oitava posição. O alemão também foi mais um dos pilotos a aparecer na ponta do segundo treino livre, ainda no seu início.

Esteban Ocon fechou o grid em décimo, representando a Racing Point Force India e dando um banho em Pérez que era apenas o décimo quarto.

Os carros retornam para a pista neste sábado (24), para a realização do terceiro treino livre às 8h pelo horário de Brasília e a classificação às 11h.

lll Saiba como foi o Segundo Treino Livre

As temperaturas começavam a cair no segundo treino livre no entardecer na Yas Marina, no asfalto tínhamos 30°C e no ambiente 26°C. A umidade chegava à casa dos 54%.

Para a segunda sessão, Cherles Leclerc e Sergey Sirotkin retornavam aos seus respectivos carros da Sauber e Williams, cederem os lugares na primeira sessão para Antonio Giovinazzi e Robert Kubica.

https://twitter.com/F1/status/1065954267683536898

Lance Stroll foi o primeiro a se encaminhar para a pista, pouco tempo depois do pit-lane ser liberado. O canadense investia na utilização dos compostos hipermacios, assim como Sirotkin. A dupla da Ferrari estava com o supermacios, assim como Grosjean.

Stroll fora o primeiro a fechar a volta e tinha 1:41:081, sendo seguido por Vandoorne (1:41:654) e Sirotkin (1:43:271). Pouco depois de aquecer os compostos, Raikkonen tomava a ponta com 1:40:224. Vettel fechava em segundo, acompanhados da dupla da Haas com Magnussen e Grosjean.

Com a utilização dos compostos ultramacios, Hulkenberg tomava a ponta do finlandês da Ferrari, que havia anotado 1:40:170.

A ponta era bem disputada, Bottas e Hamilton subiram para a ponta em sua primeira volta. Os pilotos da Mercedes alternavam na utilização dos compostos, o finlandês andava de ultra e o inglês com os supermacios.

Verstappen quebrou a dobradinha da equipe alemã após anotar 1:38:842. Raikkonen e Vettel melhoram seus tempos e passavam a ocupar o quarto e o quinto lugar.

Com pouco mais de quinze minutos de sessão, as posições eram: Bottas, Verstappen, Hamilton, Raikkonen, Vettel, Sainz, Hulkenberg, Ocon, Pérez e Stroll.

Ricciardo aparecia na sexta posição e passou a ser acompanhado por Gasly e Sainz.

Em sua quarta volta, Alonso conseguia subir para a décima primeira posição ao anotar 1:40:037. Leclerc era o oitavo com 1:39:992, muito à frente do companheiro de equipe que estava na décima primeira posição. O monegasco estava com os supermacios, contra os ultramacios utilizados por Ericsson. O australiano da Red Bull passou a ser o quarto com 1:39:087.

Com a conclusão da primeira meia hora de sessão, os pilotos começaram a retornar aos boxes. Hamilton tinha o carro saindo muito de traseira e realizava a sua parada para verificação da equipe. Enquanto isso,praticamente sozinho na pista, Ricciardo tomou a ponta com 1:38:582, na sexta volta dos seus compostos ultramacios.

A dupla da Ferrari era a primeira a mudar para os hipermacios, Raikkonen conseguia reduzir mais de um segundo do tempo do australiano ao anotar 1:37:461. Vettel pouco tempo depois deixava a sétima posição para rodar próximo ao companheiro de equipe, com 1:37:569. Hulkenberg, após o aquecimento dos compostos, passava a ser o terceiro colocado no segundo stint de voltas rápidas dos pilotos.

Os pilotos ainda extravasavam muito os limites da pista, além de serem agressivos em algumas zebras.

Quase todos os pilotos haviam trocado para os hipermacios e desta forma, Bottas e Hamilton tomavam a liderança da equipe italiana, com o finlandês à frente do inglês.

Verstappen, veloz na conclusão da sua primeira volta com os hipermacios, assumia a segunda posição com 1:37:288.

O holandês conseguia reduzir ainda mais a sua marca, ficando a 0s044 separado de Bottas. Ricciardo, aparecia em sexto com 1:37:790.

As zebras eram agressivas e Charles Leclerc, após passar por uma, escutou um barulho de quebra do assoalho e precisou recolher aos boxes.

Com pouco mais de quarenta minutos, grande parte dos pilotos estavam nos boxes, os que decidiram permanecer realizando voltas na pista passaram à simulação de corrida, com exceção  de Daniel Ricciardo que conseguia avançar para a terceira posição ao anotar 1:37:280.

Vandoorne foi o último a instalar os compostos hipermacios, restando pouco mais de 13 minutos para o encerramento da sessão. O belga que estava em décimo nono, subiu uma posição, melhorando o seu tempo para 1:39:938.

https://twitter.com/F1/status/1065979256411496449

Foto de Capa:  

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele espertou em mim o interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Fiz da RBR minha casa e meu carro favorito é a Kinky Kylie.