TL3 Itália – Vettel lidera sessão, mas Hamilton se aproxima com a Mercedes

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

Sebastian Vettel liderou a última sessão de treinos livres ao registrar 1:20:509. Mesmo confirmando a potência do motor Ferrari, Hamilton conseguiu ficar bem próximo do alemão, sendo separado por apenas 0s081. O inglês cresceu na pista a medida que ela foi secando e proporcionando uma melhor condição.

Raikkonen andou próximo ao companheiro de equipe e finalizou na terceira posição, já o finlandês da Mercedes mesmo andando bem no circuito, ficou devendo por 0s603. Verstappen passou a ser o quinto colocado, seguido por Magnussen que fez a Haas evoluir na sessão, depois de uma sexta-feira apagada da equipe.

Ocon era o sétimo pela Racing Point Force India, seguido por Ricciardo, Leclerc e Grosjean que completou o top-10.

Dada as condições dos resultados obtidos nesta sessão, a classificação deve ser bem disputada e existem chances de ela ser disputada na chuva.

A classificação tem início às 10h pelo horário de Brasília.

lll Saiba como foi a Terceira Sessão de Treinos Livres

Mesmo com a pista úmida em alguns pontos, a sua temperatura estava na casa dos 27°C e no ambiente 17°C, com 80% de chance de chuva na região.

A Sauber havia estourado o seu horário limite para trabalhar no carro de Marcus Ericsson, após o piloto ter sofrido o acidente no TL2 e ter a chance de colocar os dois carros na pista novamente.

Ericsson era o primeiro a se encaminhar para a pista e já utilizava os pneus supermacios, assim como Charles Lerlerc. O piloto da Sauber foi acompanhado pela dupla da Haas e Toro Rosso, além de Sirotkin e após realizarem a volta de instalação, retornaram aos boxes.

Fernando Alonso foi o primeiro a abrir a tabela de tempos com 1:25:734 e era seguido por Vandoorne com 1:26:751, ambos estavam com os pneus macios.

Sozinhos os pilotos da McLaren continuavam dando as suas voltas e Vandoorne passava a assumir a primeira posição com 1:25:097, enquanto Alonso havia cometido um erro na sua volta.

Na quinta volta do pneu o espanhol conseguia registrar 1:24:321. Pouco depois Hulkenberg encaixava a sua Renault na segunda posição com 1:24:402. Vandoorne reclamava de vibração do carro e das condições da pista e logo depois retornava aos boxes.

Com 20 minutos de sessão já concluídos, Raikkonen havia se encaminhado para a pista e o finlandês registrava 1:21:484 com os pneus supermacios, colocando 2s419 no tempo obtido por Alonso. Pouco depois Hamilton passava a ser o segundo colocado ao registrar 1:21:692. Bottas era apenas o nono colocado na sua primeira volta cronometrada.

Sebastian Vettel na sua terceira volta, subia de oitavo para terceiro com 1:22:005 e Raikkonen havia melhorado a sua marca para 1:21:399.

Hamilton tomava a ponta do finlandês da Ferrari ao registrar 1:21:392, enquanto isso Vettel reclamava de vibração no carro e precisava retornar aos boxes. O alemão havia cometido um erro na curva 1, travando os pneus e tinha que passar pela área de escape.

Atingindo a primeira meia hora da sessão, as posições eram: Hamilton, Raikkonen, Vettel, Verstappen, Bottas, Ricciardo, Ocon, Sainz, Grosjean e Pérez. Dos dez primeiros colocas apenas o holandês da Red Bull estava utilizando os compostos macios.

Pérez conseguia evoluir na sessão passando a ser o sétimo colocado, superando o companheiro de equipe. Charles Leclerc conseguia superar os carros da Renault passando a ser o décimo colocado com 1:22:930.

Restando pouco mais de 20 minutos para o término da sessão, Raikkonen e Vettel retornavam mais uma vez a pista com novos jogos de supermacios. O alemão passava a assumir a ponta da sessão ao registrar 1:21:035 e era seguido pelo companheiro de equipe. Vandoorne também estava com novos compostos supermacios e era o décimo quarto colocado com 1:23:332.

Hulkenberg retornava aos boxes após a sua asa traseira ficar travada aberta, precisando retornar aos boxes para uma verificação.

Vettel melhorava a sua marca para 1:20:509 e pouco depois Raikkonen conseguia atingir 1:20:682, sendo separados por 0s173 e logo depois a dupla se encaminhava para os boxes.

Hamilton e Bottas instalaram os novos compostos restando pouco mais de 12 minutos para o final da sessão, assim como Ocon e Grosjean.

O inglês subia para a segunda posição com Bottas se mantendo em quarto. Grosjean passava a ser o sétimo colocado com 1:22:357.

Enquanto Ricciado realizava a simulação de corrida, Verstappen era encaminhado para mais algumas voltas rápidas na pista.

Magnussen passava a ser o sexto colocado ao registrar 1:22:011.

Hamilton conseguia melhorar a sua marca para 0s081 de diferença para o primeiro colocado, retornando aos boxes logo a seguir.

A sessão terminou com Sebastian Vettel liderando a sessão, mas Hamilton havia ficado muito próximo do alemão.

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele espertou em mim o interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Fiz da RBR minha casa e meu carro favorito é a Kinky Kylie.