TL1 Brasil – Alexander Albon liderou sessão chuvosa em Interlagos

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

Alexander Albon foi o líder da primeira sessão de treinos livres realizada durante a sexta-feira (15) no Autódromo de Interlagos. O tailandês anotou 1:16:142, mas infelizmente encerrou a sessão com uma batida na curva da junção, quando restavam poucos minutos para o encerramento.

O carro da Red Bull foi parar na barreira de pneus, mas pouco antes Max Verstappen também era visto escorregando na pista, pois ela estava bem molhada, por conta da chuva que tomou conta de São Paulo durante a manhã.

Os pilotos começaram a sessão utilizando os pneus de chuva extrema, realizando apenas voltas de instalação, quando Carlos Sainz foi o primeiro a registrar uma volta cronometrada no circuito.

Valtteri Bottas ficou na segunda posição anotando 1:16:693, acompanhado por Sebastian Vettel e Charles Leclerc da Ferrari. Carlos Sainz foi o quinto, marcando a presença forte da McLaren que ocupou a décima posição com Lando Norris.

Nico Hulkenberg e Daniel Ricciardo foram o sexto e o sétimo colocados, com Pierre Gasly em oitavo, seguido pelo companheiro de equipe, Daniil Kvyat.

Lewis Hamilton assim como Romain Grosjean, Sergio Pérez e Max Verstappen não tiveram tempo aferido no circuito. Alguns pilotos haviam instalado os pneus de pista seca, quando Albon bateu e deu a sessão por encerrada com a bandeira vermelha.

A Fórmula 1 retorna às 15h, pelo horário de Brasília para a realização do segundo treino livre.

lll Saiba como foi o primeiro treino livre

A chuva abriu a primeira sessão marcada por 17°C no ambiente e 21°C na pista. Os pilotos que se aventuraram a deixar os boxes como Vettel, Raikkonen, Giovinazzi e Gasly apenas registravam voltas de instalação.

Foi assim por quase meia hora, quando Carlos Sainz munido com os pneus de chuva extrema, exitou o pit-lane e abriu a primeira volta em Interlagos, anotando 1:23:689. Aos poucos a chuva foi diminuindo a sua intensidade e os pilotos passavam a acompanhar o piloto da McLaren com tempos aferidos.

Charles Leclerc pouco depois anotou 1:21:259, enquanto Lewis Hamilton também deixa os boxes da equipe, apenas para a volta de instalação. Não demorou muito para que os primeiros pilotos aparecessem com os pneus intermediários e Leclerc pode melhorar o seu tempo para 1:17:285; enquanto ainda existiam pilotos mais conservadores como Sebastian Vettel que preferiam não se arriscar e passavam a terceira posição com 1:22:490, com os pneus de faixa azul.

Rapidamente as equipes optavam pelos pneus intermediários e os tempos começaram a cair, Vettel foi o segundo com 1:17:744, com Hulkenberg na terceira posição, acompanhado de Norris e Magnussen.

Durante a terceira volta do composto, Valtteri Bottas passou para a primeira posição, com 1:16:693, restando pouco mais de 24 minutos para o encerramento da sessão.

Com o treino se encaminhando para os minutos finais os pilotos queriam aproveitar os últimos cinco minutos com os compostos de pista seca, mas foi assim que Alexander Albon acabou estampando o carro da Toro Rosso no muro, após anotar 1:16:142 com os pneus intermediários e partir para os de faixa vermelha. A bandeira vermelha foi acionada para a remoção do carro.

Nicholas Latifi era visto na Williams, ocupando o lugar de Robert Kubica, mas não teve a chance de explorar muito o carro. Já Romain Grosjean da Haas, Sérgio Pérez da Racing Point, Max Verstappen da Red Bull e Lewis Hamilton da Mercedes, não tiveram nenhuma marca aferida.

 

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!