TL3 França – Bottas segue na liderança com a Mercedes

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

O terceiro treino livre, realizado neste sábado (22) em Paul Ricard, foi dominado mais uma vez pela dupla da Mercedes, Valtteri Bottas liderou a sessão com 1:30:159, superando Lewis Hamilton por 0s041.

A Ferrari ainda chegou a ameaçar a Mercedes, mas com a finalização da sessão, a equipe italiana permanecia distante, Charles Leclerc na terceira posição, tinha 1:30:605, 0s446 mais lento. Sebastian Vettel ficou atrás do companheiro de equipe, mas o tempo deles estava mais ligado aos detalhes pois o alemão fechou com 1:30:633.

Max Verstappen foi o quinto colocado, seguido por Pierre Gasly que evoluiu no seus segundo stint rápido, antes disso o francês estava bem distante do companheiro de equipe.

Com a McLaren, Lando Norris, continua se posicionando atrás dos carros da Red Bull e desta forma foi o sétimo colocado. Carlos Sainz quase ficou com a oitava posição, mas foi superado por Daniel Ricciardo nos minutos finais e assim o australiano esteve em oitavo. Para fechar o top-10, Kimi Raikkonen, estava com a Alfa Romeo.

A Fórmula 1, retorna às 10h, pelo horário de Brasília, para a realização da Classificação.

lll Saiba como foi o Terceiro Treino Livre na França

Na pista a temperatura estava na casa dos 49°C, com 26°C no ambiente, subindo aos poucos no circuito francês.

https://twitter.com/F1/status/1142372381031354368

Lando Norris e Carlos Sainz foram rapidamente liberados para uma volta de verificação; os pilotos utilizavam os pneus supermacios e dariam prioridade para eles por conta da classificação.

Com oito minutos de sessão, Robert Kubica abria a tabela de tempos ao anotar 1:35:832. Daniil Kvyat cruzou a linha de chegada pouco depois ao anotar 1:33:398 e alternando com voltas de recarregamento de bateria, o russo melhorou para 1:32:744.

Aos poucos outros pilotos eram liberados para iniciar o seu primeiro stint de voltas rápidas e assim Nico Hulkenberg fechou a sua primeira volta com 1:33:720, mas era Daniel Ricciardo que assumia a liderança momentânea da sessão com 1:32:690.

Passados 20 minutos, Hulkeberg assumia a ponta com 1:32:417, seguido por Lando Norris com 1:32:446 e Pierre Gasly com a Toro Rosso em terceiro, com 1:32:679.

Os pilotos da Mercedes demoraram para ser liberados, mas assim que entraram na pista, começaram a comandar a ponta, Bottas anotou 1:31:383. Leclerc tentava ficar próximo e conseguia se encaixar entre o finlandês e o inglês das flechas de prata, separado por 0s083.

Enquanto isso, Russell precisava retornar para os boxes, por enfrentar problemas com a troca de marchas e por consequência a perda de potência da sua Williams.

https://twitter.com/F1/status/1142377931609649153

A disputa ficava entre Ferrari e Mercedes e o monegasco conseguia melhorar para 1:31:118. Max Verstappen passava a andar próximo das duas primeiras forças, obtendo a quinta posição com 1:31:933. Hulkenberg e Norris, sexto e sétimo respectivamente, andavam próximos.

Com a conclusão da primeira meia hora, as posições eram: Bottas, Hamilton, Leclerc, Vettel, Verstappen, Hulkenberg, Norris, Sainz, Albon e Gasly. Grande parte dos pilotos retornavam aos boxes, para iniciar um novo stint de voltas rápidas.

Daniel Ricciardo que estava na décima primeira posição, conseguia evoluir para o sexto lugar, após melhorar a sua marca para 1:32:321. George Russell que havia retornado para a pista, realizando uma verificação, continuava falando sobre a perda de potência, principalmente nas marchas mais baixas.

Restando pouco mais de 20 minutos para o término, Bottas era o primeiro dos ponteiros a ser liberado de compostos novos. O finlandês tentava bater o 1:30:853, estabelecido em seu primeiro stint.

Bottas conseguia registrar 1:30:159 e pouco depois de fechar a sua primeira volta rápida, Lewis Hamilton era liberado dos boxes. Momentaneamente, restando 16 minutos para o término da sessão, apenas os pilotos das flechas de prata, estavam rodando no circuito.

Hamilton cometia um erro no seu giro e partia para uma segunda tentativa de melhorar a marca e desta forma, conseguia obter 1:30:200. Leclerc conseguia 1:30:605 e Vettel ainda na quarta posição, tinha 1:30:810.

Lando Norris seguia imprimindo uma boa performance para a McLaren, rodando na sétima posição. Pierre Gasly conseguia melhorar e desta forma passava a andar próximo ao companheiro de equipe, Max Verstappen tinha 1:31:538, contra 1:31:599 do francês.

Restando seis minutos para o término da sessão, as posições eram: Bottas, Hamilton, Leclerc, Vettel, Verstappen, Gasly, Norris, Sainz, Raikkonen e Giovinazzi. Todos em dupla até a décima posição.

Restando poucos minutos para o encerramento, Ricciardo conseguia superar Sainz e se tornar o oitavo colocado. Hulkenberg ficava entre Raikkonen e GIovinazzi.

https://twitter.com/F1/status/1142388950620942336

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele espertou em mim o interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Fiz da RBR minha casa e meu carro favorito é a Kinky Kylie.