Como foi o teste de novatos da temporada 2019/20 da Fórmula E?

Sharing is caring!

Um dia após Antonio Félix da Costa vencer o ePrix de Marrakesh, os carros da Fórmula E voltaram para a pista, mas com novos pilotos dessa vez, literalmente. Os novatos deste ano tomaram a pista do circuito Moulay El Hassan para mostrarem às equipes que têm potencial e quem sabe conseguir uma vaga no grid da Fórmula E no futuro. 

O mais rápido do teste foi Nick Cassidy, o neozelandês testou pela Virgin e conseguiu o super tempo de 1:16.467. A marca de Cassidy fica ainda mais impressionante quando a comparamos com a que Antonio Felix da Costa conseguiu na Superpole no dia anterior (1:17.158), Nick foi quase 0.7 mais rápido que o português que largou na ponta e venceu o ePrix na cidade Marroquina.

O segundo lugar foi verde e amarelo, Sérgio Sette Câmara ficou 0.4 segundos atrás do primeiro colocado e certamente agradou a Dragon, uma ótima justificativa para quem foi anunciado como piloto de testes da equipe há poucos dias

Filipe Albuquerque completou o “pódio” do teste, o português usou o carro do compatriota titular da Techeetah para chegar à marca de 1:17.092. Albuquerque, que atualmente disputa o WEC pela Rebellion (mesma equipe de Bruno Senna), não pilotava um monoposto desde 2009 e mostrou que lembra direitinho como se faz. 

A Techeetah foi a equipe com o melhor desempenho considerando o resultado dos dois pilotos, Nicolas Lapierre terminou o dia na 4ª posição com o mesmo número de voltas do companheiro, 79. Lapierre foi chamado de última hora para ocupar o lugar de James Rossiter, o britânico teve que substituir Jean-Eric na sexta-feira e perdeu o direito a participar do teste

Quem também teve os dois carros entre os 10 primeiros foi a BMW, a equipe americo-alemã teve Kyle Kirkwood em 5º lugar e Lucas Auer em 8º.

A Venturi figurou no top 10 com Norman Nato, foi com o carro de Felipe Massa que o francês deu o 96 voltas – a maior quantidade entre todos. A diferença entre Nato e Jake Hughes da Mercedes foi de apenas 0.001s, o piloto da equipe alemã fechou o dia na 7ª posição com o tempo de 1:17.303.

Kelvin van der Linde trouxe a Audi para o 8º lugar na tabela de tempos. Pilotando o carro de Daniel Abt, Linde chegou a fazer a volta mais rápida da manhã (1:17.360), mas na parte da tarde caiu para o 8º lugar. O sul africano ainda causou uma bandeira vermelha após rodar e bater na curva 12, mas conseguiu levar o carro para os boxes.

Fechando o top 10, Sacha Fenestraz andou a quase um segundo do tempo de Cassidy, mas ainda na frente de Jamie Chadwick, a outra piloto da Jaguar. A campeã da W Series terminou o teste com o 13º tempo. 

Alice Powell deu 83 voltas e ficou com a 21ª posição. 

O brasileiro Pipo Derani ficou apenas em 16º com a Mahindra. 

Importante ressaltar que, assim como na Fórmula 1, os tempos não são tão importantes quanto o número de voltas. Além da pré-temporada, a Fórmula E não realiza outros testes em pista, apenas em simuladores e o teste de novatos acaba sendo uma oportunidade para as equipes identificarem e corrigirem eventuais problemas nos carros. Assim, o evento é vantajoso para todos os envolvidos.

lll Resultado do Teste de Novatos de Marrakesh 

  1. Nick Cassidy, Envision Virgin Racing – 1:16.467s (74 voltas)
  2. Sérgio Sette Câmara, Geox Dragon – 1:16.930s (84 voltas)
  3. Filipe Albuquerque, DS Techeetah – 1:17.092s (79 voltas)
  4. Nicolas Lapierre, DS Techeetah – 1:17.116s (79 voltas)
  5. Kyle Kirkwood, BMW i Andretti Motorsport – 1:17.272s (78 voltas)
  6. Norman Nato, ROKiT Venturi Racing – 1:17.302s (96 voltas)
  7. Jake Hughes, Mercedes-Benz EQ – 1:17.303s (75 voltas)
  8. Lucas Auer, BMW i Andretti Motorsport – 1:17.327s (86 voltas)
  9. Kelvin van der Linde, Audi Sport ABT Schaeffler – 1:17.360s (84 voltas)
  10. Sacha Fenestraz, Panasonic Jaguar Racing – 1:17.490s (81 voltas)
  11. Daniel Juncadella, Mercedes-Benz EQ – 1:17.594s (94 voltas)
  12. Mattia Drudi, Audi Sport ABT Schaffler – 1:17.703s (81 voltas)
  13. Jamie Chadwick, Panasonic Jaguar Racing – 1:17.721s (89 voltas)
  14. Mitsunori Takaboshi, Nissan e.dams – 1:17.799s (79 voltas)
  15. Thomas Preining, TAG Heuer Porsche – 1:17.904s (80 voltas)
  16. Luis Felipe Derani, Mahindra Racing – 1:17.941s (77 voltas)
  17. Jann Mardenborough, Nissan e.dams – 1:17.942s (68 voltas)
  18. Joel Eriksson, Geox Dragon – 1:18.019s (79 voltas)
  19. Arthur Leclerc, ROKiT Venturi Racing – 1:18.076s (88 voltas)
  20. Sam Dejonghe, Mahindra Racing – 1:18.141s (90 voltas)
  21. Alice Powell, Envision Virgin Racing – 1:18.301s (83 voltas)
  22. Antonio Fuoco, NIO 333 – 1:18.736s (74 voltas)
  23. Daniel Cao, NIO 333 – 1:19.234s (81 voltas)
  24. Frederic Makowiecki, TAG Heuer Porsche – 1:19.374s (86 voltas)

Com informações de FIA Fórmula E e TheRace.com

Cinthia Maria

Cinthia Venâncio comenta zoeiramente a Fórmula 1 desde os sete anos de idade e nas horas vagas é profissional de marketing, fotógrafa, doceira, redatora e revisora. Como todo bom cearense, nunca diz não a um baião de dois com queijo coalho e carne de sol. Aprecia rock do bom, não tem vergonha de dizer que não é fã do Tarantino e sempre é a motorista da rodada. Geralmente esquece o que não deveria

shares
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com