QUEM SOMOS?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

O boletim do paddock é um site realmente interessante, talvez seja o mais extraordinário site já publicado e que trata exclusivamente sobre Fórmula 1 e outras categorias dos quais seus membros sejam fãs, o boletim do paddock já substituiu a maioria dos periódicos dos quais você jamais ouviu falar, porém já rende mais frutos que uma jabuticabeira plantada nas florestas tropicais de Betelgeuse, apesar de ser um repositório-padrão de todo conhecimento e sabedoria que orbitam o fantástico circo da Fórmula 1, pois nele não se admite posts que contenham muitas omissões e textos apócrifos, ou pelo menos terrivelmente incorretos, ele é superior às obras mais antigas e mais prosaica em dois aspectos importantes: em 1º lugar é ligeiramente mais barato, pois não cobramos nada dos nossos leitores, que com o tempo se tornam amigos e como em toda casa ítalo-mineira esperamos que você sempre retorne, sente-se e aprecie os nossos posts com uma boa caneca esmaltada vermelha de café e broas de milho salsa e em 2º lugar deixamos o pessoal PCC – Patrulha da Corrida Chata do lado de fora, uma vez que estes habitam a região mais brega da internet, mesmo assim se um deles chegar aqui, não entre em pânico, entre em contato com um dos nossos colunistas abaixo:

| Bruno Eduardo Shinosaki

Hoje eu não sou apenas um fã de Formula 1, eu me considero sim um grande fã de esporte a motor. Sempre acompanhando e tentando aprender mais. No momento, principalmente pelo site/canal, tenho focado muito em Formula 1, Moto3, Moto2, MotoGP, Superbike, IndyCar e Formula E. Mas sempre atento também a Nascar, StockCar, DTM e outras categorias.

| Carlos Eduardo Valesi

Médico, marido, pai, atleticano, roqueiro, podcaster, jogador de poker e fã de F1. Nem sempre nessa ordem.. Nosso membro Ferrarista é frequentador assíduo do autódromo de Interlagos e para ele, Schumacher foi o maior de todos. Também baseado em Curitiba, é o comandante do notório podcast Edição Rápida, de literatura. Esta é sua conta no Twitter, notoriamente bloqueada por Barrichello, o que não chega a ser uma surpresa para quem ouve o programa.

| Cristiano Seixas

Fã hardcore de Fórmula 1, apreciador da história, números e estatísticas da categoria, mais conhecido como Mestre Cristiano Seixas, pois é um PHD e MDA em Fórmula 1 ainda é Graduado, Pós-Graduado, Mestrado e Doutorado sobre História da Fórmula 1, Wikipédia erra o Cristiano não.

|  Débora Santos Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele espertou em mim o interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Fiz da RBR minha casa e meu carro favorito é a Kinky Kylie.

| Diogo Gomes

Só mais um apaixonado por esporte a motor que aprecia estudar e compartilhar conhecimentos sobre o que mais ama. Não me prendo a categorias e acompanho atualmente mais de 40 campeonatos de esporte a motor em geral ao redor do mundo. Debater e divulgar o esporte para a maior quantidade de pessoas possível é o meu grande objetivo. Atuo atualmente como colunista do boletim do paddock e comentarista do Podcast Café com Velocidade.

| Eduardo Casola Filho

Sou formado em jornalismo pela Uniso, torcedor do Corinthians e adoro esportes, especialmente automobilismo!

Erik Araújo

Escreve* também lá no #Medium. Torce pro #MCFC e #SEP. Joga palpites sobre #F1. E, está sempre no #Twitter.
Links:
[MEDIUM] medium.com/@ondeerik
[TWITTER] twitter.com/@ondeerik

| Erika Prado

25 anos, estudante e totalmente apaixonada por engenharia mecânica. um coração de exatas num corpo de humanas. #F1 #TeamNR6 #Dogs #VemDiploma

| Felipe Klayn

Apaixonado por Fórmula 1 e por e-sports. Fã do Robert Kubica e da extinta BMW Sauber. Melhores temporadas foram 2008 e 2012. Sonha em dirigir no circuito do Bahrein com o carro F1.06 da Sauber.

| Fernando Brandão Campos

Brasiliense, podcaster, Team Pepsi, torcedor do Fluminense e de basicamente todos os times de Boston, além de ser dono de um talento sobrenatural para matar equipes de Fórmula 1 (basta perguntar para a Toyota, Lotus e Aston Martin, que sequer entrou mas provou do veneno). Seu habitat natural é o Twitter mas pode ser encontrado falando besteira em outros lugares também. Joga nas 11 com podcasts no Podcast F1 Brasil, vídeos no Boteco F1 e textos aqui no Boletim do Paddock, com direito a uma passadinha no Formula Legend e no Superlicense de vez nunca.

| Fernando Rhenius

Catarinense de Itajaí. Começou a cobrir o universo Le Mans em 2009, quando criou o bongasat.com.br. Desde 2013, é editor de automobilismo e literatura do portal Vavel Brasil. Corrida tem que ser longa, passando das 4 horas de duração. Também nutre uma paixão por literatura fantástica e terror. Seja Stephen King, H.P. Lovecraft ou Edgar Alan Poe, o importante é sentir medo. Se arrisca de vez em quando no automobilismo virtual, sempre com protótipos e carros GT.

| João Vitor Esteves

“Olá meu nome é João Vitor Esteves, tenho 18 anos. Acompanho a Fórmula 1 desde pequeno, minha equipe favorita é a Ferrari e meu piloto favorito é o Schumacher, hoje torço para o Rosberg. Gosto de corridas antigas e programas sobre a Fórmula 1.”

| Joshué Fusinato

Advogado. Geek. Apaixonado por Formula 1. Equilibrado. Um eremita online. O resto é mero detalhe.

| Rafael Celloni

Farmacêutico, geek, cozinheiro mal sucedido e metaleiro que curte sertanejo, pagode e funk sem problemas.

| Rubens Gomes Passos Netto

“Netto”, popularmente conhecido entre os imigrantes Guaxupeanos que tocam a zueira no pequeno município de São Paulo, gosta de comprar livros e outras bugigangas que orbitam o universo da Fórmula 1, já semeava a discórdia ao aceitar o rótulo de “nerd”, quando em terras  tropicais, tal rotulo era algo, um tanto quanto pejorativo aos descendentes de primatas residentes nas regiões montanhosas produtoras de café, o que julgava ser maravilhoso, ainda mais sendo um apaixonado pela Fórmula 1, fã da McLaren por paixão e pela Ferrari por criação, já que nasceu em uma família descente de italianos produtores de café e não fabricantes de macarrão, na sua pacata opinião a melhor temporada foi a 2008, já que por um infortúnio reprodutivo de seus pais não conseguiu assistir a temporada de 1986, admira e muito o Emerson Fittipaldi, tem como o carro dos sonhos o McLaren MP4/4 e sonha em um dia ou noite pilotar em Spa e provar que as teorias que não levam a humanidade a lugar algum dos quais ele defende são mais úteis que um relógio digital, salvo se for para comer um pastel de camarão acompanhado de um chopp escuro.

Rubens

rubensGPnetto, sempre foi um apaixonado pela F1, em especial pela Mclaren, esta por paixão e pela Ferrari por criação, melhor temporada foi a 2008, admira e muito o Emerson Fittipaldi e tem como o carro dos sonhos o Mclaren MP4/4 e sonha em pilotar um dia em Spa.

You May Also Like

%d blogueiros gostam disto: