ColunistasFórmula 1Post

Haas deseja reverter o P4 de Magnussen em pontos, principalmente após GP da Austrália

A Haas aproveitou a pista molhada para colocar Kevin Magnussen na quarta posição e conseguir começar a Sprint com os primeiros colocados. O desempenho do time americano melhorou e agora eles podem sonhar com mais pontos, mas a etapa da Austrália não foi fácil. O GP da Emilia-Romagna é a oportunidade perfeita para obter mais alguns pontos para o time americano, principalmente quando o sistema de pontuação da Sprint em 2022 foi alterado.

Magnussen vai começar a prova do sábado de P4, se conseguir conservá-la ou arriscar um pódio, pode obter além dos pontos, uma posição melhor para a largada do domingo. Ímola é uma pista muito técnica e de difícil ultrapassagem, mas a primeira curva não é muito fácil. A corrida deste sábado deve ser realizada em pista seca, mas existe rico de chuva para a corrida do domingo.

“A ultrapassagem não é fácil aqui, mas depende um pouco da largada. Antes de tudo, precisamos proteger a posição em que largamos na primeira curva, mas acho que podemos fazer uma boa corrida. Vamos tentar o nosso melhor porque é importante, agora você pode marcar pontos ou mais pontos por conta da Sprint… até a oitava posição, e obviamente a posição inicial para amanhã é muito importante. Não podemos dizer que não correremos riscos ou nada – assumimos riscos calculados e tentamos fazer o melhor esta tarde”, disse Günther Steiner, chefe de equipe da Haas.

Para a Haas é extremamente importante reverter o P4 de Magnussen na classificação em pontos, principalmente após o resultado do GP da Austrália – Foto: reprodução Haas

A Haas começou a temporada na terceira posição do Campeonato de Construtores, agora é a sétima colocada, contando com 12 pontos, contra os 13 obtidos pela Alfa Romeo, 22 da Alpine e 24 da McLaren.

Durante o Q3, Magnussen escapou do traçado regular e foi parar na brita. O piloto provocou o regime de bandeira vermelha e conseguiu se livrar da brita. Por voltar sem auxílio para os boxes, conseguiu dar continuidade a sua participação na classificação.

LEIA MAIS: Em Ímola, Verstappen supera Leclerc e conquista a pole para a Sprint Race

Steiner falou que Magnussen se manteve calmo, mesmo quando extravasava os limites de pista e isso foi crucial para a sua classificação, essa tranquilidade também mostra que o piloto está seguro da sua posição em pista.

“Acho que cada resultado é importante, mas ter um desempenho como tivemos ontem, isso é bom para a equipe e acho que começamos forte este ano. Na Austrália tivemos uma queda de desempenho, mas conhecíamos o carro, estávamos indo bem. É bom voltar assim, em condições difíceis. Também é bom para Kevin, para a sua confiança e tudo mais, ele fez um trabalho fantástico. Mick estava quase lá. Há um pouco mais por vir também nas próximas corridas”, concluiu Steiner.

Os pilotos que estão no top-10 esperam obter o melhor resultado com a Sprint. Em pista seca podemos ter algumas divergências de desempenho, pois algumas equipes fizeram algumas apostas, principalmente pensando na corrida do domingo, onde a pista pode estar molhada mais uma vez.

Confira o grid de largada da Sprint

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Adblock detectado

O BP É UM PORTAL INDEPENDENTE E OS ANÚNCIOS AJUDAM NA NOSSA MANUTENÇÃO, SE POSSÍVEL DESABILITE O SEU BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS!!!