Em estratégia arriscada Thiago Camilo crava a pole em Londrina

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

Thiago Camilo conseguiu hoje (09) a pole position para a oitava etapa da Stock Car que acontece neste final de semana em Londrina (PR), no Autódromo Internacional Ayrton Senna. A tática de trocar o motor com o do companheiro de equipe Galid Osman, para essa etapa deu resultado e o time da Ipiranga Racing que tem no comando Andreas Mattheis, ocupam a ponta da primeira corrida que acontece no Paraná. 

Daniel Serra foi um piloto que surpreendeu neste sábado, acabou ficando na zona de corte no Q1 e no Q2, mas conseguiu poupar pneus para o Q3 que era a parte mais importante da classificação e ficou bem próximo de conseguir mais uma pole na carreira e no ano, não foi possível, mas amanhã larga da segunda posição. 

Rubens Barrichello também marcou a sessão, conseguindo ser o líder nas duas primeiras fases e foi uma pena ver ele errando o primeiro setor no Q3 e com isso perdendo rendimento na sua única volta lançada. 

ll Q1

Guilherme Sales foi o primeiro a deixar os boxes, seguido por Bia Figueiredo, os pilotos que estão no número impar do campeonato, faziam parte desta parte. A pista de Londrina estava muito suja. Sales foi o primeiro a marcar tempo com 1:12:410 e em seguida Bia Figueredo marcava 1:18:671. Átila Abreu liderava o Q1 ao marcar 1:12:221 e Zonta se tornava o terceiro com 1:12:498.

Aos poucos outros pilotos foram marcando os seus tempos e Ricardo Mauricio era o terceiro com 1:11:997, mas acabava perdendo posições depois que Valdeno Brino se tornava o líder com 1:11:817, seguido por Daniel Serra com 1:11:850 e Galid Osman com 1:11:908.  Max Wilson conseguia subir para a primeira posição nos segundos finais do Q1 ao marcar 1:11:644.

Marcos Gomes conseguia encaixar o carro em segundo com 1:11:729, fazendo uma boa volta, mas o grande problema era o desgaste dos pneus para as próximas etapas da classificação. Por outro lado, Denis Navarro que era do primeiro time, acabou não entrando na pista e não tinha tempo registrado, nessa prova ele vai ter que cumprir uma punição adquirida na prova anterior e de qualquer forma estaria largando da última posição.

Mais 15 carros entravam na pista e Guga Lima era o primeiro a deixar os boxes e marcava 1:13:887. Pizzonia era o primeiro a entrar no tempo dos 15 primeiros e era, o décimo segundo com 1:12:029.

Cacá Bueno já virava o quinto tempo com 1:11:801 e em seguida Pizzonia assumia o quarto lugar com 1:11:789. Rubens Barrichello assumia o primeiro lugar com 1:11:530, seguido por Felipe Fraga com 1:11:607 e Tiago Camilo com 1:11:611. Suzuki era o quinto com 1:11:644 o mesmo tempo registrado que Max Willson do primeiro grupo.

Diogo Nunes ficava com o sexto lugar e marcava 1:11:670, Marcio Campos era o sétimo com 1:11:708. Marcos Gomes em oitavo com 1:11:729.

Daniel Serra quase ficou fora do Q2 e ele tinha dado apenas 2 voltas na pista, seria a primeira vez no ano que o piloto ficaria fora da segunda fase.

ll Q2

Assim que os boxes foram liberados, os pilotos não perderam tempo e já se encaminhavam para a pista. Diogo Nunes era o líder com 1:11:474, mas logo em seguida Daniel Serra marcava 1:11:473.

Barrichello vinha voando e marcava 1:11:273 e passava a ser o líder e era seguido por Marcos Gomes com 1:11:404 e Valdeno Brito tinha o terceiro tempo com 1:11:422. Thiago Camilo conseguia encaixar o carro em segundo lugar e empurrava os pilotos para baixo com 1:11:321. Felipe Fraga era o quinto com 1:11:449.

Daniel Serra voltava a ficar na bolha com 1:11:473, mas acabou não sendo ameaçado e conseguia se sustentar para ir para o Q3.

ll Q3

No Q3 os 6 carros mais velozes do Q2 avançavam para a segunda fase e cada um tinha apenas uma tentativa para conseguir a pole. Daniel Serra era o primeiro e marcava 1:11:361 e os seus pneus eram os mais conservados entre os seis. Felipe Fraga era o segundo e não conseguia melhorar o tempo obtido por Serra com 1:11:361. Valdeno Brito era o terceiro com 1:11:605.  Marcos Gomes era o quarto piloto a ir para a pista com 1:11:759 e ninguém ainda tinha conseguido superar Serra. Thiago Camilo era o penúltimo piloto a tentar um tempo na fase final e ele conseguia melhorar o tempo se Serra com 1:11:258. Rubens Barrichello era o último piloto e com a decisão da pole veio e Camillo conseguia garantir a primeira pole do ano, já que Barrichello acabou perdendo tempo no primeiro setor e conseguia apenas o quarto tempo.

 

 

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou em mim o interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Fiz da RBR minha casa e meu carro favorito é a Kinky Kylie.

You May Also Like

%d blogueiros gostam disto: