Há quem pediu e Zandvoort volta em 2020

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

A Fórmula 1 anunciou nesta terça-feira (14) a volta do GP da Holanda ao calendário de 2020, Zandvoort voltará a receber a categoria depois de mais de três décadas de ausência.

A volta do GP da Holanda é marcada pela crescente popularidade de Max Verstappen nos autódromos da Europa, como Espanha, Bélgica e Áustria.

Chase Carey, chefe da Liberty Media, celebrou a volta de Zandvoort ao calendário e enfatizou a vontade do grupo levar a Fórmula 1 para outros países.

“No início do nosso mandato na Fórmula 1, dissemos que queríamos corridas em novos lugares, mas respeitando as raízes históricas deste esporte na Europa”

A parte ruim é que alguns contratos vão expirar em 2019 e está prova deve entrar no lugar de Barcelona. Silverstone, Hockenheim, Monza e México também tem os contratos finalizados nesta temporada.

Lewis Hamilton já correu em Zandvoort, nos tempos de F3 Europeia e o circuito era difícil de ultrapassar. Valtteri Bottas e Romain Grosjean são mais alguns nomes, que já conhecem este traçado e gostam da combinação de curvas técnicas e traçado rápido.

O autódromo vai passar por algumas reformas, até se adequar as especificações atuais, pois ainda não se encontra nos padrões estipulados pela FIA.

 

Subscribe to
BPCast

Or subscribe with your favorite app by using the address below


Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!