TL1 Alemanha – Sebastian Vettel abre sexta-feira na liderança, em dobradinha da Ferrari

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

Após uma breve pausa da Fórmula 1, as atividades da categoria recomeçaram nesta sexta-feira (26), em Hockenheim, na Alemanha. Sebastian Vettel, puxou a dobradinha para a Ferrari, após anotar 1:14:013, superando o Charles Leclerc, por 0s255. A equipe italiana, bateu a rival Mercedes ao instalar o segundo jogo de compostos macios. Lewis Hamilton da Mercedes, fechou o top-3, com 1:14:315, com os pneus médios.

Max Verstappen ficou com o quarto lugar, entre a dupla da Mercedes, portanto Valtteri Bottas, terminou em quinto. O finlandês, começou dominando a sessão, pois foi o primeiro a andar na casa de 1m14s alto, enquanto todos rodavam ainda em 1m15s, no entanto após instalar os pneus médios, cometeu alguns erros na busca pela volta rápida.

Pierre Gasly acompanhou o pelotão que vinha a sua frente, separado por menos de um segundo. O francês da Red Bull, foi seguido por Carlos Sainz com a McLaren, que melhorou a marca após instalar os pneus macios, acompanhado por Romain Grosjean da Haas em oitavo, com 1:15:074. Lance Stroll com a Racing Point foi o nono, superando Daniel Ricciardo da Renault em décimo.

Foi uma sessão tranquila, os erros apareceram pouco depois da troca de pneus, onde os pilotos passaram a abusar mais do circuito. Kevin Magnussen provocou uma bandeira vermelha momentânea, após ficar estacionado na curva 12, com falta de potência. Valtteri Bottas, nos minutos finais, espalhou brita pelo circuito, por não ter tracionado bem, mas logo depois seguiu para os boxes.

A Fórmula 1, retorna às 10h, pelo horário de Brasília, para a realização do segundo treino livre.

lll Saiba como foi o Primeiro Treino Livre

Um pouco antes da abertura dos boxes, a temperatura na pista estava na casa dos 39°C, com 31°C no ambiente.

Max Verstappen, se posicionou na saída do pit-lane, instantes antes de ocorrer a liberação. Rapidamente outros pilotos como Alexander Albon, Lando Norris e Sebastian Vettel, realizavam as suas voltas de instalação. O holandês tinha as grades de aferição aerodinâmica, espalhadas pela lateral do seu carro na Red Bull.

Pierre Gasly, foi o primeiro a registrar tempo no circuito, ele tinha 1:21:220, mas logo depois, Carlos Sainz, anotou 1:17:939 e passou para a dianteira. O francês da Red Bull, informava que o carro estava com muita vibração e após completar três giros, retornou aos boxes.

Lance Stroll, foi liberado para a volta de instalação com o flow-vis, espalhado pelas áreas de ventilação do carro. Logo depois o canadense retornou para os boxes, para que a equipe tirasse algumas fotos, para estudo.

Restando 11 minutos para o término da primeira meia hora, Kevin Magnussen provocou uma bandeira vermelha, logo após, os pilotos começarem a aquecer os compostos, em busca dos primeiros giros rápidos. O carro do dinamarquês apresentou falta de potência, enquanto ele realizava as trocas de marcha e ficou estacionado na curva 12, precisando ser removido até os boxes.

 

Antes da pista ser liberada mais uma vez, os pilotos formaram uma fila no pit-lane. Max Verstappen, anotou 1:16:100, com os pneus médios e aos poucos outros tempos passavam a ser registrados na tabela de tempos. Valtteri Bottas, foi o primeiro a andar na casa de 1m14s e logo anotou 1:14:828, sendo seguido por Hamilton com 1:15:563, separado do companheiro de equipe por 0s735, ambos utilizavam pneus macios.

Carlos Sainz na quinta posição, era o único piloto na pista, utilizando os compostos duros e tinha 1:16:611.

Após uma breve passagem nos boxes, Bottas anotou 1:14:805, melhorando ainda mais o primeiro tempo obtido. Charles Leclerc, subiu para a segunda posição, com 1:15:121, acompanhado por Lewis Hamilton, com 1:15:201.

Com a pausa para a devolução do primeiro composto utilizado para a Pirelli, as posições eram: Bottas, Leclerc, Hamilton, Verstappen, Vettel, Pérez, Kvyat, Hulkenberg, Stroll e Ricciardo. Alexander Albon, era o único piloto sem tempo aferido, mas após ser liberado, passou a ser a décima oitava posição, com 1:17:472.

Restando 40 minutos para o término da sessão, George Russell foi o primeiro piloto a retornar com novos compostos macios e melhorava a marca dele para 1:17:199.

Com cerca de 35 minutos, Bottas os pilotos passavam a retornar para a pista, Norris melhorou para 1:15:616 e passou a andar entre os 10 primeiros colocados. A dupla da Mercedes, passou a utilizar os compostos médios e Hamilton conseguiu bater o tempo de Bottas, após anotar 1:14:315. O finlandês tinha 1:14:805, mas havia cometido alguns erros durante a volta rápida.

Carlos Sainz havia subido para a terceira posição, após instalar os compostos macios e tinha 1:15:062, atrás 0s747.

Com o desenvolvimento da sessão, restando 24 minutos para o término, Leclerc passou a primeira posição com 1:14:268, superando o tempo de Lewis Hamilton. Max Verstappen se posicionou entre a dupla da Mercedes, na terceira posição, após anotar 1:14:330.

Sebastian Vettel, pouco depois, anotou 1:14:013, superando o companheiro de equipe por 0s255.

Os pilotos passaram a cometer mais erros, com o segundo jogo de compostos utilizados, pois estavam utilizando mais a pista, para obter a melhor volta. A curva que trazia mais problema, era a 16, aquela que antecede a reta dos boxes.

Restando 12 minutos para o término da sessão, as posições eram: Vettel, Leclerc, Hamilton, Verstappen, Bottas, Gasly, Sainz, Grosjean, Stroll e Ricciardo.

Nesta altura da sessão, enquanto os pilotos reduziam a atividade mais forte, a pista estava ainda mais quente, com 47°C e no ambiente a temperatura era de 35°C.

Robert Kubica, foi liberado com duas cores diferentes de flow-vis, espalhados pela lateral esquerda do carro da Williams, restavam apenas oito minutos para o término do TL1.

Até o último minuto, tivemos atividade em pista, no entanto Valtteri Bottas, provocou uma bandeira amarela na curva 12, pois acabou passeando na brita, quando não conseguiu realizar a curva. No entanto o finlandês conseguia retornar sozinho para os boxes. Ricciardo também havia perdido o carro, em outro trecho da pista, mas sem sofrer nenhuma avaria no carro.

 

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele espertou em mim o interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Fiz da RBR minha casa e meu carro favorito é a Kinky Kylie.