ColunistasFórmula 1Post

McLaren não fornecerá mais atualizações importantes para o MCL36

A McLaren optou por não fornecer maiores atualizações para o MCL36, o carro da equipe ainda receberá novas peças até o final do ano, mas agora elas serão mais utilizadas para as adequações as próximas pistas e também com o objetivo de desbloquear o desempenho desse pacote que já está sendo usado.

Atualmente a McLaren ocupa a quarta posição do Campeonato de Construtores, contando com 65 pontos, mas está sendo ameaçada diretamente por Alpine e Alfa Romeo, times que contam com 57 e 51 pontos, respetivamente. O desempenho do MCL36 não é parecido com o W13 da Mercedes, o time alemão ainda consegue de alguma forma se manter de forma mais consistente no meio do pelotão, enquanto a McLaren vive experimentando um sobe e desce no grid.

A McLaren fará apenas pequenas atualizações no MCL36 até o final da temporada 2022 – Foto: reprodução

Com nove corridas, a McLaren ficou fora da zona de pontuação em três delas, mas também conta com o pódio de Lando Norris conquistado em Ímola. Após a realização do GP do Canadá onde a equipe ficou fora dos pontos e Norris enfrentou problemas com o motor do carro, o britânico reafirmou que os bons dias da McLaren em pista não são um reflexo do real desempenho do MCL36.

LEIA MAIS: A Mercedes ainda não desistiu do campeonato e é possível desenvolver o projeto

“Talvez, às vezes, as coisas pareçam ótimas, mas nunca é um ritmo realmente genuíno. Contamos com um pouco de sorte às vezes. Uma dia como esse [GP do Canadá], quando é mais simples e você não tem a sorte do seu lado, isso mostra onde realmente estamos”, disse Norris.

Como já relatamos, a implementação de novas peças nem sempre significa a melhora do desempenho e ritmo do carro, os times ainda estão tentando compreender o comportamento desses novos carros. Quando novas peças são instaladas é necessário realizar um período de verificação para compreender se elas realmente vão cumprir o papel de melhorar o equipamento, como é esperado. Se muitas peças são introduzidas ao mesmo tempo, problemas podem aparecer e fica um pouco mais complicado identificar o que está acontecendo, para qual lado essas atualizações levaram o time.

Nesta temporada os times estão realmente focados em trabalhar as configurações e com esses ajustes melhorar a sua performance. “O principal neste momento é tentar desbloquear mais desempenho do pacote que temos. E então precisamos ver quais pequenas mudanças no carro virão ao longo da temporada”, disse o chefe de equipe da McLaren, Andreas Seidl.

LEIA MAIS: Raio-X do GP do Canadá – Verstappen conquista vitória e Mercedes volta a sonhar
O MCL36 é um carro complicado, mas o time ainda acredita que é possível ter uma performance melhor em algumas pistas desta temporada e também desbloquear todo o potencial desse projeto – Foto: reprodução McLaren

A McLaren precisou superar os problemas com o freio que apareceram na pré-temporada, para depois se concentrar no potencial do MCL36. Na Espanha o time introduziu um novo pacote de atualizações, onde Lando Norris conseguiu pontos mais uma vez.

Outro grande vilão da temporada da McLaren tem sido os seus próprios erros, o time errar estratégia e os seus tempos de ação no pit-stop não são os melhores, comprometendo em vários momentos o resultado dos seus pilotos.

Também não é possível fechar os olhos para o teto orçamentário, a McLaren mencionou várias vezes os problemas para se manter dentro da faixa estipulada para essa temporada. Os times estão lidando com a inflação crescente e os fretes extremamente caros. A McLaren gostaria de desenvolver o carro um pouco mais, mas essa não é mais a Fórmula 1 que tolera os gastos exacerbados que algumas equipes tinham no passado.

LEIA MAIS: Haas planeja implementar grande pacote de atualizações no GP da Hungria

“Vamos puxar o freio de mão em termos de novos desenvolvimentos. Você realmente precisa ter muito cuidado com a forma como usa o seu tempo no túnel de vento” disse Seidl.

“Com este carro demos um bom passo à frente em termos de algumas das fraquezas que tivemos no ano passado. Ao mesmo tempo, provavelmente também por conta desses novos carros ainda serem tão novos, ainda vemos grandes oscilações entre todos os carros diferentes com os quais estamos lutando de pista para pista, onde você está em um fim de semana como terceira ou quarta equipa mais rápida e no próximo fim de semana você está de repente na classificação no posto de sétima equipe mais rápida”, seguiu o chefe de equipe da McLaren.

“Se você olhar para nós, acho que a temporada até agora é definitivamente um pouco de altos e baixos.”

Escute o nosso Podcast sobre o GP do Canadá com o piloto da Stock Car Gustavo Frigotto!

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Adblock detectado

O BP É UM PORTAL INDEPENDENTE E OS ANÚNCIOS AJUDAM NA NOSSA MANUTENÇÃO, SE POSSÍVEL DESABILITE O SEU BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS!!!