#USGP- @LewisHamilton Vence, mais não foi o suficiente!!!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

| Débora Santos Almeida – publicado em 25/10/2016 às 13:00

Largando como pole position, Lewis Hamilton teve um final de semana tranquilo, soube administrar a corrida do começo ao fim. Completou 50ª vitória e agora encontra-se somente atrás de Alain Prost com 51 vitorias e Michael Schumacher com 91. Nico Rosberg foi surpreendido na largada quando perdeu a segunda posição para o australiano Daniel Ricciardo, mas conseguiu recuperar a posição durante o pit stop que fez quando o safety-car virtual estava ativo depois do abandono de Max Verstappen.  
Com a dobradinha feita pela Mercedes, Rosberg viu a diferença entre ele o seu companheiro de equipe diminuir de 33 pontos para 26, dependendo do que acontecer no próximo final de semana, Nico Rosberg vai conseguir comemorar o titulo antecipadamente, bastando que ele vença e Lewis Hamilton não pontue ou que chegue em décimo lugar. 
Fernando Alonso foi um dos destaques dessa corrida, além de ter sido beneficiado pelos abandonos de Max Verstappen e Kimi Räikkönen, o espanhol estava em sétimo nas voltas finais da corrida, quando deu um ”espanto” em Felipe Massa, o que fez levantar umas polêmicas, já que Felipe Massa acabou com um pneu furado, depois ainda reclamou do brasileiro como uma forma de evitar maiores complicações, já que o mundo da Fórmula 1 gira em punições. Depois disputou a posição com Carlos Sainz e conseguiu ficar com o quinto lugar. O companheiro de Felipe Massa, Valtteri Bottas furou o pneu na largada e acabou a corrida em 16° lugar. 
Ricciardo se saiu muito bem ao final da corrida, mesmo perdendo o segundo lugar durante o safety-car virtual conseguiu completar a corrida e terminar em terceiro lugar. Max teve problemas com o cambio do carro e abandonou a corrida na trigésima primeira volta, se mostrou meio imprudente ao tentar de todas as formas fazer o carro voltar a funcionar, ou mesmo que conseguisse guiar o carro até os boxes (estava longe), muito provavelmente não seria possível consertar o carro. Christian Horner chefe da equipe Red Bul Racing, disse ao final da corrida do Japão que espera que os carros da RBR acabassem tendo problemas agora no final da temporada, com chances de abandono, então vejo que o transtorno do carro de Max já estava dentro do esperado pela equipe.  
A vida na Ferrari continua difícil, dessa vez foi Kimi Räikkönen que abandonou a corrida na trigésima nona volta logo após fazer o seu pit stop e a equipe informar que uma roda havia sido mal colocada e a liberação antecipada do piloto ocorreu. Kimi Räikkönen estava saindo dos boxes quando foi alertado pela equipe e acabou voltando de ré com o carro, para tirar o carro da saída e levar ele para um lugar mais seguro, poderia ser considerado uma imprudência, mais sabemos como colocar tratores para guinchar carros da pista não é uma boa ideia. Vettel tentou prolongar a sua parada, fincando por mais tempo com os compostos na pista. O alemão considera que o carro estava melhor do que nós treinos e que conseguiram acompanhar os carros da Red Bull e sentia mal por os dois carros da Ferrari não terem terminado a corrida. Mas também falou da falta de aderência no segundo jogo de pneus que mesmo novos não faziam o rendimento do carro aumentar e que com os supermacios o carro se saia muito bem. A verdade é, até o momento não importa o que eles façam com os carros, eles sempre encontram algum problema pelo caminho, a única forma que vejo agora é focar em 2017 de desenvolver um carro melhor para ter chances de disputar o campeonato sem ter que viver nas sombras.  
Uma boa noticia para o brasileiro Felipe Nasr é que nós próximos dias vamos ter a confirmação da mudança de equipe, Nasr ira deixar a Sauber e ir para a Force India onde será companheiro de Sergio Pérez. A equipe muito provavelmente vai terminar o campeonato em quarto lugar, na frente da Williams. Para o brasiliense vai ser uma ótima oportunidade, já que ele mostra que tem potencial e com a com a disposição de melhores equipamentos provavelmente ano que vem veremos ele fazendo um campeonato muito melhor. A falta de dinheiro na Sauber não é novidade é a nova onda que vem acontecendo na equipe é o favorecimento nítido pelo piloto Marcus Ericson, ele tem mais patrocínio na equipe o que implica no rendimentos diferente dos carros dentro da própria equipe, Nasr já está cansado de ter um carro muito pior nas corridas do que o carro que ele faz testes na sexta e durante esse final de semana não foi diferente e tivemos várias reclamações dele por rádio. Nasr terminou a corrida em 15º lugar uma posição atrás do seu companheiro de equipe, o piloto sabe que ao mudar de equipe trabalho será mais árduo, pois Sergio Pérez mostrou um bom rendimento durante esse ano e vai em busca de bons resultados para a próxima temporada. 
Nos vemos no próximo final de semana com o GP do México, com muita guaca Mole! 

img_0043
Fonte: @F1
driver-standings
Fonte: @F1
fastest-lap
Fonte: @F1
gains-losses
Fonte: @F1
fastest-stop
Fonte: @F1
mostwins
Fonte: @F1
race-tastest
Fonte: @F1
race-lap
Fonte: @F1
10430_18-unitedstates-race2-1k-en
Fonte: @PirelliSports
10438_18-usa-race1-1k-en
Fonte: @PirelliSports
50
Fonte: @F1

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele espertou em mim o interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Fiz da RBR minha casa e meu carro favorito é a Kinky Kylie.