Barcelona Dia 8 – Mercedes trava duelo com Ferrari, mas Vettel consegue cravar o melhor tempo

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

A Mercedes esperou o último dia da pré-temporada, para travar uma disputa com a Ferrari, pela liderança da sessão. Nesta sexta-feira (1°), as equipes aproveitaram para testar de forma efetiva os pneus C5 (faixa vermelha – hipermacios), desta forma a sessão foi dedicada as voltas de classificação, com os pilotos imprimindo um ritmo forte.

Além de superar Bottas, Vettel conseguiu ser 0s010 mais rápido que Charles Leclerc, que nesta quinta-feira se tornou o mais rápido da pré-temporada. A Ferrari não acompanhou o desempenho dos outros pilotos pois começou com um teste bem particular, mas a medida que a sessão foi avançando, aproveitou para crescer na pista.

O terceiro lugar ficou para Daniil Kvyat, em um bom momento para a Toro Rosso. A McLaren guiada por Carlos Sainz, ficou bem próxima do russo, mais uma vez demostrando a confiabilidade do time. Romain Grosjean da Haas, fechou o top-5, com as surpreendentes 73 voltas completadas apenas nesta manhã.

Ainda que os pilotos tenham fechado várias voltas rápidas, a quilometragem volta a se manter em foco, principalmente pelos números obtidos como o de Grosjean, Bottas com 71 voltas e Vettel com 68.

Saiba como foi a manhã do oitavo dia de testes em Barcelona

Para o último dia de testes da pré-temporada, Mercedes, Renault e Haas dividiram por mais uma vez os seus testes entre os dois pilotos titulares.

As atividades assim que tiveram início, foram utilizadas para as voltas de instalação, exceto para a Mercedes que viu a oportunidade de seguir por mais alguns giros e desta forma Bottas abria a tabela de tempos, na casa de 1:22. O finlandês estava com os compostos C3 (faixa amarela – macios) instalado.

Minutos depois iniciando as suas voltas rápidas, Vettel e Raikkonen já haviam conseguido superar Bottas e logo o alemão da Ferrari registrou 1:19:775, com Grosjean reduzindo para 1:19:069.

Por algum tempo, Bottas e Grosjean revezaram a liderança da tabela de tempos, mas isso foi até Carlos Sainz com a McLaren anotar 1:17:955, utilizando os compostos C3.

Max Verstappen, era o oposto dos pilotos que estavam buscando voltas rápidas. O holandês tinha a missão de retornar com o RB15 para a pista, após a batida de Pierre Gasly na tarde anterior. Desta forma o time passou a madrugada reconstruindo o carro para conseguirem participar do último dia de testes.

Depois de uma garantia de que tudo estava funcionando na Red Bull, Verstappen passou a trabalhar em ritmo de classificação. Com o C3 instalado ele anotava 1:19:554 e Bottas passava a realizar um novo stint.

Após a conclusão da primeira hora de sessão, Sainz melhorava o seu tempo para 1:17:495 e era seguido por Grosjean, Kvyat e Vettel.

A Williams seguia as suas atividades e em sua asa traseira era possível algo diferente, que não remetia a uma nova atualização testada pela equipe. O FW42 tinha o nome de todas as pessoas que ajudaram e estiveram envolvidas de alguma forma, para colocar o carro da equipe de Grove na pista, esta foi uma mensagem pelo esforço e dedicação. Sem dúvidas a equipe está vivendo um dos momentos mais complicados, com a certeza de que as coisas não estão bem e dificilmente conseguem projetar um bom futuro rapidamente.

Com uma variação de C4 (faixa vermelha ultramacios) e C5 (faixa vermelha – hipermacios) os tempos entraram em queda. Os pilotos já haviam provado um dia antes que a marca de 1m16s baixo era possível e começaram a rodar cada vez mais rápido no circuito catalão.

Quando Bottas instalou o C5, logo anotou 1:16:591 e Sebastian Vettel que alguns instantes antes estava se mantendo em um ritmo mais lento, foi parar na terceira posição com 1:16:352.

Foi na última meia hora antes do almoço que Vettel anotou 1:16:221, conseguindo bater a melhor marca que fora estabelecida por Charles Leclerc nesta quinta-feira.

A sessão foi finalizada em regime de bandeira vermelha, por conta de Kimi Raikkonen que ficou parado na curva 2 e o carro precisou ser removido.

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele espertou em mim o interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Fiz da RBR minha casa e meu carro favorito é a Kinky Kylie.