ColunistasFórmula 1Post

Pérez segue confiante e lidera TL1 no Azerbaijão

A Fórmula 1 retorna neste fim de semana no Azerbaijão. O TL1 realizado nesta sexta-feira (10) ficou marcado pela liderança de Sergio Pérez, o mexicano está vivendo uma boa fase na Red Bull e após vencer em Mônaco, chega em Baku com muita confiança. O time austríaco trabalhou principalmente com os pneus médios e macios.

Max Verstappen reclamou bastante de alguns problemas com o carro, principalmente com a instabilidade provocada em decorrência do vento, mas o piloto holandês conseguiu a terceira posição depois de liderar boa parte da atividade. Outro ponto de instabilidade é com o comportamento do DRS. Charles Leclerc ficou entre os pilotos da Red Bull, registrando o segundo melhor tempo, enquanto mexicano aferiu 1m45s476, o monegasco registrou 1m45s603, ficando separado por 0s127.

Os pilotos avaliaram o comportamento dos pneus, a pista foi evoluindo conforme o emborrachamento era construído, mas as marcas têm potencial para reduzir ainda mais.

Carlos Sainz ficou com o quarto lugar. Fernando Alonso foi um destaque na atividade, pois seguiu melhorando o seu desempenho e fechou a atividade para ficar com o quinto lugar. Lewis Hamilton foi o sexto, demonstrando que o carro da equipe alemã ainda está enfrentando muitos problemas com os saltos.

Yuki Tsunoda foi o sétimo colocado com a AlphaTauri, seguido por George Russell que obteve a oitava posição. Pierre Gasly foi o nono com o segundo carro da equipe italiana, acompanhado por Esteban Ocon da Apine.

Saiba como foi o TL1 no Azerbaijão

Alguns times apresentaram modificações para os seus carros, como foi o caso da Alpine que apareceu com um novo sidepods para o seu A522. Nesta primeira sessão os times realizariam algumas avaliações das suas novidades, mas a atividade também necessitava de uma atenção um pouco maior, pois a largada acontecerá no mesmo horário. O TL2 será realizado no mesmo horário da classificação, tudo para evitar conflito com o momento da chegada das 24 Horas de Le Mans.

Quando os carros foram liberados a pista estava com a temperatura na casa dos 44°C, com 26°C no ambiente. Valtteri Bottas abriu a tabela de tempos com 1m54s677, usando os pneus médios. Na pista apenas a dupla da Aston Martin estava trabalhando com os pneus macios (C4), enquanto os pilotos da Ferrari usavam os compostos duros (C3).

Rapidamente Charles Leclerc anotou 1m51s632, mas instantes depois Max Verstappen saltou para a ponta com 1m48s574, seguido por Pérez que tinha 1m49s493. As marcas estavam bem altas, mas seguiam em processo de redução. Lance Stroll tocou no muro de proteção, mas tentava evitar problemas para o seus equipamentos.

Com cerca de dez minutos de atividade, Schumacher provocou a ativação do Virtual Safety Car, o carro começou a vazar água do radiador e precisou encostar o carro na curva treze. Como a remoção foi realizada de volta rápida, os pilotos conseguiram acelerar na sequência. Desta vez não fora culpa do piloto alemão, mas Schumacher fora alertado sobre os seus gastos depois dos acidentes que sofreu neste início de temporada. Era um atividade importante para ele andar, principalmente para se acostumar com esse tipo de carro em um circuito muito complexo.

Os carros estavam saltando constantemente, o efeito do porpoising era sentido por grande parte do traçado por conta das longas retas. Mercedes e Ferrari davam a impressão de que eram os carros que mais estavam pulando nesta pista. Outro problema era relacionado ao vento que estava atrapalhando o desempenho dos carros.

Cerca de dezoito minutos depois foi a vez do carro de Nicholas Latifi apresentar problemas nos motores e o piloto da Williams abandonou o FW44 na saída da curva cinco – outro Virtual Safety Car foi ativo. Neste momento da atividade os dez primeiros eram: Verstappen, Leclerc, Pérez, Alonso, Sainz, Gasly, Hamilton, Tsunoda, Magnussen e Ricciardo.

Verstappen estava avaliando a asa traseira, a equipe tinha espalhado um pouco de flow-vis na peça. A pista ficou mais vazia com a passagem dos pilotos pelos boxes para uma nova preparação, antes de retornar ao circuito.

Com a conclusão da primeira meia hora de atividade, alguns pilotos estavam avaliando os pneus macios (C5). Magnussen tinha saltado para a sétima posição, anotando 1m48s337, enquanto Albon era o nono colocado com 1m48s419, os dois competidores também trabalhavam com os compostos de faixa vermelha.

Na sequência Verstappen registrou 1m45s810, permanecendo na liderança da tabela de tempos. O DRS da Red Bull chamava a atenção, principalmente por balançar bastante quando era aberto, em uma forma de instabilidade, enquanto nos outros carros o comportamento era normal. Pérez que também estava usando os pneus macios registrou 1m45s476, superando o holandês por 0s0334, para ficar com a ponta.

Leclerc também melhorou a sua marca, o monegasco registrou 1m45s824, mas permanecia atrás da dupla da Red Bull. Restanto cerca de treze minutos para o encerramento da sessão, os dez primeiros eram: Pérez, Verstappen, Leclerc, Sainz, Gasly, Hamilton, Alonso, Tsunoda, Russell e Norris.

Nos últimos minutos de atividade alguns pilotos ainda estavam tentando melhorar os seus tempos, enquanto outros competidores avaliavam a durabilidade dos compostos. Alonso melhorou a sua marca para 1m46s707, com Ocon ocupando a décima posição com 1m46s917. A diferença entre os dez primeiros era pequena, mas o grid ainda estava bem variado. A McLaren mais uma vez ficou abaixo do top-10.

O cronômetro estava zerado, mas Verstappen perdeu a traseira do carro e quase bateu na barreira de proteção. Entre as atividades a Red Bull verificaria o carro para tentar solucionar o problema. Pérez encerrou a atividade na liderança, acompanhado por Leclerc que superou o tempo de Verstappen.

Os pilotos ainda realizaram os testes de largada, antes de retornar aos boxes e dar o TL1 como encerrado.

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Adblock detectado

O BP É UM PORTAL INDEPENDENTE E OS ANÚNCIOS AJUDAM NA NOSSA MANUTENÇÃO, SE POSSÍVEL DESABILITE O SEU BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS!!!