#DTMBrandHatch – BMW vence uma, mas toma uma surra da Audi!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

llRESUMO DA R1

DTM Brands Hatch R1 Fittipaldi

A primeira bateria não contou com a participação de Pietro Fittipaldi, porque o brasileiro perdeu o controle de seu Audi durante a classificação e acabou batendo na barreira de pneus em alta velocidade, e os mecânicos não conseguiram reconstruir o carro a tempo. Por muito pouco seu companheiro de equipe na WRT, Jonathan Aberdein, também não ficou de fora pelo mesmo motivo. Mas o estrago não foi tanto, e os mecânicos conseguiram reconstruir o carro a tempo de largar de último.

A corrida começou com pista seca, mas bem fria, e com uma possibilidade de chuva. Na verdade, alguns pingos de água foram vistos nas lentes das câmeras durante a corrida, mas nada além disso. E e a corrida seguiu com pista seca até o final.

R1 DiResta Penalty

Paul Di Resta fez uma excelente classificação e conseguiu um P4. Logo na largada, antes mesmo da primeira curva, já assumiu a liderança da corrida. Mas o que poderia ser o grande resultado da Aston Martin na temporada sofreu um duro golpe. A direção de prova colocou a sua largada sob investigação, e na volta 3 anunciou sua punição por jump start, vulgo queima de largada.

No Twitter, a conta oficial do DTM publicou um vídeo da largada por outro ângulo, e se confirmou que o carro se mexeu antes das luzes se apagarem. Paul Di Resta afirmou após a corrida que não queimou a largada, e por um vídeo onboard, deu pra perceber que o piloto não acelerou antes do que devia. Mas, de fato, o carro se moveu antes das luzes se apagarem.

R1 DiResta Green

Paul Di Resta cumpriu a punição ao fazer sua parada de box (+ 5s parado) e perdeu a chance de brigar por um pódio. No último terço da corrida até que estava bem, em um ótimo P8. Mas por algum problema no carro, recolheu para os boxes faltando três voltas para o final, e acabou nem marcando pontos. O único Aston Martin a terminar foi Daniel Juncadella em P10. Ferdinand Habsburg também teve problemas mecânicos, e Jake Dennis foi obliterado por Timo Glock na largada e abandonou em seguida, com a traseira danificada.

R1 Wittmann Rast

O Pole Position Marco Wittmann venceu a R1, e só perdeu a liderança para Paul Di Resta nas primeiras voltas, e durante as rodadas de pitstop. Mas não quer dizer que teve vida fácil. René Rast tirou muitos segundos nas últimas voltas e chegou a apenas +0.374. Nas entrevistas pós corrida, Marco Wittmann admitiu que seus pneus já estavam no limite, e René Rast disse que tentou ser mais conservador após trocar os pneus, e por isso tinha pneus um pouco melhores do que o rival da BMW no final.

R1 Rast Interview

A repórter Verena Wriedt perguntou o motivo de René Rast não ter usado o Push To Pass no final, e a resposta foi simples: “Eu esqueci”.

As últimas voltas poderiam ter sido mais emocionantes, se não fosse por um vacilo de Jamie Green que, após o pit stop de René Rast, errou na primeira curva, espalhou demais e deixou Marco Wittmann, René Rast e Nico Müller passarem de forma fácil. Faltando poucas voltas, Robin Frijns ultrapassou Lovic Duval para terminar em P4. Phillipp Eng ultrapassou Mike Rockenfeller, assumiu a P6, e até tentou conquistar o P5 de Lovic Duval, mas não conseguiu.

Confira o resultado da R1:

llRESUMO DA R2

A R2 já começa com uma estatística interessante: todos os oito carros da Audi se classificaram entre os oito primeiros, dando uma surra na BMW. Pietro Fittipaldi poderia até ficar triste de ser o penúltimo dentre as Audis, mas largar em P7 não foi nada mal. Uma pena que esse resultado não repetiu na corrida. Com uma primeira volta ruim, já estava fora do Top 10 na segunda volta. Durante a prova foi perdendo posições, até que na volta 24 acabou e errando e também foi comprar um lote de brita, assim como Jamie Green na R1. Não ficou claro se ele errou, ou teve algum problema. Na volta seguinte fez sua segunda parada para trocar pneus, e fica a dúvida se houve um furo de pneus ou não, e se foi antes de sair da pista ou depois. Terminou a R2 em último.

R2 Rast Mueller.

Lá na frente as Audis dominavam praticamente a corrida inteira, como René Rast puxando o pelotão. Literalmente. Já que pelo menos metade da corrida, o bonde René Rast, Nico Müller, Robin Frijns e Loic Duval não se desgrudava. E em P5 vinha a melhor BMW, com Phillipp Eng.

R2 Audi

As Audi estavam tão dominantes, que Phillipp Eng, que trocou os pneus na volta 22, e tinha pneus melhores no final, não conseguia ameaçar o quarteto, que tinham parado antes da volta 15. A vitória ficou com René Rast, que resistiu muito bem à pressão de Nico Müller e Robin Frijns. A diferença deste pódio foi de +0.600.

R2 Wittmann Box

Marco Wittmann, que venceu a R1, não fez uma boa classificação, largou em P12 e esteve longe até de sonhar com o pódio. Trocou os pneus na volta 9, andou no fundo do pelotão o tempo todo, e ainda teve que parar de novo na volta 25, já que seus pneus não aguentaram. Terminou com um P10 de gosto bem amargo. Na sua frente terminaram duas Aston Martin, Daniel Juncadella em P8 e Jake Dennis em P9.

R2 Di Resta Box

E Paul Di Resta teve a cereja do bolo de seu final de semana nada perfeito. Ele veio para sua troca de pneus na volta 23, e avisou a equipe que ia entrar. Mas o rádio não funcionou, e não tinha ninguém preparado para recebê-lo na parada. Não se sabe se o rádio que não funcionou, ou ele que esqueceu de apertar o botão. A parte engraçada (para nós) é que os rádios no DTM não são gravado e selecionados para ir ao ar como na F1, são em tempo real. Então pudemos apreciar todos os palavrões ditos em seu momento de fúria.

Confira o resultado da R2:

llASSISTA NO YOUTUBE

Neste ano de 2019, nenhuma emissora no Brasil está transmitindo a categoria. Portanto, o canal oficial do DTM libera todos os vídeos e transmissões ao vivo para o território brasileiro por todas as etapas.

Confira a R1 & R2 da etapa de Brands Hatch:

llOPINIÃO DO COLUNISTA

Brands Hatch não é uma pista curta, mas é estreita. E quase sem pontos para ultrapassagem. Para não dizer nenhum. Na R2, os dez primeiros estavam separados por menos de 8 segundos, e ninguém chegava em ninguém, e nem Nico Müller e nem Robin Frijns conseguiram um ponto para pelo menos tentar ultrapassar René Rast.

R1 Podium

O campeonato vai se desenhando para o bi-campeonato de René Rast. Está empatado com Marco Wittmann no número de vitórias, cada um com quatro. Mas os azares do piloto da BMW estão fazendo a diferença. E a constância de Nico Müller o faz se consolidar cada vez mais como o adversário de René Rast na luta pelo título. Foram quatro pódios nas últimas quatro etapas, com dois P2 e dois P3.

R2 Frijns Interview

Robin Frijns não parecia estar muito contente com seu pódio. Inclusive a repórter Verena Wriedt teve que “forçá-lo” a esboçar um sorriso na hora da entrevista. Muito provavelmente ele acreditava que poderia ter vencido. Se a pista oferecesse um ponto de ultrapassagem para atacar no final, quem sabe.

E eu gostei do Loic Duval nesta etapa. Não apareceu tanto nas transmissões, mas conseguiu seus melhores resultados na temporada, com um P5 e um P4.

llCLASSIFICAÇÃO APÓS BRANDS HATCH

1 René Rast Audi RS5 Turbo DTM 206
2 Nico Müller Audi RS5 Turbo DTM 169
3 Marco Wittmann BMW M4 Turbo DTM 147
4 Philipp ENG BMW M4 Turbo DTM 129
5 Mike Rockenfeller Audi RS5 Turbo DTM 108
6 Robin Frijns Audi RS5 Turbo DTM 93
7 Loïc Duval Audi RS5 Turbo DTM 89
8 Bruno Spengler BMW M4 Turbo DTM 77
9 Jamie Green Audi RS5 Turbo DTM 51
10 Joel Eriksson BMW M4 Turbo DTM 43
11 Jonathan Aberdein Audi RS5 Turbo DTM 37
12 Sheldon Van Der Linde BMW M4 Turbo DTM 36
13 Timo Glock BMW M4 Turbo DTM 33
14 Daniel Juncadella Aston Martin Vantage DTM 22
15 Paul Di Resta Aston Martin Vantage DTM 15
16 Pietro Fittipaldi Audi RS5 Turbo DTM 14
17 Jake Dennis Aston Martin Vantage DTM 12
18 Ferdinand Habsburg Aston Martin Vantage DTM 3
19 Andrea Dovizioso Audi RS5 Turbo DTM 0

llCALENDÁRIO 2019

Etapas concluídas:

04 e 05 de Maio – Hockenheim (Alemanha)

18 e 19 de Maio – Zolder (Bélgica)

08 e 09 de Junho – Misano (Itália)

06 e 07 de Julho – Norisring (Alemanha)

20 e 21 de Julho – Assen (Holanda)

10 e 11 de Agosto – Brands Hatch (Inglaterra)

Etapas restantes:

24 e 25 de Agosto – Lausitzring (Alemanha)

14 e 15 de Setembro – Nürburgring (Alemanha)

05 e 06 de Outubro – Hockenheim (Alemanha)

https://boletimdopaddock.com.br/dtmnorisring-bruno-spengler-se-estabelece-como-mr-norisring/34981

Assinar

BPCast

Ou assine com seu app favorito usando o endereço abaixo

Bruno Shinosaki

Hoje eu não sou apenas um fã de Formula 1, eu me considero sim um grande fã de esporte a motor. Sempre acompanhando e tentando aprender mais. No momento, principalmente pelo site/canal, tenho focado muito em Formula 1, Moto3, Moto2, MotoGP, Superbike, IndyCar e Formula E. Mas sempre atento também a Nascar, StockCar, DTM e outras categorias.