BP BEATS 17 | Amigos e Rivais

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

|De São Paulo/SP para Curitiba/PR voltando para São Paulo/SP:

lll RBS – Ricardo Bunnyman Soares;

lll CEV – Carlos Eduardo Valesi;

lll RBS: Limites. Todos nós temos limites. Seja físico ou psicológico. Seja na performance de um carro, seja no além da zebra em uma curva, seja no estilo musical.

lll CEV: Menos a zoeira. A zoeira não tem limites.

lll RBS: Você já se pegou em uma festa de um grande amigo onde foi embora porque não aguentava mais “aquela música insuportável”?

lll RBS: Eu já saí da balada em menos de 30 minutos por não suportar e ter sido enganado por meus amigos ecléticos. Hoje vejo como uma bobagem, mas as vezes você não tá nem aí?

lll RBS: Também já pedi para baixar o som dos Beatles na casa de um brother. Já passou por algo do tipo, Valesi?

lll CEV: Muitas vezes, e de ambos os lados. Já há um certo tempo me tornei aquele velho ranzinza que nem vai num lugar se o estilo for, digamos, excêntrico. Sou o tiozão chato que reclama do sertanejo, mas também já sofri com gente me pedindo pra tirar “essa gritaria aí”.

lll RBS: Pois é, a gente explode as vezes, agora imagina se você entra em disputa no trabalho com um grande brother onde a sobrevivência depende da derrota do outro? Assim é no automobilismo. Muitas vezes o campeonato é de equipe, mas o piloto corre para ser o primeiro da equipe.

lll CEV: O cara do outro lado do box tem, teoricamente, o mesmo equipamento que você. Então, se ele constantemente te bate, fica feio, não é?

lll RBS: Já na música, em matéria de performance de palco, tudo tem que sair direitinho senão mela o resultado final. E as tretas ficam fora dos palcos.

| Mick Jagger Vs. Keith Richards

lll RBS: Os caras estão desde o início dos anos 1960 compondo e tretando. Uma das últimas foi uma crítica no Twitter que Richards fez a Jagger por ser pai pela oitava vez aos 73 anos de idade. Na mesma rede social, Richards se desculpou com o verdadeiro Mr Catra.

lll CEV: Richards chegou até a compor e gravar uma música em seu primeiro álbum solo totalmente motivado por brigas com Jagger.

| Lewis Hamilton Vs. Nico Rosberg.

lll RBS: Essa é uma história conhecida pelo Amigo Cabeça de Gasolina mas não poderia deixar de estar por aqui. Enquanto estavam em equipes diferentes vinham com uma amizade forte desde os tempos do kart. Mas quando Hamilton cruzou o caminho de Rosberg na Mercedes a coisa ficou pesada. A bela treta dos dois no GP da Hungria em 2015 lembrando os tempos de kart. Um efusivo Hamilton foi comemorar o Roda com Roda mas Rosberg achou que Hamilton passou da conta. Ali foi a gota d’água e a bela amizade foi ladeira abaixo.

| Morrissey Vs. Marr

lll RBS: A dupla considerada como Lennon e McCartney dos 80’s não ficaram de fora. Depois de 5 anos compondo, Marr pediu um tempo para Morrissey. Este último um wokaholic de mão cheia esgotava seus companheiros de Smiths com singles atrás de singles. Morrissey negou, esbravejou e disse não. Johnny foi para dos Estados Unidos gravar Nothing But Flowers com o Talking Heads e nunca mais se viram. Questionado, entre outras respostas Johnny disse que não montou uma banda para ficar fazendo cover de Cilla Black. Alí acabaram-se os Smiths.

| Piquet Vs. Mansell

lll CEV: Quando dividiram a garagem de Frank Williams, Piquet e Mansell, dois caras com personalidade forte e um forte sentimento de que o mundo pertencia a eles tiveram mais de uma rusga. As provocações mútuas e alfinetadas públicas eram constantes, mas o ambiente de competição motivou ambos e ainda rendeu ótimas histórias.

| Dave Mustaine Vs. James Hetfield

lll CEV: Essa é clássica, e chegou às vias de fato. Os dois cabeludos nunca se bicaram enquanto o Metallica gravava Kill ‘Em All, e no final o vocalista ganhou a queda de braço: Mustaine acordou um dia com a banda em volta dele e suas malas feitas, e foi expulso. Voltou para Califórnia e fundou o Megadeth, com o único intuito de destruir a antiga banda. Demorou um bom tempo até eles voltarem a “ficar de bem”.

| Nelson Piquet Vs. Eliseo Salazar

Os pilotos boxers anos depois. Fonte: F1 – Fotos Momentos Históricos

lll RBS: Essa virou meme nessa época de internet para todos.

lll RBS: Piquet depois de ter saído de terceiro para primeiro foi chegando nos retardatários no GP de Hockenheim, Alemanha 1982. Estava com tudo na mão até Salazar não ceder à bandeira azul e acabar dando a Patrick Tambay sua primeira vitória na categoria. Depois, descobriu-se que o motor BMW de Piquet não aguentaria até o final, o que seria uma vergonha em casa.

| Gilles Villeneuve Vs. Didier Pironi

lll CEV: O canadense já era ídolo na Ferrari quando Pironi chegou em 81, e naquele ano eles até formaram uma boa parceria. Mas no GP de San Marino de 1982, em frente à fanática torcida ferrarista em Ímola, tudo mudou. Tranquilos num 1-2 ao fim da corrida, já com as placas de “tragam as crianças para casa” mostradas, Villeneuve de repente sente que Didier estava forçando uma ultrapassagem. Não acreditando que fosse a sério, ainda brincou um pouco de gato e rato, mas quando o companheiro de equipe tomou a ponta e não a cedeu mais vieram algumas voltas fratricidas, com manobras arriscadas e no final a vitória do francês. Gilles ficou enfurecido, não comemorou no pódio e entrou em negociações para deixar a Ferrari. Treze dias depois sofreria o acidente que lhe tirou a vida, e muitos dizem que estava dando mais do que o carro suportava para superar Pironi. Este, por sua vez, também sofreu uma morte prematura num acidente com uma lancha, em 87. Sua viúva, grávida, deu à luz à gêmeos, que chamou de Didier e Gilles. Hoje, Gilles Pironi é engenheiro na equipe Mercedes de Fórmula 1.

| Lucas Di Grassi Vs. Nelson Piquet Jr

lll RBS: Esse dois vem trocando borracha dos pneus desde a década passada. As rusgas nascidas desde o berço no kart, passando pela F3 Inglesa, GP2 e F1. Di Grassi era um desconhecido do mundo pop do automobilismo até 2010 quando entrou na fraquíssima HRT já na Formula 1, enquanto Nelsinho estreou anos antes na Renault com Fernando Alonso, aí teve aquela batida, blá, blá, blá…

lll RBS: Mas o lance floresceu mesmo na Formula E. Di Grassi se encontrou em outra categoria (assim como WEC, por exemplo) e Nelsinho ficou (e alguns ainda jogam na cara o NelsinhoGate). Fato é que Nelsinho foi campeão da Formula E antes de Di Grassi. Di Grassi diz que Nelsinho quer ser polemico como o pai mas é mal-educado mesmo, já Nelsinho diz que ‘o santo não bate’. Enfim… Olha que situação no qualy em Mônaco 2015.

| Roger Waters Vs. David Gilmour

lll CEV: A maior banda da Inglaterra (e quiçá do mundo) foi aos poucos sendo sequestrada por Waters, que impunha sua visão sobre praticamente tudo que faziam. The Wall é uma obra-prima, e tem composições do calibre de Comfortably Numb, com a guitarra etérea de Gilmour, mas é basicamente sobre os traumas de infância de Roger. The Final Cut, o disco seguinte, é basicamente um disco solo de Waters, e quando o baixista saiu em excursão solo em 1987 e usou o nome Pink Floyd, Gilmour liderou os companheiros de banda num processo contra ele. Os dois já se entenderam, e até tocaram juntos depois disso, porém as chances de um retorno do Floyd são, infelizmente, nulas.

| Os Irmãos Gallagher

lll RBS: Essa briguinha pra mim é pura bobagem de meninos mimados. Os caras se odeiam desde que o mais novo nasceu. Com sindrome de ‘Os Novos Beatles’, deixam que o óbvio talento de ambos afetasse a banda. Os caras já perderam shows, por conta de brigas, deixaran o palco e até anos depois do fim do Oasis Liam ainda se alfinetam. Liam chegou a dizer que comeria as próprias fezes no lugar de estar em uma mesma banda que Noel

| Bunnyman Vs. Valesi

lll CEV: Pode até parecer para quem lê o BPBeats que os Glimmer Twins da blogosfera automobilístico musical trabalham em perfeita sintonia, mas no melhor estilo Senna x Prost um tá sempre sacaneando o outro. Claro que é sempre em clima de brincadeira, mas que essa mania de gostar de bandinha emo dos anos 80 do Bunnyman é triste, isso é, não é mesmo compadre?

lll RBS: Primeiro que “bandinha” é o cacete. E segundo que “emo” é outro cacete. Você vive falando que curte Pink Floyd e AC/DC porque não sabe o que é o bão do suprassumo dos 80’s. AC/DC é duca mas na Austrália quem manda é o Midnight Oil e o Nick Cave. Enquanto Pink Floyd nascia em Londres, os Smiths já previam desde o berço que iam meter o pânico por lá. E em Liverpool, num dia que queriam por estátuas do maior grupo do mundo, foram impedidos pelos fãs do Echo & The Bunnymen – A Maior Banda da Cidade. Mas as cutucadas entre nós nunca terminam e tenho que confessar uma coisa: Valesi ganha de mim em uma mesa de bar com piadas infinitamente melhores. Ah como.eu amo esse hôme! Mas só se eu for o Piquet da dupla…

Valesi, Celloni, Bunnyman – Fonte: Unidos da Williams

 

lll BPBeats é uma produção da dupla que não é sertaneja, contudo é a prova que panela velha faz comida boa sim, Carlos Eduardo Valesi que já era residente fixo do BP em conjunto com Ricardo Bunnyman peça única da podosfera tupiniquim que foi recentemente adquirido em um leilão beneficente e por uma força do destino do qual nem os búzios, nem os zodíacos e muito menos os físicos teóricos da Magrathea poderiam prever que o encontro desses dois surgiria uma série tão empolgante e digna das melhores revistas do ramo musical tal qual como Rolling Stones e da saudosa MTV, apreciem sem moderação.

BP Beats

Depois de um bate papo no happy hour do BP, entre uma brincadeira e outra surgiu a ideia de uma nova atração no site que é essa que o Amigo Cabeça de Gasolina está pondo os olhos agora: O BP Beats tem como ideia fazer algum tipo de sintonia com o automobilismo e sua provável trilha sonora, sob a batuta de Carlos Eduardo Valesi e Ricardo Bunnyman você irá serpentear pelo universo do automobilismo com rápidas paradas nos mundos colonizados por músicos e suas obras!!!