ColunistasFórmula 1Fórmula 2

RBR dá ‘segunda chance’ para Vips após fala racista do piloto

Após rescindir contrato com Vips, Horner afirma que piloto estoniano segue como membro da Academia de Jovens Pilotos e terá acompanhamento

A Red Bull optou por dar uma ‘segunda chance’ para Jüri Vips. O time austríaco rescindiu o contrato com o piloto estoniano de 21 anos, desta forma ele não será mais o piloto de testes e reserva da equipe. A decisão foi tomada após Vips usar uma palavra racista e realizar um comentário homofóbico durante uma live na Twitch.

Apesar do comunicado publicado no dia 28 de junho, Vips não será desligado completamente da equipe, o estoniano permanecerá no programa de jovens pilotos. O chefe de equipe da Red Bull, Christian Horner comentou sobre a decisão.

LEIA MAIS: Após investigação de fala racista de Jüri Vips, Red Bull encerra contrato estoniano

“Cancelamos nossos acordos com ele, e isso, sem dúvidas lhe dará um tempo para refletir. Todo mundo em algum momento merece uma segunda chance, se puder mostrar que realmente aprendeu com os seus erros. Ele é um cara jovem, um garoto, e nós o apoiaremos, mesmo que ele tenha seu contrato rescindido, do ponto de vista da saúde mental e educacional. Espero que ele aprenda”, afirmou Horner para a agência de notícias AP.

Vips perdeu o apoio financeiro na Fórmula 2, desta forma o seu carro não carrega mais as cores da Red Bull. A Hitech também optou por dar uma segunda chance ao piloto estoniano.

LEIA MAIS: Hitech opta pela permanência de Vips fornecendo uma ‘segunda chance’ após fala racista do piloto

O anúncio do time austríaco aconteceu no mesmo dia que os comentários sobre uma entrevista dada por Nelson Piquet ganhou grande repercussão. O ex-piloto de Fórmula 1 usou uma expressão racista para se referir a Lewis Hamilton. A Red Bull aproveitou o posicionamento de outras equipes para liberar a nota falando sobre o futuro de Vips.

“Ficamos chocados com os comentários de Nelson. Obviamente tivemos um incidente com um dos nossos jovens pilotos no final de semana passado e tomamos medidas definitivas. Ele fez um comentário racista e então tivemos uma reação imediata, o retiramos da equipe”, disse Horner à Sky.

“Então nós publicamos um comunicado sobre Jüri. Sentimos que fizemos uma declaração muito forte através da ação de realmente remover Jüri da equipe, pois não toleramos de forma alguma qualquer forma de racismo ou discriminação.

Liam Lawson assumiu a função de piloto de testes e reserva da Red Bull.

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Artigos relacionados

Adblock detectado

O BP É UM PORTAL INDEPENDENTE E OS ANÚNCIOS AJUDAM NA NOSSA MANUTENÇÃO, SE POSSÍVEL DESABILITE O SEU BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS!!!