TL3 Rússia – Com bom desempenho, Mercedes repete dobradinha liderada por Hamilton

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

Neste sábado (29) Lewis Hamilton retornou ao primeiro lugar, durante a realização do terceiro treino livre, ao registrar 1:33:067, com os compostos hipermacios. O inglês puxou mais uma vez a dobradinha para a Mercedes, repetindo o feito do TL2. Bottas ficou separado do companheiro de equipe por 0s254.

Com um melhor desempenho a Ferrari apareceu ocupando o terceiro lugar com Sebastian Vettel e o quarto com Kimi Raikkonen. O alemão demorou para encaixar uma boa volta, principalmente da segunda vez que retornou a pista com os novos compostos hipermacios, cometendo alguns erros onde escapou em alguns trechos e foi comprometendo o desempenho dos pneus. Raikkonen por sua vez foi superado nos minutos finais e ficou sem chance de reação, mas a sua marca era 1:33:688 contra 1:33:667 do alemão.

A dupla da Red Bull retornou ao seu lugar de terceira força com Verstappen em quinto, seguido por Ricciardo em sexto.

A dupla da Sauber havia andado muito bem durante a sessão, com Leclerc ficando em sétimo. Ericsson chegou a figurar no nono lugar, mas acabou na décima quinta posição na nova rodada de voltas rápidas.

Ocon ficou com o oitavo lugar, seguido por Magnussen e Pérez, que finalizavam o grid dos dez primeiros colocados.

A classificação para o Grande Prêmio da Rússia tem início às 9h pelo horário de Brasília.

lll Saiba como foi o Terceiro Treino Livre

A terceira sessão de treinos livres começava com 23°C na temperatura ambiente e 31°C na pista, com 62% de umidade. O dia estava mais nublado que o anterior.

Fernando Alonso era o primeiro a deixar os boxes utilizando os compostos hipermacios, porém os seus já tinham duas voltas. Charles Leclerc acompanhava o espanhol com pneus novos e aos poucos outros pilotos tomavam o circuito de Sochi para as suas primeiras voltas de instalação.

O piloto da McLaren era o primeiro a abrir a tabela de tempos com 1:37:713, mas logo era superado por Sirotkin da Williams com 1:37:704, utilizando os ultramacios. Stroll era o terceiro colocado com 1:39:328.

Aos poucos Alonso avançava e conseguia voltar ao topo da tabela com 1:37:466, enquanto a dupla da Ferrari deixava os boxes, acompanhada por Sainz da Renault. O finlandês ao concluir a sua primeira volta conseguia melhorar 2s392 do tempo obtido por Alonso. Sebastian Vettel conseguia superar o companheiro de equipe registrando 1:33:859.

https://twitter.com/F1/status/1045966386542137344

Com quinze minutos de sessão já realizada, era a vez de Bottas deixar os boxes. Raikkonen melhorava a sua marca para 1:34:343. Bottas conseguia se encaixar entre a dupla da Ferrari com 1:33:941, ficando separado por 0s082 do alemão. Hartley assumia a quarta posição com 1:36:599.

Lewis Hamilton seguia para a pista com quase 20 minutos de sessão realizada e apostava na utilização dos pneus hipermacios.

Após a dupla da Ferrari seguir para os boxes, o time italiano era superado por Bottas que conseguia 1:33:809. Hamilton cometia um erro no primeiro setor, durante a sua primeira volta e era apenas o terceiro colocado com 1:33:919.

Daniel Ricciardo passava a ser o quinto colocado com 1:35:135, enquanto Verstappen deixava os boxes. Ocon da Racing Point Force India estava em sétimo com Pérez em décimo. Hamilton conseguia encaixar uma boa volta para passar a primeira posição da tabela com 1:33:664.

Os bons resultados vinham para os carros da Sauber que ocupavam a sexta posição com Charles Leclerc e o nono com Ericsson.

Com a conclusão da primeira meia hora de sessão, as posições eram: Hamilton, Bottas, Vettel, Raikkonen, Ricciardo, Leclerc, Ocon, Gasly, Ericsson, Sainz.

https://twitter.com/F1/status/1045969679053926401

Hamilton ainda cometia alguns erros para encaixar a sua volta, mas conseguia melhorar para 1:33:496. Pérez subia para o sétimo lugar.

O mexicano conseguia melhorar ainda mais, subindo para o quinto lugar com 1:35:120 e seguia em sétimo. Com 25 minutos de sessão restante, a dupla da Mercedes havia seguido para os boxes e a dupla da Ferrari ainda permanecia parada. Aos poucos a pista começava a ficar vazia.

Restando menos de 20 minutos para o término da sessão, Sebastian Vettel retornava para a pista mais uma vez com novos jogos de hipermacios. Bottas acompanhava o alemão da Ferrari, assim como Hamilton.

Durante a primeira tentativa de volta rápida com os novos compostos, Vettel escapava da pista e comprometia o seu desempenho, enquanto isso Bottas passava a ser o primeiro colocado com 1:33:321.

Hamilton conseguia superar o companheiro de equipe por 0s254. Sebastian Vettel seguia na pista tentando melhorar a sua marca, mas com 4 voltas já havia comprometido o melhor desempenho do composto.

Raikkonen que completava o time com pneus novos conseguia subir para a terceira posição com 1:33:851. Charles Leclerc estava no quinto lugar seguido por Magnussen e Ocon.

Vettel conseguia fazer um bom primeiro setor, mas perdia nos outros dois, o tempo era suficiente para superar o companheiro de equipe pois conseguia encaixar 1:33:667.  Logo depois o alemão seguia para os boxes.

Quase encerrando a sessão, Verstappen passava ao quinto lugar com 1:33:937.

Na última saída de boxes de Sebastian Vettel, o alemão quase encontrava Daniel Ricciardo que estava lento na pista e fora do traçado ideal.

https://twitter.com/F1/status/1045978154379210753

Foto: @futebolaovivohd

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele espertou em mim o interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Fiz da RBR minha casa e meu carro favorito é a Kinky Kylie.