Silverstone dá as boas-vindas para a temporada 2019-20 da World Endurance Championship

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

Silverstone não é qualquer circuito… É Silverstone. Localizado a 120 quilômetros de Londres e 32 quilômetros de Oxford, a pista foi montada num antigo campo de pouso da Real Força Aérea Britânica (Royal Air Force), utilizado durante a Segunda Guerra Mundial. É o circuito que abriu as portas para a primeira prova oficial de Fórmula 1, no dia 13 de maio de 1950, e viu Giuseppe (Nino) Farina vencer a corrida com seu Alfa Romeo. É o palco onde Alain Prost bateu o recorde da prova, em 1985, com sua McLaren, terminando o GP com 1h18m10s436. Atualmente, é um dos circuitos mais rápidos do calendário da Fórmula 1 e tem o pentacampeão Lewis Hamilton como maior vencedor, contabilizando 6 conquistas. É este templo que vai abrir o calendário da competição de endurance mais importante do mundo, a World Endurance Championshio (WEC). Que boas vindas, não?

O calendário da WEC nunca decepciona. É sempre repleto de grandes provas, como as 6 Horas de Spa, as 1000 Milhas de Sebring, as históricas 24 Horas de Le Mans, entre outras – lembrando que neste calendário há o retorno das 6 Horas de São Paulo em 2020, que teve a sua última edição em 2014. No dia 1 de setembro o lendário Circuito de Silverstone recebe a primeira etapa do calendário. Entretanto, as atividades já começam hoje, Quinta-feira (30). Às 12h horário local (britânico) foi dada a largada para o primeiro treino livre (FP1) e teve piloto se destacando.

Norman Nato fez o tempo mais rápido para a Rebellion Racing: 1m38s860, colocando o protótipo Rebellion R13 na liderança do FP1. Além do francês Nato, a equipe conta com o americano Gustavo Menezes e o brasileiro Bruno Senna. “Nós estamos ansiosos para começar a nova temporada do FIA WEC com a Rebellion em um LMP1 em pleno desenvolvimento. Nós nos esforçaremos ainda mais do que na última temporada para que nosso R-13 chegue ao seu limite e conseguirmos competir com a Toyota em Silverstone”, comentou Senna antes dos treinos.

Na LMP2, Filipe Albuquerque fez o tempo mais rápido para a equipe United Autosports: 1m43s066, colocando a equipe britânica na liderança da categoria até o momento. O português divide o cockpit com Paul Di Resta e Phil Hanson. Um acidente envolvendo a equipe Red River da categoria LM GTE Am colocou a Ferrari 488 GTE EVO de Bonamy Grimes, Johnny Mowlem e Charlie Hollings na última colocação.

Falando de Brasil, Pipo Derani está cravado na quarta colocação na LMP1 pela equipe Rebellion Racing. O protótipo Rebellion R13 – GIBSON #3 também está nas mãos de Nathanael Berthon e Löic Duval. André Negrão ficou na quinta colocação (décimo geral) na LMP2 pela equipe Alpine-Gibson, ao lado de Thomas Laurent e Pierre Ragues. Felipe Fraga está na quinta colocação (vigésimo quarto geral) na LM GTE Am pela equipe Team Project 1. Fraguinha divide o Porsche 911 RSR #57 preto e laranja com Keating e Jeroen Bleekenmolen.

Confira abaixo como ficaram os tempos de cada equipe em suas respectivas categorias:

lll LMP1

1 – Rebellion Racing – Rebellion R13 GIBSON – B. Senna; G. Menezes; N. Nato – 1:38.860

2 – Toyota Gazoo Racing – Toyota TS050 Hybrid – S. Buemi; K. Nakajima; B. Hartley – 1:39.280

3 – Toyota Gazoo Racing – Toyota TS050 Hybrid – M. Conway; K. Kobayashi; J. Lopez – 1:39.431

4 – Rebellion Racing – Rebellion R13 GIBSON – N. Berthon; P. Derani; L. Duval – 1:39.718

5 – Team LNT – Ginetta G60 – M. Simpson; O. Jarvis; G. Smith – 1:40:618

lll LMP2

6 – United Autosports – Oreca 07 GIBSON – P. Hanson; F. Albuquerque; P. Di Resta – 1:43.066

7 – Cool Racing – Oreca 07 GIBSON – N. Lapierre; A. Borga; A. Coigny – 1:43.470

8 – Racing Team Nederland – Oreca 07 GIBSON – F. Van Eerd; G. Van Der Garde; J. Van Uitert – 1:43.776

9 – Jackie Chan DC Racing – Oreca 07 GIBSON – H. Tung; G. Aubry; W. Stevens – 1:43.953

10 – Signatech Alpine ELF – Alpine A470 GIBSON – T. Laurent; A. Negrão; P. Raugues – 1:44.188

11 – JOTA – Oreca 07 GIBSON – R. Gonzalez; A. Felix da Costa; A. Davidson – 1:44.497

12 – High Class Racing – Oreca 07 GIBSON – M. Patterson; K. Yamashita; A. Fjordbach – 1:45.367

13 – Cetilar Racing – Dallara P217 – R. Lacorte; A. Belicchi; G. Sernagiotto – 1:46.182

14 – Porsche GT Team – G. Bruni; R. Lietz – Porsche 911 RSR – 1:55.766

15 – AF Corse – J. Calado; A. Pier Guidi – Ferrari 488 GTE EVO – 1:56.069

16 – Aston Martin Racing – M. SØrensen; N. Thiim – Aston Martin VANTAGE AMR – 1:56.361

17 – Aston Martin Racing – A. Lynn; M. Martin – Aston Martin VANTAGE AMR – 1:56.390

18 – AF Corse – D. Rigon; M. Molina – Ferrari 488 GTE EVO – 1:56.426

19 – Porsche GT Team – M. Christensen; K. Estre – Porsche 911 RSR – 1:56.445

lll LM GTE Am

20 – TF Sports – S. Yoluc; C. Eastwood; J. Adam – Aston Martin VANTAGE AMR – 1:56.611

21 – Aston Martin Racing – P. Dalla Lana; D. Turner; R. Gunn – Aston Martin VANTAGE AMR – 1:57.190

22 – MR Racing – M. Ishikawa; O. Beretta; K. Cozzolino – Ferrari 488 GTE EVO – 1:57.251

23 – Team Project 1 – E. Perfetti; D. Kolkmann; M. Cairoli – Porsche 911 RSR – 1:57.429

24 – Team Project 1 – B. Keating; F. Fraga; J. Bleekemolen – Porsche 911 RSR – 1:57.482

25 – Dempsey/Proton Racing – C. Ried; M. Campbell; R. Pera – Porsche 911 RSR – 1:57.827

26 – AF Corse – F. Perrodo; E. Collard; N. Nielsen – Ferrari 488 GTE EVO – 1:57.976

27 – AF Corse – T. Flohr; F. Castellacci; G. Fisichella – Ferrari 488 GTE EVO – 1:58.031

28 – Dempsey/Proton Racing – T. Preining; G. Giraudi; R. Sanchez – Porsche 911 RSR – 1:58.040

29 – Gulf Racing – M. Wainwright; A. Watson; B. Barker – Porsche 911 RSR – 1:58.541

30 – Red River Sport – B. Grimes; J. Mowlem; C. Hollings – Ferrari 488 GTE EVO – 1:58.618