ColunistasPost

Denny Hamlin espanta a má-fase e vence a etapa de Richmond

Denny Hamlin desencantou em 2022 após um início de temporada ruim (Jared C. Tilton/Getty Images)

O ano de 2022 não vinha sendo dos melhores para Denny Hamlin. Com algumas dificuldades para se adaptar ao novo regulamento da NASCAR Cup Series e com vários problemas e acidentes nas primeiras corridas do ano, o piloto da Joe Gibbs não estava bem colocado no campeonato, mas a etapa de Richmond trouxe a oportunidade perfeita para a redenção. Com uma estratégia perfeita e um ritmo competitivo, o Carteiro espantou o mau momento e conquistou a sua primeira vitória em 2021.

A corrida no oval da Virgínia não teve tantos incidentes, mas foi bem movimentada com as diferentes táticas de paradas nos boxes ao longo da prova. Alguns pilotos tentavam alongar o stint na pista para reduzir a quantidade de paradas, mas a diferença de uso de pneus novos era muito grande em relação a quem insistia com compostos mais usados.

Isso foi notado ao longo do segundo estágio, com Christopher Bell e Denny Hamlin testando a sequência mais longa, mas não foram tão bem sucedidos. Na parte final, os pilotos foram estudando o momento ideal de parar para ter combustível suficiente, mas eles sabiam que ter compostos mais novos no momento decisivo faria a diferença.

Quem arriscou parar mais longe do fim para não precisar de um último pit foi William Byron, que fez sua parada derradeira faltando 90 voltas para o final das 400 programadas, Martin Truex Jr, que também seguia no mesmo ciclo e vinha próximo a Byron na briga pela vitória.

Ciente do problema da tática anterior, Hamlin foi pelo caminho oposto: parou a 47 voltas do fim e veio em um ritmo forte com os pneus mais novos, descontando a liderança. Kevin Harvick também veio na mesma balada e foi se aproximando da briga pela vitória.

Faltando seis voltas para o fim, Hamlin e Harvick deixaram Truex para trás e, no giro seguinte, superaram Byron, com isso, os dois veteranos discutiram a vitória. Por fim, o piloto da Joe Gibbs negociou melhor com os retardatários e manteve a ponta até a bandeirada final.

Hamlin encerrou um jejum de 12 corridas sem vitória (também foi a primeira vitória de um piloto com mais de 30 anos no mesmo período) e também conquistou o seu primeiro triunfo, assim como a Joe Gibbs Racing e a Toyota na temporada de 2022. O Carteiro também é o sétimo vencedor diferente em sete corridas, sendo mais um piloto garantido nos playoffs no fim do ano.

A próxima corrida será na noite do próximo sábado, no menor circuito da NASCAR, o oval de meia milha de Martinsville.

Top-10 da etapa de Richmond:

1 – Denny Hamlin (Joe Gibbs/Toyota)
2 – Kevin Harvick (Stewart-Haas/Ford)
3 – William Byron (Hendrick/Chevrolet)
4 – Martin Truex Jr (Joe Gibbs/Toyota)
5 – Kyle Larson (Hendrick/Chevrolet)
6 – Christopher Bell (Joe Gibbs/Toyota)
7 – Ryan Blaney (Penske/Ford)
8 – Alex Bowman (Hendrick/Chevrolet)
9 – Kyle Busch (Joe Gibbs/Toyota)
10 – Austin Dillon (Richard Childress/Chevrolet)

Classificação para os playoffs:

Classificados por vitória: William Byron, Ross Chastain, Alex Bowman, Chase Briscoe, Kyle Larson, Austin Cindric e Denny Hamlin (1 vitória cada)

Classificação por pontos (diferença em relação à zona de corte)

Ryan Blaney +83
Chase Elliott +83
Martin Truex Jr +64
Joey Logano -57
Kevin Harvick +35
Kyle Busch +33
Aric Almirola +26
Tyler Reddick +25
Daniel Suarez +13

Austin Dillon -13
Erik Jones -14
Kurt Busch -16
Chris Buescher -20

Mostrar mais

Eduardo Casola

Jornalista formado na Universidade de Sorocaba (Uniso) e apaixonado por esporte a motor desde quando se conhece por gente. Apenas um rapaz que gosta de uma boa corrida e de uma boa história!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Adblock detectado

O BP É UM PORTAL INDEPENDENTE E OS ANÚNCIOS AJUDAM NA NOSSA MANUTENÇÃO, SE POSSÍVEL DESABILITE O SEU BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS!!!