Abu Dhabi TL1 – Valtteri Bottas domina sessão e Sebastian Vettel acaba batendo nos últimos minutos

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

A Fórmula 1 chega ao seu último final de semana com atividades do ano e durante o primeiro treino realizado nesta sexta-feira (29) em Abu Dhabi, Valtteri Bottas fechou como líder da sessão ao registrar 1:36:957. Max Verstappen apareceu na segunda posição, separado por 0s535, seguido por Lewis Hamilton, que tinha o número 1 estampado no carro.

Alexander Albon com o segundo carro da Red Bull foi o quarto colocado, com Sebastian Vettel em quinto, o alemão rodou ao final da sessão, no último setor do circuito de Yas Marina e acabou batendo no muro de contenção.

Romain Grosjean foi o sexto colocado com a Haas, seguido por Charles Leclerc. Kevin Magnussen, Antonio Giovinazzi com a Alfa Romeo e Nico Hulkenberg completaram a tabela dos dez melhores.

lll Saiba como foi o Primeiro Treino Livre em Abu Dhabi

A temperatura na pista estava na casa dos 36°C, com 26°C no ambiente, antes dos primeiros carros começarem a rodar no circuito, para realizar as suas voltas de instalação com grades de aferição aerodinâmica, instaladas em seus carros. Sebastian Vettel e Charles Leclerc foram os primeiros a anotar volta no circuito, o monegasco registrou 1:40:298, enquanto Vettel rodava acima dos dois segundos, ambos utilizando os pneus macios.

Não demorou muito para que Valtteri Botas aferisse o seu primeiro resultado no circuito, anotando 1:38:053 e desta forma se tornava o líder da sessão. Enquanto o finlandês da Mercedes anotou 1:37:975, Max Verstappen passou para a segunda posição, com 1:39:175, após superar Alexander Albon que tinha 1:39:926.

Com meia hora de sessão realizada, as posições eram: Bottas, Verstappen, Hamilton, Vettel, Leclerc, Albon, Hulkenberg, Pérez, Stroll e Magnussen. O finlandês da Mercedes liderava com 1:37:939, com o holandês separado por 0s557.

Hamilton veio logo depois, desafiando o companheiro de equipe com 1:37:591, saltando a ponta com um composto de sete voltas. Um pouco atrás, Stroll e Pérez passavam a disputar a oitava posição, com o canadense em um melhor resultado 1:39:864, seguido por Pérez com 1:39:901.

Ainda não satisfeito, Bottas retornou mais uma vez a ponta com 1:36:957 estabelecido com os pneus médios, enquanto Hamilton reclamava de falta de potência em seu carro. Alguns pilotos se prepararam mais uma vez, para deixar os boxes utilizando uma nova goma, a Red Bull seguia utilizando os compostos macios, mas Hamilton era visto com os médios. Desta forma Verstappen passou a ser o segundo colocado com 1:37:492, seguido por Hamilton e Albon que havia superado a dupla da Ferrari. Antonio Giovinazzi subia para a nona posição com 1:39:423, enquanto Raikkonen era visto deixando os boxes com novos pneus médios. 

Foi quando alguns pilotos retornavam para o circuito com novos compostos, que a primeira bandeira vermelha foi acionada, Daniel Ricciardo enfrentou problemas com o motor e foi encostando na área de escape, mas o carro precisou ser recolhido. Pierre Gasly que estava logo atrás, teve o capacete lavado por óleo que saiu pelo motor do carro do australiano.

 

Quando a sessão foi retomada, aqueles que haviam instalado os pneus médios ou duros, seguiram realizando os seus testes, até que por fim Sebastian Vettel bateu no muro de proteção ao perder a traseira do carro, danificando a suspensão traseira esquerda do carro número 5.

Desta forma a sessão se encerrou em regime de bandeira vermelha, com Bottas na liderança, seguido por Verstappen e Hamilton.

 

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!