TL1 Azerbaijão – Incidente com tampa de bueiro solta e Williams, encerram primeira atividade

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

A primeira sessão de treinos livres, realizada hoje (26) no Azerbaijão em Baku, foi encerrada pela direção de prova mais cedo, para uma inspeção mais rigorosa pelo circuito. George Russell ao passar por uma tampa de bueiro, teve o assoalho da sua Williams danificado, por ela estar solta e o regime de bandeira vermelha foi instaurado.

Charles Leclerc que havia inaugurado a tabela de tempos, já havia passado pelo mesmo ponto da pista, mas apenas com as rodas por cima da tampa. Como os carros são mais baixos e acabam se arrastando pelo asfalto em vários pontos, foi inevitável que tal problema aparecesse.

A ”sessão de horrores” não parou por aí, o guindaste que fazia a remoção do carro da equipe Williams, ainda bateu em uma passarela e após ser danificado, acabou derramando óleo na carenagem do FW42.

Com as atividades suspensas, as equipes e pilotos vão ter mais trabalho durante o TL2, pois além de verificar as atualizações que trouxeram para os carros, precisaram lidar com as estratégias para a classificação e corrida.

A Fórmula 1 retorna hoje às 10h pelo horário de Brasília, para a realização do segundo treino livre.

lll Saiba como foi o Primeiro Treino Livre

A temperatura na pista era alta, na casa dos 39°C, com 16°C no ar. A umidade estava em 67%.

Romain Grosjean inaugurou as atividades na pista, sendo o primeiro piloto a deixar os boxes em volta de instalação. O francês utilizava os compostos macios (faixa amarela). Aos poucos outros pilotos também davam início as suas atividades.

Charles Leclerc fora enviado para a pista, com o flow-vis espalhado pela lateral direita, dianteira do carro, sendo justamente uma das áreas que a equipe segue o seu desenvolvimento. A McLaren investia na análise da parte traseira, utilizando o mesmo método na asa para identificar o comportamento do vento. Durante esse final de semana as equipes de modo geral optaram por trazer atualizações para está área do carro.

O monegasco foi o primeiro a inaugurar a tabela de tempos, anotando 1:49:134, de compostos macios. Sebastian Vettel aparecia na segunda posição com 1:51:988, dominando as atividades em pista, enquanto as outras equipes se preparavam para liberar os seus pilotos.

Uma tampa de bueiro, provocou uma bandeira na vermelha na sessão, pois assim que George Russell passou por cima dela, danificando o assoalho do carro. As imagens pareciam muito com o drama vivido por Valtteri Bottas a um ano atrás, mas o motivo que levou o finlandês da Mercedes a perder a liderança da prova, foi por conta de detritos na pista.

O cronômetro na sessão de treinos livres seguiu em regressiva, enquanto o carro da Williams era removido e uma inspeção acontecia próximo a curva 4.

https://twitter.com/F1/status/1121704975921446912

Passado alguns minutos a direção de prova optou por não retomar a sessão, para fazer uma inspeção geral por toda a pista e proporcionar mais segurança, nas próximas atividades. 

https://twitter.com/F1/status/1121708398301544448

https://twitter.com/F1/status/1121711775077081089

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele espertou em mim o interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Fiz da RBR minha casa e meu carro favorito é a Kinky Kylie.