Classificação Inglaterra – Valtteri Bottas comemora pole em Silverstone, com Hamilton na segunda posição

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

A prova de classificação levantou muito expectativa, principalmente após os treinos livres, onde cada um deles, foi liderado por um piloto diferente.

O grid de largada para o GP da Inglaterra agora está definido, após ser realizado hoje (13), em Silverstone. O espaço para a definição foi apertado, mas quem sai amanhã do primeiro lugar, é Valtteri Bottas, o finlandês registrou 1:25:093, separado por apenas 0s006 de Lewis Hamilton.

A terceira posição ficou com Charles Leclerc, que também beirou a pole, pois o monegasco em seu último giro, tinha um primeiro setor superior ao de Bottas. O piloto da Ferrari anotou 1:25:172, atrás por 0s079.

Os pilotos da Red Bull, seguem em sua disputa intensa, com Pierre Gasly tentando dar trabalho para Max Verstappen, o francês em alguns momentos chegou a ficar a frente do companheiro. Na definição, o holandês é o quarto colocado, seguido por Gasly.

Sebastian Vettel enfrentou mais uma vez problemas em uma prova de classificação, desta vez com o acionamento da asa móvel, o que resultou no sexto lugar. Além disso ele pode enfrentar problemas na corrida, pois todos os pilotos que vão estar na sua frente, vão largar com os pneus médios, enquanto ele vai ser forçado a usar os compostos macios.

Completando o grid, Daniel Ricciardo e Nico Hulkenberg da Renault, ficaram entre os dez, o australiano em sétimo, com o alemão em décimo. Lando Norris defendeu a McLaren em oitavo, com Alexander Albon da Toro Rosso em nono.

A Fórmula 1, retorna amanhã, às 10h10 pelo horário de Brasília para a realização do GP da Inglaterra 10° etapa do campeonato.

lll Saiba como foi a Classificação

As temperaturas tinham subido um pouco, na pista ela estava em 29°C, com 18°C no ambiente.

 

Assim que a pista foi liberada para a regressiva de 18 minutos, correspondente ao Q1, os pilotos deixaram os boxes, por conta da ameaça de chuva que tinha no circuito. Todos que tinham saído, utilizavam os pneus macios.

Antonio Giovinazzi, abriu a tabela de tempos com 1:27:710, mas rapidamente foi superado por Kimi Raikkonen, que tinha 1:27:501. Grosjean assumiu a ponta momentaneamente com 1:26:753, seguido por Magnussen com 1:27:005.

Sem perder tempo, as equipes completavam as suas primeiras voltas, Carlos Sainz superou os pilotos da Haas, anotando 1:26:689. A estratégia da Ferrari era diferente dos demais, pois eles utilizaram os pneus médios.

A cada giro a pista melhorava, assim como as marcas dos pilotos que seguiam evoluindo. Charles Leclerc conseguiu a ponta ao anotar 1:25:628, em sua primeira volta cronometrada. Lando Norris seguia na segunda posição, com Max Verstappen em terceiro. Sebastian Vettel apontava um problema para a abertura da asa móvel e com isso fechava na quarta posição.

Lewis Hamilton e Valtteri Bottas, foram os últimos a fechar volta. O inglês tomou a liderança da Ferrari com 1:25:513 e o finlandês era visto em terceiro com 1:25:750.

Diferente do que é muito comum nas classificações, onde os pilotos fazem uma volta rápida e já retornam para os boxes, em Silverstone, eles estavam buscando a melhor volta, depois do terceiro giro com o mesmo composto. Max Verstappen, desta forma, passou a terceira posição com 1:25:700, enquanto Bottas não conseguiu evoluir com o composto que utilizava.

Na zona de corte tínhamos: Giovinazzi, Stroll, Pérez, Russell e Kubica.

As posições eram: Hamilton, Leclerc, Verstappen, Bottas, Vettel, Norris, Sainz, Gasly, Ricciardo e Albon.

Antes do cronômetro zerar, Giovinazzi havia subido para décimo, mas fora superado por Kimi Raikkonen com 1:26:428.

Quando o tempo acabou, Pérez havia superado Magnussen, empurrando o piloto da Haas para a décima sexta posição.

lll Eliminados

16) Kevin Magnussen 1:26:662

17) Daniil Kvyat 1:26:721

18) Lance Stroll 1:26:762

19) George Russell 1:27:789

20) Robert Kubica 1:28:257

 

lll Q2

Na pista a umidade estava em 68%.

 

Novamente quando a pista foi liberada, os pilotos mais uma vez saíram rapidamente dos boxes. Hamilton, Bottas, Leclerc e Verstappen estavam com os compostos médios. Sebastian Vettel era o único piloto a demorar mais tempo, para se encaminhar ao circuito.

Charles Leclerc roubou a ponta de Hamilton, após anotar 1:25:646. Bottas era o terceiro colocado. A Red Bull também apostava na utilização dos pneus médios, enquanto Vettel era visto se macios.  Gasly era o quarto colocado, com Verstappen em quinto.

Restando oito minutos para o término do Q2, as posições eram: Leclerc, Bottas, Hamilton, Gasly, Verstappen, Ricciardo, Norris, Vettel, Sainz e Hulkenberg. Destaque para os dois carros da Renault que apareciam avançando para o Q3. Além disso do primeiro ao décimo a diferença era menor que um segundo.

Na zona de eliminação:  Albon, Pérez, Giovinazzi, Raikkonen e Grosjean.

Após uma breve pausa nos boxes, os pilotos começavam a retornar com novos jogos de pneus macios. Os ponteiros também instalaram eles, mas estes apenas para se preparar para a próxima fase da sessão.

Com o cronômetro zerado, Sebastian Vettel fora empurrado para a zona de eliminação, mas conseguia deixar o décimo primeiro lugar, para se tornar o quinto. No entanto os dois carros da Alfa Romeo, assim como Carlos Sainz, Grosjean e Pérez foram eliminados.

lll Eliminados

11) Antonio Giovinazzi 1:26:519

12) Kimi Raikkonen 1:26:546

13) Carlos Sainz 1:26:578

14) Romain Grosjean 1:26:757

15) Sergio Pérez 1:26:928

 

lll Q3

Alexander Albon foi o primeiro a entrar na pista, quando ela foi liberada pela última vez.

A escolha dos compostos para esta última parte da sessão, era dos pneus macios. Valtteri Bottas detinha a pole, após anotar 1:25:093. Hamilton havia cometido um erro na sua volta e marcou 1:25:345. Max Verstappen ocupava a terceira posição, seguido por Leclerc e Gasly. Vettel ficava apenas em sexto, o alemão tinha problema com o acionamento da asa móvel.

Lando Norris e Alexander Albon, levaram mais tempo para serem liberados, pois ambos tinham apenas um jogo de pneus para tentar uma melhor posição.

Restando três minutos para o término, os pilotos deixavam mais uma vez os boxes. Bottas e Hamilton não melhoraram as suas voltas. Leclerc passava a ser o terceiro colocado, superando Verstappen e Gasly. Vettel larda da sexta posição.

 

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!