Segundo dia de testes coletivos na Hungria🇭🇺

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

Nesta quarta-feira (02) tivemos o último dia de testes realizados no circuito de Hungaroring e era possível notarmos algumas mudanças, Vettel após vencer a corrida no domingo voltou ao carro da Ferrari, sendo o mais veloz nos testes da manhã ao marcar 1:17:124 e permaneceu invicto no topo da tabela na segunda fase de testes que foram realizadas a tarde.

Um nome que chamou a atenção tanto pela sua estreia, quanto pela sua performance foi Lando Norris, o piloto da McLaren ficou em segundo, somente atrás de Vettel e completou 91 voltas no final do dia, uma ótima quilometragem para a equipe.

Robert Kubica também chamou a atenção, mas este já conhecemos a muito tempo. O polonês terminou em quarto e disse que não estava 100% contente com o resultado, mas a insatisfação vinha mais por não conseguir ter total domínio com o carro novo, do que alguma relação com o braço que foi danificado depois do acidente em uma prova de rally em 2011. Pela FIA o piloto está apto para voltar para as pistas, resta saber se a Renault está disposta a colocar o polonês sobre o comando de um dos seus carros de forma efetiva, mas ele com certeza está disposto a encarar o desafio.

O segundo dia de testes serviu para algumas equipes testarem peças novas nos seus carros. Além de tudo a Mercedes também testou o novo formato do Halo, que tem um design que facilita a visibilidade do piloto na pista. Esses dois dias de teste também ajudam as equipes a usarem os seus ”pupilos” que estão em outras categorias e que podem vir para a Formula 1 muito em breve.

ll Confira agora como foram os testes da manhã e tarde na Hungria:

ll Manhã

Como de praxe a temperatura no circuito já começava alta, ultrapassando os 30°C, para fazer jus aos demais dias em que a Fórmula 1 estava em território húngaro. Os olhos se voltaram para a Renault, já que Robert Kubica voltaria a guiar um carro de F1, mas não só isso, o modelo de 2017, já que o piloto havia dado o primeiro passo com um modelo de 2012 e a questão era, será que o mesmo aguentaria um treino pesado? Kubica não queria pena e esperava que a equipe exigisse dele o máximo, e a preocupação era conseguir entregar os resultados esperados.

Mais uma cara nova apareceu neste segundo teste, chamado pela McLaren, Lando Norris assumiu o lugar de Stoffel Vandoorne e o piloto que corre pela GP3. Luca Ghiotto e Nobuharu Matsushita, ambos da Fórmula 2, também fizeram parte das atividades guiando os carros da Williams e Sauber. No lugar de Max Verstappen, Pierre Gasly conduziu a Red Bull. Já na Mercedes, George Russell foi mantido, assim como Santino Ferruci pela Haas, Lucas Auer pela manhã e Nikita Mazepin, à tarde pela Force India. A Ferrari investia nos seus dois pilotos titulares.

Assim que a pista foi liberada para o início das atividades, Kubica foi para a pista, seguido por Santino Ferrucci, Nobuharu Matsushita e Pierre Gasly para uma volta de intalação.

Vettel era o primeiro piloto da Ferrari a ir para a pista e marcava 1:19:328, o alemão começava no comando do cavalo rampante. Lando Norris fazia a sua estreia com o modelo MCL32.

Com um pouco mais de meia hora de sessão e depois de Kubica ter passado alguns minutos dentro do boxes, ele era liberado novamente e já dava três voltas no circuito de Hungaroring. Ao sair com o carro da Renault, acabava derrubando a placa que identificava o boxes como sendo de Nico Hulkenberg, se fosse a com o nome de Jolyon Palmer, o frenesi da imprensa seria ainda maior. Já chegou quebrando tudo.

Carlos Sainz também fora para a pista com a Toro Rosso e passaria o comando do carro para Daniil Kvyat à tarde, e o espanhol marcava 1:21:816, mais pouco tempo depois era superado por seis décimos, obtidos por Ghiotto com a Williams.

Russell também não se demorou e era possível ver no seu carro um novo modelo de Halo instalado, a FIA testava um novo design que pudesse fornecer mais visibilidade para o piloto.

Com um pouco mais de quarenta minutos Santino Ferrucci, na Haas era o quarto com 1:22:554 e Pierre Gasly vinha logo em seguida com 1:23:061. Vettel recolhia o carro depois de sete voltas.

Kubica seguia na pista a sua primeira volta cronometrada era 1:24:299 mas melhorava para 1:23:383 e logo depois 1:22:701.

Com uma hora de teste já concluída Vettel voltava para a pista e já abaixava o seu tempo para 1:17:646. Kubica era sexto com 1:22:130. A Red Bull tinha uma manhã melhor do que a do dia anterior, depois de enfrentar um problema no MGU-K e ficar estagnada, hoje Gasly marcava 13 voltas e 1:21:153.

Mas o alemão da Ferrari seguia na pista reduzindo o seu tempo e já tinha 1:17:498, a equipe aproveitava para testar novas partes instaladas no SF70-H, incluindo um difusor, que podem fazer a diferença na volta das férias, com o andamento da competição.

Com quase uma hora e vinte minutos de sessão, Lando Norris encaixava o terceiro tempo com 1:20:279 com os compostos supermacios e Kubica voltava para os boxes depois de completar 12 voltas na pista.

Vinte minutos depois, Vettel melhorava ainda mais o seu tempo e marcava 1:17:124 e Lando Norris aparecia em segundo com 1:19:556, mas continuaria melhorando, nas três voltas consecutivas e no final teria 1:19:157, também com pneus supermacios.

Com quase duas horas concluídas, Nobuharu Matsushita que corre pela F2 e estava testando para a Sauber já tinha doze voltas completadas e o tempo de 1:23:133. Já Kubica iniciava um novo stint, comuma marca de 30 voltas. Russell continuava surpreendendo na Mercedes, ao completar 100 voltas ontem no final do dia, com duas horas no treino de hoje, tinha 26.

ll Com quase 90 minutos para o intervalo do meio do dia a classificação era:
1) Sebastian Vettel, Ferrari, 1:17:124, 40 voltas
2) Lando Norris, McLaren, 1:19:145, 26 voltas
3) George Russell, Mercedes, 1:19:499; 33 voltas
4) Robert Kubica, Renault, 1:19:681, 41 voltas
5) Lucas Auer, Force India, 1:19:693, 29 voltas
6) Carlos Sainz, Toro Rosso, 1:20:055, 49 voltas
7) Pierre Gasly, Red Bull 1:20:337, 32 voltas
8) Luca Ghiotto, Williams, 1:20:643, 46 voltas
9) Santino Ferrucci, Haas, 1:21:235; 42 voltas
10) Nobuharu Matsushita, Sauber, 1:23:133, 16 voltas

Três horas de sessão e Lando Norris melhorava ainda mais e tinha 1:18:564. Vettel encerrava as suas atividades e Kimi Raikkonen assumia o comando da Ferrari, pulando para segundo e ficando atrás do tempo obtido pelo companheiro de equipe. Mas Norris seguia dando show e tomava a posição do finlandês após obter 1:18:539 e Lucas Auer da Force India subia para quarto.

Os minutos e na verdade os segundos finais do teste da manhã revelariam duas surpresas, a primeira Norris melhoraria ainda mais o tempo se mantendo em segundo e marcando 1:17:894 e o mesmo piloto causaria uma bandeira final nos 20 segundos restantes para o término da sessão, encostando a sua McLaren na pista.

ll Tarde

Kvyat assumia o comando do carro da Toro Rosso antes do almoço, mas ainda não tinha voltas registradas. Mesmo com a pista liberada os pilotos demoraram um pouco para aparecer e Kubica era o primeiro a deixar os boxes. Gasly também retornava para as atividades e somava 72 voltas na pista, sozinho com a Red Bull já obtinha um resultado superior ao de muitas outras equipes.

Com quase quarenta minutos de sessão, a Ferrari seguia nos boxes. Norris voltou para a pista, conservando o seu segundo lugar obtido no treino da manhã e assim como Russell da Mercedes a sua atividade principal foi aumentar a quilometragem da equipe.

Beirando a primeira hora da tarde, Kimi Raikkonen era liberado, o finlandês seguiria em busca de melhorar as suas voltas, pois os primeiros tempos ainda eram altos.

Robert Kubica escalava a tabela aos poucos, primeiro andando a 1:19 e ficando com o sexto lugar, e pouco depois já obtia o quarto tempo com 1:18:952. Kimi Raikkonen seguia na pista virando 1:22, mas o finlandês estava com os pneus macios e encontrava um pouco de trânsito na seu caminho.

Lando Norris chegou a beirar o tempo obtido na manhã, mas ainda não conseguia bate-lo. Já Santino Ferrucci atingia as 100 voltas no circuito de Hungaroring, seguido por Kubica, Ghiotto e Matsushita.

Com duas horas sessão Kubica pulava para quarto ao obter 1:18:572 com os compostos ultramacios. Quinze minutos depois era a vez de Raikkonen quebrar a barreira do 1:18 e marcar 1:17:842, ficando com o terceiro lugar.

O tão comentado estreante da McLaren, colocava os compostos ultramacios e marcava 1:17:385, ficando atrás de Vettel por 0s261, tempo que foi obtido pelo alemão de pneus supermacios. Não tinha como saber com quanto combustível os carros andaram enquanto obtinham essas marcas, mas já era um grande feito para o carro da McLaren.

ll Na meia hora final os resultados eram:

1) Sebastian Vettel, Ferrari, 1:17:124, 40 voltas, pneus supermacios;

2) Lando Norris, McLaren, 1:17:385, 87 voltas, pneus ultramacios

3) Kimi Raikkonen, Ferrari, 1:17:842, 55 voltas,

4) Robert Kubica, Renault, 1: 18:572, 138 voltas, pneus ultramacios

5) Carlos Sainz, Toro Rosso, 1:18:850, 68 voltas

6) Daniil Kvyat, Toro Rosso, 1:19:116, 53 voltas;

7) Lucas Auer, Force India, 1:19:242, 49 voltas;

8) George Russell, Mercedes, 1:19:391, 84 voltas;

9) Nikita Mazepin, Force India, 1:19:692, 44 voltas;

10) Pierre Gasly, Red Bull, 1:20:337, 102 voltas;

11) Luca Ghiotto, Williams, 1:20:414, 157 voltas;

12) Santino Ferrucci, Haas, 1:20:994; 112 voltas;

13) Nobuharu Matsushita, Sauber, 1:21:998, 116 voltas.

Com 25 minutos para o termino a segunda bandeira vermelha do dia era acionada por Kvyat que enfrentava problemas mecânicos e parava o carro na pista. A sessão foi retomada 10 minutos depois, mas não demorou muito para mais uma bandeira vermelha aparecer, desta vez ocasionada por George Russell e mesmo com um tempo ainda restante no cronometro a sessão foi encerrada, acabando assim os testes na Hungria.

Texto realizado com informações retiradas da live da SkySports.

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou em mim o interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Fiz da RBR minha casa e meu carro favorito é a Kinky Kylie.

You May Also Like

%d blogueiros gostam disto: