ColunistasDestaquesPost

Com sucesso da 1ª seletiva Girls On Track – Rising Stars, Ferrari estende programa

Nesta quarta-feira (24) a Ferrari anunciou a prorrogação do programa Girls On Track – Rising Stars, por mais duas temporadas, o projeto conta com colaboração da FIA (Federação Internacional do Automobilismo).

O primeiro programa que teve início em 2020, a seletiva contou com vitória da belga Maya Weug, que terá a oportunidade de disputar o campeonato de Fórmula 4 em 2021, além de fazer parte da FDA (Academia de Jovens Pilotos da Ferrari). A seletiva contou com quatro meninas disputando a final e duas delas são brasileiras, Antonella Bassani e Julia Ayoub.

Com o sucesso obtido na primeira edição, eles vão seguir apostando na diversidade. O primeiro acordo que foi estabelecido era para a entrada de duas meninas na Academia, entre 2020-2021. O novo acordo vai dar mais oportunidades e até 2023 o programa terá quatro mulheres na academia de jovens pilotos.

O desenrolar do programa mudou a visão da Ferrari, Weug obteve as melhores marcas de todos os pilotos que já passaram pela academia nas habilidades que foram avaliadas. Nunca uma menina tinha passado por estes testes, algo que além de avaliar de forma adequada também fornece uma nova perspectiva para as mulheres no automobilismo.

A belga de 16 anos vai disputar a F4, mas vai contar também com o apoio da pilota Deborah Mayer e seu projeto, a Iron Dames. A francesa que competiu no Ferrari Challenge e Gran Turismo vai disponibilizar a sua equipe Iron Lynx para a FDA e FIA, que terá os carros destinados para as meninas com o nome Iron Dames.

“Nos últimos meses, após a conclusão da primeira edição do programa “FIA Girls On Track – Rising Stars”, tivemos grande aprovação em todo o mundo. É maravilhoso ver a energia positiva que esta iniciativa gerou e estamos bem cientes da importância de dar continuidade a ela junto com a FIA para que cresça e multiplique as oportunidades para as meninas que querem encontrar um lugar no automobilismo”, disse Laurent Mekies, diretor de corrida da Ferrari.

A Academia da Ferrari vem ganhando destaque com o trabalho que já é realizado com os meninos, Charles Leclerc está na Fórmula 1 defendendo a Ferrari, enquanto Mick Schumacher ganhou o campeonato de 2020 da Fórmula 2 e já está ocupando um assento na Haas. Eles ainda contam com Callum Ilott que é piloto de testes. Na F2 em 2021, o russo Robert Shwartzman e o neozelandês Marcus Armstrong são considerados pilotos fortes no campeonato, podendo trazer outro título para a academia neste ano.

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Adblock detectado

O BP É UM PORTAL INDEPENDENTE E OS ANÚNCIOS AJUDAM NA NOSSA MANUTENÇÃO, SE POSSÍVEL DESABILITE O SEU BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS!!!