Happy São Valentino Rossi Day! – Dia 271 de 365 dias dos mais importantes da historia do automobilismo

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

No dia 16 de fevereiro (2 dias depois do Vallentine’s day) o automobilismo comemora o Nascimento de Valentino Rossi.

Para quem não sabe quem ele é… indico ouvir isso aqui:

Tô brincando. Como promessa é dívida, venho falar-lhes de Valentino Rossi, NOVE, NOVE vezes Campeão da MotoGP (By Bruno Shinosaki).

https://twitter.com/Eri_coke/status/963746281750450177

Rossi nasceu em Marche, Itália, no ano de 1979 e depois mudou-se para Tavullia. Filho de um também piloto de motociclismo, Graziano Rossi, começou a correr cedo, com 5 anos, mas de kart, e foi amor á primeira vista.

Em 1990, Rossi venceu seu primeiro campeonato de Kart, e em 1991 começou a correr de minimoto, conquistando algumas vitórias em corridas locais.

Fonte: MotoGP

Valentino continuou correndo de Kart, ao lado de seu pai. O caminho de Kart começou a direciona-los para a formula 1 (tentar entrar nas categorias de base), mas devido a custos altos da continuação do Kart simultaneamente com a Minimoto, optaram por continuar apenas em minimotos.

O Italiano entrou em uma competição de motos 125cc a primeira vez em 1993, onde na primeira corrida bateu a 100 metros do box, e mesmo assim terminou o fim de semana em nono lugar. Naquele ano, fez uma pole position na corrida final do campeonato, em Misano, e acabou a corrida no podium.

Fonte: MotoGP

Em 94, Rossi estava no campeonato Italiano 125cc por uma motocicleta criada por Mancini, que era chamado de mago mas motocicletas. Porém obteve resultados nada conclusíveis.

O primeiro título de Rossi veio em 1995, nas 125cc italianas, com a Aprilia. No mesmo ano, ficou em terceiro no campeonato Europeu.

No ano seguinte foi campeão mundial com a mesma moto (Aprilia), e em 97, dominou a temporada ganhando 11 de 15 corridas, sendo campeão novamente, e sendo “promovido” para as 250cc.

Fonte: MotoGP

Nas 250cc, sua primeira temporada foi acirrada com o companheiro de equipe, onde Rossi acabou em segundo, 23 pontos atrás de Capirossi. Mas em 99, Valentino se mostrou novamente e foi campeão também das 250cc, com 5 pole positions e 9 vitorias.

Pelo que entendi escrevendo esse post, me corrijam se eu estiver errada, a 500cc é uma pré-MotoGP. Nosso querido chegou com a Honda em 2000, depois da aposentadoria de Mick Doohan, e foi apadrinhado por seu engenheiro, Jeremy Burgess. O Início foi difícil, Rossi venceu apenas duas corridas naquele ano, mas em 2001 já chegou chegando, e foi campeão das 500cc com 11 vitórias e 106 pontos a mais que seu rival direto, Max Biaggi, que por acaso também era seu companheiro de equipe.

lll Finalmente…na MotoGP…

A MotoGP trata de motor de 990cc, muito maiores que as 500, onde o desafio do piloto físico é também maior. Em 2002, Rossi continuava na Honda, mas em uma categoria diferente.

Fonte: MotoGP

O título de 2002 veio com a glória de 8 vitórias seguidas das 9 primeiras corridas da temporada, e venceu faltando ainda 4 corridas. (contém…1x campeão)

A temporada de 2003 trouxe um novo rival, Sete Giberneu. Mesmo assim, Rossi fez 9 pole positions, em 9 corridas no início da temporada, alcançando o título na corrida da Malásia.

Esta temporada foi marcada pela corrida da Austrália, onde o Italiano tomou uma penalização de 10 segundos por ultrapassagem em bandeira amarela, e ainda assim finalizou a corrida 15 segundos a frente, ganhando a etapa.

O título do campeonato de 2003, marcou também o rompimento de Rossi com a Honda, pois em 2004, o Italiano foi para a Yamaha.

A primeira etapa, em Suzuka, ele já venceu, e bem como o título daquele ano, sendo o primeiro piloto a ser campeão em duas equipes diferentes de forma consecutiva.

A história de Rossi com a Yamaha foi um casamento, foram 6 anos, dos quais foi campeão em 4 temporadas pela equipe.

O ano de 2010 é um dos mais marcantes da carreira de Rossi, devido a sua superação. Na etapa de Mugello, no segundo treino livre, o italiano bateu a 190 km/h, e quebrou a tíbia de sua perna direita. Depois de uma cirurgia, Rossi foi recomendado a não voltar naquela temporada. Porém, na corrida da Alemanha ele retornou as pistas, e ao final da temporada, colecionou 9 vitórias e o terceiro lugar no campeonato.

Fonte: MotoGP

Após a era Honda-Yamaha, que foi cheia de títulos, Rossi foi para a Ducati, onde ficou dois anos, aparentemente só pra perder, pois a Ducati não apresentou resultados significativos. Em 2011 foi o sétimo no campeonato, e em 2012 o sexto.

Depois de sua temporada na Ducati, Rossi voltou para a Yamaha, onde permanece até hoje, e mesmo não sendo campeão desde 2010, ainda aparece nos podiums de vez em quando.

O italiano ainda se mantém como um dos melhores pilotos da MotoGP, competindo por podiums, e aos 39 anos, sendo um dos melhores pilotos em atividade da categoria, e o mais velho com resultados significativos!

Fonte: MotoGP

Erika Prado

25 anos, estudante e totalmente apaixonada por engenharia mecânica. um coração de exatas num corpo de humanas. #F1 #TeamNR6 #Dogs #VemDiploma

%d blogueiros gostam disto: