TL3 China – Bottas lidera sessão, que foi encerrada após batida forte de Albon

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

A terceira sessão de treinos livres realizada hoje (13) em Xangai, terminou em regime de bandeira vermelha. Alexander Albon da Toro Rosso, bateu forte na reta dos boxes, restando pouco mais de seis minutos para o término da atividade. O tailandês ficou visivelmente atordoado, mas nada de grave aconteceu com ele.

A batida podia ter tido causas mais graves, mas o monoposto e a célula de sobrevivência preservaram Albon que teve uma batida lateral no muro de contenção. O piloto perdeu o controle da traseira do carro, quando passou na grama e saiu escorrendo pela pista.

Com a necessidade de remover o carro e com poucos minutos restantes, as voltas rápidas que estavam em andamento foram suspensas, desta forma Valtteri Bottas garantiu a liderança, após superar Sebastian Vettel com 1:32:830. O alemão que permaneceu mais tempo na ponta da tabela, não teve tempo de reagir a volta rápida do finlandês. Charles Leclerc melhorou a sua marca para 1:33:248, fechando em terceiro.

Lewis Hamilton após cometer alguns erros durante o seu giro, ficou em quarto. O inglês informou para a imprensa que está tendo dificuldades de guiar o carro e que ele se encontra muito instável em Xangai, por conta das temperaturas.

Aproveitando a ”última” oportunidade, Nico Hulkenberg conseguiu a quinta colocação, assim como Kimi Raikkonen que em sexto, fechou mais uma volta rápida. Max Verstappen, demorou muito tempo para se integrar a sessão, aproveitando apenas a meia hora final, mas ficou com a sétima colocação, pela Red Bull e mais uma vez sendo superior a Pierre Gasly (15°).

Carlos Sainz foi o oitavo com a McLaren, enquanto os pilotos da Toro Rosso eram vistos em nono e décimo, com Albon e Daniil Kvyat, respectivamente. A subsidiária da Red Bull, chegou a figurar no posto de terceira força nesta sessão.

A classificação acontece às 03h pelo horário de Brasília e você acompanha tudo no Boletim do Paddock.

lll Saiba como foi o Terceiro Treino Livre em Xangai

As condições de pista estavam bem parecidas com o que foi encontrado no dia anterior, no asfalto tínhamos 37°C, com 19°C no ambiente. A umidade estava na casa dos 48%.

Kevin Magnussen foi o primeiro a deixar os boxes e utilizava os compostos macios (faixa amarela), seguido por Antonio Giovinazzi que tinha os médios (faixa branca) instalados na sua Alfa Romeo. Aos poucos outros pilotos passavam realizar a suas voltas de instalação, antes das voltas rápidas começarem a aparecer.

Os pilotos da Williams foram os primeiros a estabelecer uma marca na tabela de tempos, George Russel liderava com 1:36:630, seguido por Robert Kubica com 1:37:220, ambos com pneus supermacios (faixa vermelha) e com marcas distantes das que foram obtidas no dia anterior. 

Após algumas voltas de instalação, Renault e Ferrari começavam a ir em busca de voltas rápidas. Charles Leclerc assumia a ponta com 1:34:104 de supermacios, enquanto Daniel Ricciardo era o segundo, separado por mais de um segundo do monegasco, mas utilizava os compostos macios.

Sebastian Vettel conseguia ser mais veloz que o companheiro de equipe, em sua primeira volta aferida no circuito e tinha 1:33:222, utilizando a mesma goma de pneus do companheiro. Kimi Raikkonen era visto em quarto com 1:35:466, acompanhado por Giovinazzi com 1:35:726, a Alfa Romeo realizava um programa diferente com os pilotos, pois o finlandês estava com os macios instalados, enquanto o italiano era visto de supermacios.

A dupla da Mercedes não demorou para aparecer na tabela de tempos, Lewis Hamilton passou a ser o segundo colocado ao anotar 1:33:956, com Valtteri Bottas na terceira posição (1:33:974).

A dupla da Red Bull seguia parada nos boxes, enquanto a subsidiária aproveitava para ocupar o posto de ”terceira força’’, Alexander Albon e Daniil Kvyat, respectivamente, ocupavam o quinto e o sexto lugar.

Com a conclusão da primeira meia hora de atividade, as posições eram: Vettel, Hamilton, Bottas, Leclerc, Albon, Kvyat, Pérez, Ricciardo, Stroll e Hulkenberg.

Pierre Gasly fechou a sua primeira volta em décimo primeiro com os pneus macios, enquanto Max Verstappen ainda estava aquecendo os compostos, para logo depois se tornar o quinto colocado com 1:34:447, de supermacios.

Romain Grosjean acabava extravasando os limites de pista logo após a última curva do circuito e provocava uma bandeira amarela momentânea, localizada. Sem trazer nenhuma consequência para o carro, o francês era visto em décimo sétimo, com Magnussen em décimo oitavo, pela Haas.

A Racing Point havia melhorado com relação ao primeiro dia de treinos livres, Pérez ocupava a oitava posição, enquanto Stroll estava separado do companheiro de equipe, por Daniel Ricciardo que era o nono colocado.

Grande parte dos pilotos estavam parados nos boxes, enquanto Lando Norris iniciava um novo stint de voltas rápidas, aproveitando a última sessão, antes da prova de classificação para realizar os últimos acertos. Restava pouco mais de 15 minutos para o término do TL3.

O piloto da McLaren se tornou o oitavo colocado, após tentar utilizar o vácuo do carro de Gasly.

Com menos de dez minutos, Bottas tomava a ponta ao anotar 1:32:830, Vettel permanecia em segundo com a marca já obtida e Leclerc estava em terceiro com 1:33:248. Lewis Hamilton havia cometido um pequeno erro na sua volta e seguia com o quarto tempo, com 1:33:689 em sua segunda volta cronometrada com o novo composto supermacios.

Uma bandeira vermelha era acionada com pouco mais de seis minutos, para o término da sessão, Alexander Albon bateu forte, na reta dos boxes, após ter perdido a traseira da sua Toro Rosso. O carro ficou bem destruído e sem possibilidades de retornar para a classificação. Albon estava bem colocado antes da batida, era o nono colocado.

Antes da sessão se dar como encerrada, Hulkenberg subiu para a quinta posição e foi seguido por Raikkonen que teve tempo de fechar em sexto.

 

 

Assinar

BPCast

Ou assine com seu app favorito usando o endereço abaixo

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele espertou em mim o interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Fiz da RBR minha casa e meu carro favorito é a Kinky Kylie.