TL3 EUA - Vettel tenta se garantir com voltas rápidas, já pensando na classificação • BP • Boletim do Paddock

TL3 EUA – Vettel tenta se garantir com voltas rápidas, já pensando na classificação

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

Tirando o atraso do dia anterior, os pilotos seguiram para a pista na realização do Terceiro Treino Livre, neste sábado (20). Foi uma verdadeira salada na escolha de compostos para as suas voltas, já que precisavam da maior quantidade de dados, pois a sexta-feira fora regada por muita chuva.

Sebastian Vettel liderou a sessão com 1:33:797, investindo nas voltas de classificação com o companheiro de equipe na maior parte do treino. Utilizaram apenas os compostos ultramacios durante está uma hora e fizeram cerca de dez minutos de simulação de corrida. O alemão já sabe que mesmo conseguindo chegar ao primeiro lugar na classificação, será punido com a perda de três posições no grid de largada.

A dupla da Mercedes aproveitou a sessão para pensar na corrida, andando com o tanque mais cheio que os adversários e mesmo no stint de voltas de classificação foram mais lentos que os pilotos da equipe italiana. Hamilton superou Bottas apenas na parte final do TL3, com 1:33:870.

Verstappen e Ricciardo ocuparam o quinto e o sexto lugar, também dando mais atenção a estratégia para a corrida. Leclerc foi o sétimo seguido por Pérez, Sainz e Grosjean que completaram o grid.

Ocon assim como Vandoorne, andaram em alguns momentos próximo aos ponteiros, mas após o cronometro ser zerado, estavam em décimo primeiro e décimo oitavo.

Os carros retornam a pista às 18h para a realização da classificação. O tempo promete ficar estável e a chuva não deve mais aparecer.

lll Saiba como foi o Terceiro Treino Livre

Sem chuva para atrapalhar está sessão os pilotos tinham mais liberdade para andar no circuito de Austin. A temperatura na pista havia subido para 20°C e no ambiente estava na casa de 18°C. A umidade ainda era alta em 81%.

Assim que a pista foi liberada, Leclerc, Hartley, Sainz, Ericsson e outros pilotos já passaram a deixar a área do pit-lane, utilizando os compostos mais variados dentro dos selecionados para o final de semana.

Não demorou muito para dezenove dos vinte carros estarem na pista realizando o aquecimento dos compostos ou suas voltas de instalação. Leclerc da Sauber era o primeiro a registrar tempo no circuito, andando na casa de 1:42:459 com os pneus supermacios. Raikkonen passou a ponta da tabela de tempos com 1:35:514, seguido por Vettel com 1:35:553 com os ultramacios instalados.

Magnussen errava na última curva, extravasando os limites de pista e era apenas o décimo colocado.

Bottas e Hamilton utilizavam compostos diferentes, o finlandês estava de ultra e o inglês com os supermacios.

Verstappen travara os pneus na primeira curva fritando os compostos dianteiros. O holandês estava no terceiro lugar, seguido por Ricciardo. Escapar na pista estava sendo comum nesta sessão, até porque no último dia havia chovido muito e a asfalto estava praticamente verde.

Com a conclusão dos primeiros dez minutos de sessão às posições eram: Raikkonen, Vettel, Verstappen, Ricciardo, Stroll, Ocon, Alonso, Pérez, Vandoorne e Grosjean.

A aleta do halo de Brendon Hartley se soltava, indo em direção da cabeça do piloto, mas ele não era prejudicado e seguia na pista. No entanto o neozelandês ocupava apenas a última posição.

Vandoorne conseguia subir para a terceira posição com 1:37:347, com seis voltas dos supermacios. A Ferrari aproveitava para treinar o pit-stop.

Hamilton também era mais um dos pilotos a escapar na pista e ocupava a décima primeira posição, acompanhado por Bottas em décimo segundo, cada piloto já havia completado oito giros com os compostos, realizando a simulação de corrida.

Existia uma variação incomum no grid, com Ocon em terceiro, após superar Vandoorne. Alonso com os médios era o nono. Com a conclusão dos primeiros 20 minutos de sessão, as posições eram: Raikkonen, Vettel, Ocon, Vandoorne, Verstappen, Ricciardo, Pérez, Stroll, Alonso e Sainz. Os pilotos passavam a recolher os carros para os boxes, visando um novo stint de voltas rápidas.

A dupla da Ferrari retornava com um novo jogo de ultramacios e era a primeira a instalar os novos compostos. Raikkonen fechava com 1:34:419, permanecendo no primeiro lugar, enquanto Vettel completava a sua volta, permanecendo em segundo com 1:34:551. A equipe pensava nas voltas de classificação enquanto as rivais flechas de prata estavam pensando na corrida e permaneciam com o tanque cheio. 

Após Raikkonen e Vettel simularem suas voltas de classificação, acabaram retornando aos boxes. Vandoorne, assim como Magnussen passavam a usar novos jogos de supermacios. O dinamarquês havia abandonado os ultramacios. Desta forma Vandoorne, subia para o terceiro lugar e era seguido por Grosjean, Magnussen era o sexto, já que Ocon ainda com o seu resultado anterior ainda permanecia no quinto lugar.

Bottas fora o primeiro da dupla de fechas de prata a focar nas voltas rápidas e conseguia subir para a terceira posição com 1:34:556 com os supermacios ficando a apenas 0s137 do tempo de Raikkonen. Hamilton permanecia nos boxes.

Nos 20 minutos finais para o término da sessão às posições eram: Raikkonen, Vettel, Bottas, Hamilton, Ocon, Sainz, Pérez, Hulkenberg, Leclerc e Grosjean. O inglês da Mercedes havia entrado na pista com novos ultramacios, mas não tinha obtido uma  boa giro na sua primeira tentativa de volta rápida com os mesmos. Raikkonen e Vettel utilizavam mais um jogo de ultramacios novos ainda testando as voltas de classificação. O finlandês registrava 1:33:843.

Verstappen de décimo sétimo, subia para quarto com 1:34:994. A grande maioria dos pilotos estava com os pneus ultramacios.

Pouco tempo depois em uma volta diferente da do companheiro de equipe, Vettel conseguia subir para a ponta com 1:33:797.

Hamilton seguia na pista, cometendo alguns erros na sua volta e era visto em quarto com 1:34:560.

Nos dez minutos finais de sessão, Raikkonen retornava para a pista realizando a simulação de corrida, assim como Vettel que acompanhava o finlandês.

Explorando situações diferentes na pista das escolhidas pela Ferrari, com poucos minutos para o final os 18 carros do grid passavam a realizar, mas um stint de voltas rápidas, todos de ultramacios.

Uma bandeira amarela era acionada momentaneamente por Hartley ter perdido a traseira da sua Toro Rosso e rodar na pista.

Hamilton superava apenas o finlandês companheiro de equipe com 1:33:870 subindo para o terceiro lugar.

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele espertou em mim o interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Fiz da RBR minha casa e meu carro favorito é a Kinky Kylie.