O trágico GP da África do Sul de 1977 – Dia 288 de 365 dias mais importantes da história do automobilismo.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

Dia 5 de Março de 1977 está marcado como mais um dia triste para a Fórmula 1. Não existe uma palavra boa para descrever o momento assustador que aconteceu no Grande Prêmio da África do Sul quando o britânico Tom Pryce acabou matando o fiscal sul-africano Frederik Jansen van Vuuren.

A época em que o acidente ocorreu a segurança tanto em pista quanto para os pilotos ainda era muito discutida e olha que ainda assim levou-se muito tempo para que não existisse movimento na pista enquanto os tratores estivessem operando, mas esse é outro acidente tão doloroso e tão recente ainda…

Renzo Zorzi piloto italiano, que guiava pela Shadow-Ford acabou enfrentando problemas mecânicos com o seu carro, o que acabou evoluindo para um princípio de incêndio, com isso ele necessitou encostar na reta dos boxes e tentava se soltar enquanto labaredas começavam a evoluir pelo carro. Os fiscais vendo as chamas saindo do veículo começaram a avançar em direção ao carro para conte-las com os extintores e foi nesta hora que a tragédia aconteceu. O primeiro fiscal atravessou por pouco, mas Frederik de 19 anos, por poucos centímetros foi acertado pelo carro de Pryce que vinha em alta velocidade e não tinha visibilidade para evitar o acidente.

O acidente teve um efeito cascata se podemos nos referir assim, Pryce também acabou falecendo devido a força que o extintor de incêndio acertou a sua cabeça, o seu carro seguiu acelerando em alta velocidade até o final da reta, onde acabou saindo da pista e bateu no moro, voltando para o meio do traçado e acertando Jacques Laffite.

O corpo de Frederik foi identificado quando o diretor de prova convocou a equipe de fiscalização para identificar quem estava faltando, tamanha a desconfiguração que aconteceu com o copo do jovem.

Quando a corrida acabou com Niki Lauda recebendo a bandeira quadriculada, ninguém tinha vontade de comemorar pois todos sabiam que a poucos metros, existiam restos humanos espalhados pelo asfalto.

*Por opção do editor não colocamos imagens do acidente por serem fortes demais!!!

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele espertou em mim o interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Fiz da RBR minha casa e meu carro favorito é a Kinky Kylie.