ColunistasDestaquesFórmula 1Post

Carlos Sainz surpreende Verstappen e conquista primeira pole da carreira em Silverstone

A chuva voltou a tomar conta de Silverstone antes do início da classificação. A pista molhada deu um tom de imprevisibilidade para a classificação. Com a pista mudando rapidamente, a tabela de tempos também era modificada a cada volta completada no circuito britânico. Neste sábado (02) Carlos Sainz conquistou a sua primeira pole da carreira, conseguindo encaixar um bom tempo na última oportunidade. O espanhol anotou 1m40s983, para se tornar o 104 pole diferente da história.

A dupla da Ferrari estava batalhando para ficar com a primeira fila desde o começo, mas Max Verstappen encontrava sempre um caminho melhor para estabelecer um tempo melhor. Sainz guardou uma última volta rápida para depois que o cronômetro zerasse, desta forma conseguiu a pole.

Ainda no Q3 vale dizer que foi o momento que o holandês cometeu mais erros, extravasando os limites de pista ou perdendo um pouco o controle da traseira, algo que prejudicou o holandês ao final da sessão.

Charles Leclerc começa o GP da Inglaterra do terceiro lugar, acompanhado por Sergio Pérez que conseguiu o P4. Lewis Hamilton e George Russell batalharam pelas primeiras posições, mas os pilotos da Mercedes ficaram com o quinto e o oitavo lugar, respectivamente. Lando Norris representou a McLaren no sexto lugar, mais uma vez chegando com o time ao top-10, mas Daniel Ricciardo não conseguiu aproveitar o melhor momento da pista durante o Q2 para avançar na classificação.

Fernando Alonso foi o sétimo colocado, enquanto Zhou Guanyu era o nono colocado com a Alfa Romeo, depois de superar Valtteri Bottas em mais uma classificação em chuva. Nicholas Latifi também foi uma grande surpresa no Q3, o canadense foi avançando na classificação, para representar a Williams pela primeira vez no ano na última fase da classificação.

A pista molhada reserva essas surpresas, dando a oportunidade para alguns times ousarem e arriscarem ao máximo. A previsão é de pista seca para esse domingo, com largada prevista para acontecer às 11h do horário de Brasília.

Saiba como a Classificação para o GP da Inglaterra

Instantes antes da pista ser liberada, a chuva tomou conta do circuito. A temperatura na pista estava na casa dos 21°C, com 16°C no ambiente. Uma fila se formou na saída do pit-lane com os pilotos se encaminhando rapidamente para o traçado, preocupados com uma piora das condições de pista.

Q1

Os pilotos seguiram para a pista usando os pneus intermediários (faixa verde). O spray levantava com a passagem dos carros. A dupla da Williams abriu a tabela de tempos com Alexander Albon registrando 1m49s914, enquanto Nicholas Latifi tinha 1m52s555. Charles Leclerc assumiu a liderança da sessão registrando 1m47s521, contra 1m49s642. A dupla da Alpine ficou mais tempo nos boxes, aguardando uma pista mais vazia para aferir os seus tempos.

Os pilotos precisavam tomar distância dos rivais, para justamente encontrar um espaço no traçado e buscar um bom tempo. Albon foi a surpresa, pois na sequência o piloto da Williams saltou para a terceira posição registrando 1m46s991, mas os tempos estavam melhorando rapidamente, pois Leclerc conseguiu registrar 1m43s028 para superar Verstappen.

A classificação era dinâmica, com os tempos alternando rapidamente, desta forma Leclerc e Verstappen invertiam a liderança da sessão. Sainz era o terceiro colocado com 1m43s463, separado por 1s3 de Leclerc que era o atual líder. Restando oito minutos para o encerramento do Q1, os dez primeiros eram: Russell, Leclerc, Pérez, Verstappen, Norris, Hamilton, Zhou, Sainz, Albon e Bottas. Neste momento todos os pilotos tinham aferido ao menos uma volta rápida.

Restando cerca de cinco minutos para o final, alguns pilotos seguiram para os boxes para substituir os pneus de chuva e tentar mais uma vez uma volta rápida. Na zona de eliminação era possível ver a dupla da Aston Martin, assim como Tsunoda, Ricciardo e Schumacher.

Na sequência Vettel anotou 1m43s088, para ocupar o décimo primeiro lugar, acompanhado por Tsunoda que obteve a nona posição. Ricciardo, Magnussen, Albon, Latifi e Schumacher estavam com um pneu intermediário novo, tentando se livrar da zona de eliminação.

Com o cronômetro zerado Leclerc cravou 1m39s846, contra 1m39s129 de Verstappen. Latifi conseguiu avançar para o Q2, superando Albon que foi eliminado no Q1; o piloto tailandês reclamou de falta de aderência. Sebastian Vettel foi despencando no grid, o alemão não conseguiu abrir uma última volta rápida e ao ser alertado pela equipe de sua eliminação, Vettel se viu mais uma vez frustrado.

Eliminados

16) Alexander Albon – 1m42s078
17) Kevin Magnussen – 1m42s159
18) Sebastian Vettel – 1m42s666
19) Mick Schumacher – 1m42s708
20) Lance Stroll – 1m43s430

Q2

No início do Q2, a temperatura da pista estava na casa dos 20°C. Rapidamente a Alfa Romeo, assim como Alpine, AlphaTauri e McLaren liberaram os seus pilotos rapidamente para o traçado. Novamente os times investiam na utilização dos pneus intermediários nesta segunda fase da classificação.

Latifi abriu a tabela de tempo anotando 1m45s161, para na sequência Zhou ficar com a liderança momentânea pois anotou 1m44s029. Russell reclamava da falta de aderência, os tempos tinham aumentado por conta da chuva que deixou a pista mais molhada.

Norris saltou para o segundo lugar cravando 1m41s821, enquanto Riccardo tinha 1m44s355 para ocupar apenas o décimo segundo lugar. Na sequência Verstappen retornou para a ponta, entrando na casa de 1m40s655, com Hamilton ocupando o segundo lugar ao registrar 1m41s062, contra 1m41s247. Latifi lutava para ficar no top-10, com o canadense anotando 1m43s273 para ficar no décimo lugar. O piloto da Williams se aproveitou do último momento que a pista apresentava uma boa condição para avançar ao Q3.

Restando cinco minutos para o final do Q2, os dez primeiros eram: Verstappen, Hamilton, Leclerc, Sainz, Russell, Norris, Alonso, Pérez, Zhou e Latifi. Na zona de eliminação era possível ver Gasly, Bottas, Tsunoda, Ricciardo e Ocon. Bottas cometeu um erro na sua volta e prejudicou o último giro que poderia buscar uma posição melhor.

Com o final do Q2 se aproximando a chuva piorou e os tempos não melhoraram mais, Norris também informava que o MCL36 estava aquaplanando. Zhou Guanyu e Latifi conseguiram avançar para o Q3. Mais uma vez o piloto chinês da Alfa Romeo, superou Bottas.

Eliminados

11) Pierre Gasly – 1m43s702
12) Valtteri Bottas – 1m44s232
13) Yuki Tsunoda – 1m44s311
14) Daniel Ricciardo – 1m44s355
15) Esteban Ocon – 1m45s190

Q3

A última fase da classificação teve início com uma fila se formando no pit-lane. Os pneus intermediários eram também adotados no Q3, pois a pista ainda estava bem molhada. Verstappen escapava um pouco da pista enquanto buscava a parte mais molhada do traçado para controlar a temperatura dos pneus.

Nove dos dez competidores estavam na pista, pois existia a possibilidade da chuva piorar nos próximos minutos. Leclerc anotou 1m50s297 para ocupar a primeira posição, com Verstappen perdeu o controle do carro e rodando. Zhou surpreendeu ao ultrapassar os carros da Ferrari, registrando 1m49s454, para na sequência Alonso obter 1m46s227.

Com seis minutos para o final do Q3, Verstappen cometeu um erro, mas ainda conseguiu o segundo melhor tempo, anotando 1m44s887 depois de ter extravasado os limites de pista. Leclerc era o líder com 1m44s844, enquanto Alonso foi empurrado para a terceira posição. Os dez primeiros eram: Leclerc, Verstappen, Alonso, Pérez, Hamilton, Sainz, Zhou, Russell, Norris e Latifi, mas o piloto da Williams ainda não tinha aferido tempo.

As posições mudaram rapidamente, Verstappen voltou para a ponta com 1m42s996, com Hamilton ocupando o segundo lugar, acompanhado por Russell em terceiro. Norris era o quarto colocado. Leclerc caiu para o sexto lugar, com Sainz em oitavo.

A dupla da Ferrari brigava para ficar com a ponta, Leclerc até obteve 1m41s298, mas foi mais uma vez superado pelo piloto holandês da Red Bull.

Com o cronômetro zerado Sainz encaixou um boa volta anotando 1m40s983, para conquistar a sua primeira pole da carreira. O segundo setor de Verstappen foi bem ruim, desta forma o holandês ficou com o segundo lugar. Leclerc começa o GP da Inglaterra do terceiro lugar.

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Adblock detectado

O BP É UM PORTAL INDEPENDENTE E OS ANÚNCIOS AJUDAM NA NOSSA MANUTENÇÃO, SE POSSÍVEL DESABILITE O SEU BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS!!!