ColunistasFórmula 1Post

Hamilton espera que o campeonato não seja definido por uma batida

A disputa do campeonato 2021 da Fórmula 1 certamente empolgou muita gente, dois pilotos brigando ponto por ponto, uma disputa que ainda está ativa mesmo quando restam apenas cinco corridas para o final da temporada.

E é por estarmos nesta reta final, que surgem questionamentos, Lewis Hamilton e Max Verstappen vão se tocar mais uma vez na pista? Qual será o procedimento adotado se chegarmos na última corrida do ano com poucos pontos separando os dois pilotos.

O chefe de equipe da Mercedes, Toto Wolff, concedeu uma entrevista no início da semana ao Daily Mail, depois de falar sobre algumas questões do campeonato, mas também sobre Hamilton, o austríaco acredita que poderemos ver uma nova disputa Senna-Prost para a decisão do título. Wolff acredita nisso, pois nenhum dos pilotos deve abrir mão da luta até o final.

“Se chegarmos à última corrida em Abu Dhabi e eles ainda estiverem disputando entre si o título, quem estiver na frente com certeza vai tentar fazer o mesmo que nos anos Senna-Prost,” admite Wolff.

“O que aconteceu em Monza? Verstappen eliminou Lewis porque ele estava prestes a ultrapassar e estava mais rápido. E isso é totalmente compreensível. Se você está competindo pelo campeonato e vê que ele está escapando porque o outro cara está ultrapassando você, que ferramenta você tem além daquela que garante que ele não possa ultrapassá-lo? Já vimos isso com Schumacher e Villeneuve, vimos com Senna e Prost duas vezes”, completou Wolff.

Nova batida entre Senna e Prost em mais uma disputa pelo título, dessa vez em 1990. Com os dois pilotos fora da corrida, o campeonato ficou nas mãos de Senna. Foto: reprodução

Nesta temporada já vimos alguns embates entre Lewis Hamilton e Max Verstappen, o inglês tirou o pé em alguns momentos, mas em Silverstone, correndo em casa, os dois duelaram nos primeiros metros, mas antes do término da primeira volta, o inglês e o holandês se tocaram. Max foi direto para a barreira de contenção.

O embate que Wolff fala sobre Monza foi aquele onde o holandês e inglês se tocara e os dois pilotos abandonaram a prova, pois foram juntos para a brita – os dois problemas ocorreram no fim de semana da Sprint Qualifying.

E antes das atividades para o México começarem, Lewis Hamilton espera o campeonato de 2021 não seja definido por uma batida, ou que para vencer, seja necessário jogar o carro no adversário.

Os comissários consideraram que Verstappen foi culpado na batida que ocorreu no GP da Itália – Foto: reprodução

“Nós nunca ganhamos um campeonato dessa forma, nunca ganhei um campeonato assim e nunca gostaria de ganhar. Então, da minha perspectiva, do meu ponto de vista, estou aqui para vencer da maneira certa e isso é através de habilidade, determinação e trabalho árduo.”

E o inglês menciona isso, não pensando apenas em um cenário que seja favorável para a Mercedes, mas também espera que a Red Bull não tente definir a vitória desta forma.

“Você sabe como ganhei os meus campeonatos no passado e sempre quero ganhar da maneira correta. Se vamos perdê-lo, também vamos para o lado correto, com dignidade e sabendo que estamos dando o melhor, que fizemos as coisas da maneira certa e trabalhamos o máximo possível.”

Novos embates podem acontecer, na pista, no meio de uma decisão, depois que a viseira está abaixada, tudo pode acontecer. Independente de como esse campeonato for definido, certamente muito vão se lembrar da rivalidade e de tudo o que aconteceu nesta temporada.

No GP da Inglaterra tivemos uma batida entre os dois pilotos, mas Hamilton venceu a prova – Foto: reprodução

“Eu estou aqui há muito tempo. Entendo como é buscar o seu primeiro campeonato, particularmente neste esporte, eu sei as pressões que vêm com isso, então não é nada menos do que eu esperava dele [Max].”

“Além disso, ele ainda é um jovem e vai crescer muito nos próximos anos, o que acho que todos ficarão empolgados em ver, então sim, só tento dar o exemplo porque, como disse, sei muito jovens estão correndo, que estão olhando para o que eu faço e o que eu digo, e isso é importante para mim”, acrescentou Hamilton.

Ganhamos uma grande temporada, independente do resultado que teremos ao final. Verstappen apresentou um salto neste ano, duelou fortemente e teve a oportunidade de analisar um grande rival.

E é compreensível essa ambição de Hamilton, almejar que não tenhamos um campeonato maculado por conta de alguém que jogou mais duro, mas talvez as coisas mudem até Abu Dhabi. A dinâmica com a Sprint Qualifying também está mostrando que os poucos pontos conquistados no sábado, também podem mudar o rumo desta temporada.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Adblock detectado

O BP É UM PORTAL INDEPENDENTE E OS ANÚNCIOS AJUDAM NA NOSSA MANUTENÇÃO, SE POSSÍVEL DESABILITE O SEU BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS!!!