Thiago Camilo fatura pole-position da Stock Car 500 no Velopark

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

Nesta tarde (06) em Nova Santa Rita, Thiago Camilo conseguia cravar a pole-position da Stock Car 500, pela Ipiranga Racing ao anotar 1:03:099. Assim que a sessão classificatória teve início, a chuva começou a cair no circuito e a garoa fina, foi aumentando conforme o tempo passava. Apenas um Gaetano di Mauro, que fazia parte do segundo grupo conseguiu chegar até o Q3.

Depois de um ano difícil para Camilo a pole veio como uma luva nesta abertura. O piloto melhorou a sua volta no miolo, trecho mais difícil do Velopark. Superando as marcas já obtidas por Daniel Serra e Rubens Barrichello e amanhã lidera a prova em largada lançada.

Daniel Serra da Eurofarma, o atual bicampeão da categoria, larga ao lado do piloto da Ipiranga, após anotar 1:03:393, seguido de perto por Rubens Barrichello da Full Time que registrou 1:03:488.

Completando o top-6 dos pilotos que avançaram para o Q3, Nelson Piquet Jr, cravou 1:03:818 pela Full Time Sports em uma pista bem escorregadia. Marcos Gomes foi o quinto com KTF Sports e Gaetano di Mauro em sua estreia na categoria tinha 1:04:199.

A largada da corrida 500 da Stock Car, acontece às 11h.

lll Saiba como foi a Classificação da Stock Car no Velopark

lll Q1

O primeiro a deixar os boxes, foi Marcos Gomes com o carro da KTF Sports, em um primeiro grupo com 15 carros. Os primeiros tempos a serem registrados na pista eram altos, muitos acima de um minuto. Gabriel Casagrande passou a liderar a sessão com 59s078, mas era rapidamente superado por pilotos como Max Wilson e Daniel Serra. A cada volta, mesmo com a garoa que caia no autódromo os tempos começavam a melhorar.

Restando dois minutos para o término da sessão, Thiago Camilo, Cesar Ramos e Daniel Serra, eram os pilotos com as melhores marcas na pista.

Daniel Serra tomava a ponta com 58s603, pela Eurofarma. No top-5 do primeiro grupo, as posições eram: Thiago Camilo da Ipiranga Racing, seguido por Cesar Ramos da Blau Motor Sports, com Rubens Barrichello da Full Time Sportes e Julio Campos da Prati-Donaduzzi Racing.

O segundo grupo entrou na pista pouco depois, com Felipe Lapenna liderando a sessão. Valdeno Brito ficou impossibilitado de participar do Q1, após a pancada que acabou dando no muro de contenção ainda no TL2.

Gaetano di Mauro era o primeiro a invadir os tempos do primeiro grupo, ocupando o oitavo lugar com o carro da Shell Helix Ultra. Com a garoa aumentando, os tempos ficaram mais altos dificultando o encaixe do segundo grupo no Q1, o miolo da pista estava bem molhado e os carros extravasavam os limites de pista. 

16 – Felipe Fraga (Cimed racing) – 59s770
17 – Ricardo Maurício (Eurofarma RC) – 59s781
18 – Galid Osman (Shell Helix Ultra) – 59s816
19 – Allam Khodair (Blau Motor Sports) – 59s915
20 – Marcel Colleta (Crown Racing) – 59s919
21 – Pedro Cardoso (Hot Car Competições) – 1min00s089
22 – Lucas Foresti (Vogel Motorsport) – 1min00s229
23 – Guga Lima (Vogel Motorsport) – 1min00s401
24 – Bia Figueiredo (Ipiranga Racing) – 1min00s559
25 – Bruno Baptista (RCM Motorsport) – 1min00s643
26 – Denis Navarro (Cavaleiro Sports) – 1min02s314
27 – Felipe Lapenna (Cavaleiro Sports) – 1min03s077
28 – Valdeno Brito (Prati-Donaduzzi Racing) – Sem Tempo

lll Q2

Rubens Barrichello era o primeiro a deixar os boxes, puxando a fila que dava início para a segunda parte da sessão. Quinze carros eram vistos na pista, buscando disputar as seis melhores posições no grid de largada do domingo.

A chuva aumentava e o spray dificultava a visibilidade, principalmente na reta principal do circuito do Velopark.

Rubens Barrichello liderava a sessão com 1:01:228, seguido por Nelson Piquet Jr, com Marcos Gomes em terceiro.

Átila Abreu batia forte e provocava uma bandeira vermelha. O piloto da Shell quebrava a suspensão traseira e seguia direto para o muro de contenção. A equipe de resgate precisava entrar na pista, para fazer a sua remoção, pois Abreu sentia fortes dores nas costas.

Restando 4 minutos e 44 segundos para o término da sessão, os pilotos aguardavam para retornar a pista.

A sessão retornou às 14:12, apenas Gabriel Casagrande, Max Wilson, Cacá Bueno e Cesar Ramos eram os únicos sem nenhum tempo aferido.

Rubens Barrichello permaneceu na ponta, seguido por Nelson Piquet, Marcos Gomes, Thiago Camilo, Daniel Serra e Gaetano di Mauro. Os tempos haviam aumentado quando os pilotos retornaram para a pista, por conta da chuva.

7 – Julio Campos (Prati-Donaduzzi Racing) – 1min02s302
8 – Ricardo Zonta (Shell V-Power) – 1min02s335
9 – Cacá Bueno (Cimed racing) – 1min02s580
10 – Cesar Ramos (Blau Motorsports) – 1min02s796
11 – Gabriel Casagrande (Crown Racing) – 1min02s811
12 – Max Wilson (RCM Motorsport) – 1min02s862
13 – Diego Nunes (KTF Sports) – 1min02s895
14 – Átila Abreu (Shell V-Power) – 1min04s193
15 – Rafael Suzuki (Hot Car Competições) – 1min04s805

lll Q3Classificação da Stock Car no Velopark

Gaetano di Mauro em sua estreia pela Stock Car, era o primeiro a se dirigir para a pista, em sua única tentativa de brigar pela pole-position. O piloto da Shell registrava 1:04:199, depois de extravasar os limites de pista. Daniel Serra era o segundo a seguir para a pista, defendendo a Eurofarma e superando di Mauro.

Thiago Camilo conseguia um tempo melhor ao anotar 1:03:099. Marcos Gomes era o quarto piloto a se dirigir para a pista, mas ficava apenas na terceira posição, momentaneamente com a KFT Sports.

Nelson Piquet Jr, era o penúltimo piloto a lutar pela pole, mas a pista começou a ficar cada vez mais difícil, desta forma o piloto da Full Time Sports, superava Marcos Gomes.

Rubens Barrichello que fora o último, faturou de fato a terceira posição com 1:03:488.

lll Classificação Final da Stock Car no Velopark

l Q3
1 – Thiago Camilo (Ipiranga Racing) – 1min03s099
2 – Daniel Serra (Eurofarma RC) – 1min03s393
3 – Rubens Barrichello (Full Time Sports) – 1min03s488
4 – Nelson Piquet Jr (Full Time Sports) – 1min03s818
5 – Marcos Gomes (KTF Sports) – 1min03s938
6 – Gaetano di Mauro (Shell Helix Ultra) – 1min04s199
l Q2
7 – Julio Campos (Prati-Donaduzzi Racing) – 1min02s302
8 – Ricardo Zonta (Shell V-Power) – 1min02s335
9 – Cacá Bueno (Cimed racing) – 1min02s580
10 – Cesar Ramos (Blau Motorsports) – 1min02s796
11 – Gabriel Casagrande (Crown Racing) – 1min02s811
12 – Max Wilson (RCM Motorsport) – 1min02s862
13 – Diego Nunes (KTF Sports) – 1min02s895
14 – Átila Abreu (Shell V-Power) – 1min04s193
15 – Rafael Suzuki (Hot Car Competições) – 1min04s805
l Q1
16 – Felipe Fraga (Cimed racing) – 59s770
17 – Ricardo Maurício (Eurofarma RC) – 59s781
18 – Galid Osman (Shell Helix Ultra) – 59s816
19 – Allam Khodair (Blau Motor Sports) – 59s915
20 – Marcel Colleta (Crown Racing) – 59s919
21 – Pedro Cardoso (Hot Car Competições) – 1min00s089
22 – Lucas Foresti (Vogel Motorsport) – 1min00s229
23 – Guga Lima (Vogel Motorsport) – 1min00s401
24 – Bia Figueiredo (Ipiranga Racing) – 1min00s559
25 – Bruno Baptista (RCM Motorsport) – 1min00s643
26 – Denis Navarro (Cavaleiro Sports) – 1min02s314
27 – Felipe Lapenna (Cavaleiro Sports) – 1min03s077
28 – Valdeno Brito (Prati-Donaduzzi Racing) – Sem Tempo

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!