Barcelona Dia 8 – SF90 tem falha elétrica, mas Vettel fecha último dia de testes na liderança

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

Lewis Hamilton andou forte nesta tarde de sexta-feira (01), conseguindo obter a segunda posição ao registrar 1:16:224, o piloto chegou bem próximo de retirar Sebastian Vettel da liderança. O alemão marcou 1:16:221 com o SF90 nesta manhã, se tornando o piloto mais veloz da pré-temporada de 2019.

Valtteri Bottas perdeu o segundo posto para o companheiro de equipe, mas conseguiu se manter em terceiro, já que a tarde de testes foi mais uma vez dedicada a voltas em ritmo de corrida.

lll Saiba como foi a tarde do oitavo dia de testes em Barcelona

Com a volta após a pausa para o almoço, Hamilton assumiu o comando da Mercedes utilizando os compostos C2 (faixa branca – médio). O inglês realizava long-runs, assim como Robert Kubica e Sergio Pérez. Vettel como líder da manhã, ocupava a pista com Magnussen e Hulkenberg.

Com cerca de 1h30 de sessão já realizada, uma bandeira vermelha provocou uma paralisação na pista, por conta de Sebastian Vettel que ficou parado na curva 2. Uma falha elétrica acometeu o SF90 e a escuderia acabou encerrando as suas atividades pois não teve tempo suficiente para resolver o problema. O alemão havia completado 100 voltas no circuito.

A pista foi liberada rapidamente e logo os pilotos retomaram as suas atividades. Hamilton que passava a utilizar o composto C4 (faixa vermelha – ultramacios), reduziu para 1:17:106 se tornando o sexto colocado.

O inglês realizou mais uma passagem pelos boxes e instalou outro jogo de C4, desta forma conseguindo subir ao terceiro lugar com o 1:16:628. E para finalizar as suas voltas rápidas, Hamilton ainda calçou o C5 no W10, se tonando o segundo colocado com 1:16:224, 0s003 apenas de diferença para Sebastian Vettel.

Com a passagem dos minutos as voltas do período vespertino eram mais lentas e os pilotos mais uma vez testavam a durabilidade dos compostos, adquirindo mais quilometragem. Desta forma Bottas consegui se manter na terceira posição.

Uma bandeira vermelha restando pouco mais de dez minutos para o final, acabou surgindo por conta de Kevin Magnussen que ficava parado na curva 4. A pista voltou a ser liberada e Hamilton, Hulkenberg e Kvyat surgiram mais uma vez, apenas para fechar mais uma volta e encerrar o oitavo dia de testes em Barcelona.

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele espertou em mim o interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Fiz da RBR minha casa e meu carro favorito é a Kinky Kylie.